terça-feira, 21 de maio de 2019

A redução da criminalidade no Maranhão, a frustração do banditismo e a presença erudita do governador Flávio Dino em Londres

E que berrem todos os bandidos, todos os corruptos, todos os agiotas, todos os contrabandistas, assaltantes de bancos e chefões do narcotráfico. O Maranhão é outro em matéria de segurança pública.

Relatório de Análise Estatística de Crimes Violentos Letais Intencionais, da Secretaria de Segurança Pública, relativo ao mês de abril de 2019, aponta uma redução de 30 % desses crimes, se comparado ao mês de abril de 2018, na região metropolitana de São Luís. Somente no município de São José de Ribamar, no acumulado de janeiro a abril, a redução foi de 47 %.
 
A mesma estatística indica que, na comparação com o mês de abril de 2014, ocorreram menos 55 crimes violentos letais intencionais, uma redução de 73 %. E no acumulado de janeiro a abril, ainda comparando ao ano de 2014, houve uma redução de 224 vítimas, em números percentuais 69 %.
E Segurança Pública foi o assunto tratado pelo governador Flávio Dino em Londres, convidado que foi pela London School of Economics and Political Science, durante o Brazil Forum UK 2019, que aconteceu no último final de semana. Conforme o próprio governador, trata-se de um evento que reúne especialistas e autoridades de diferentes áreas com a finalidade de criar uma agenda sobre questões essenciais e urgentes ao desenvolvimento econômico, social e ambiental do Brasil.
 
Note-se, em primeiro lugar, que qualquer que fosse a área - segurança pública, educação, saúde, infraestrutura, o governador do Estado que, vencendo a mais séria crise econômico-política da história do país, fez que o Maranhão ganhasse respeito nacional e internacional e se tornasse referência ante outras administrações, teria uma longa história de sucessos a contar em Londres e em qualquer lugar do mundo. Afinal, ele é o responsável por um raro e imbatível projeto de desenvolvimento que está dando certo no Brasil: o do Maranhão.
 
E a segurança pública no governo Flávio Dino, sempre sob o comando do secretário Jefferson Portela, que aqui criou uma superintendência de combate à corrupção e detonou, de uma vez por todas, o poder do crime organizado, mandando figurões de muita proa para a cadeia, tornou-se referência no mundo todo. Flávio Dino também esteve na Universidade Harvard, em Boston, por duas vezes, para mostrar os êxitos hoje de um Sistema Penitenciário que até o ano de 2014 não era mais que um símbolo de vergonha nacional.
 
E que berrem todos os bandidos, agiotas, contrabandistas, assaltantes de bancos, chefões do narcotráfico. O Maranhão é outro em matéria de segurança pública e isso os deixa loucos. A corrupção acabou, nosso sistema penitenciário não está mais sob o comando de facções criminosas, temos mais de 15 mil policiais servindo a sociedade nas ruas, mais de 1.000 viaturas, eficiência nunca vista da polícia civil nas investigações, uma redução de quase 70 % no número de homicídios. 
 
E o governador Flávio Dino, duas vezes escolhido o melhor do país, do alto de sua erudição e conhecimento jurídico, cansa de atravessar as fronteiras do Brasil a convite das melhores universidades do mundo, para ensinar soluções administrativas aos gringos e mostrar que aqui nesse Estado, a corrupção e o banditismo não têm mais vez.

Três organizações criminosas se unem para tentar desestabilizar Jefferson Portela

Pelo menos três organizações criminosas fizeram um pacto dias atrás para tentar desestabilizar o Secretário de estado da Segurança Pública, Jefferson Portela.
A estratégia inclui ataques orquestrados contra o titular da SSP-MA, usando inclusive setores da imprensa, sobretudo blogs noticiosos, para prejudicar o trabalho de Portela, e dessa forma, desgastá-lo perante a opinião pública.
A primeira “Ocrim” é de conhecimento público, encabeçada pelo delegado afastado e prestes a ser expulso do quadro da polícia civil do Maranhão, Thiago Bardal. Esse grupo criminoso atuava no contrabando e possuía também relação com assaltantes de banco.
A segunda organização do crime é liderada por um ex-deputado estadual com grande trâmite entre delegados e outros braços remanescentes na própria SSP, além de influentes advogados. Essa “Ocrim” é a mais árdua opositora da gestão de Jefferson.
Já a terceira organização criminosa diz respeito a um grupo que atua com maior concentração no campo político, junto às prefeituras maranhenses. Encabeçada por um influente político de mandato, que tem medo de ser preso e seu castelo ruir.
Essa terceira “Ocrim” é a mais perigosa do Maranhão, vai da agiotagem à lavagem de dinheiro público. O seu líder é conhecido em todo o Estado pelo poderio financeiro, por bancar campanhas e depois saquear as prefeituras por meio de direcionamento e superfaturamento de licitações.
Este político consegue tirar todo o seu dinheiro investido numa disputa eleitoral através de contratos de prestações de serviços junto às prefeituras, que vão desde fornecimento de medicamentos, merenda escolar, perpassam por asfalto, estradas vicinais, construção de prédios públicos, material de expediente, e vão até, aluguel de máquinas e carros de passeio.
Essa quadrilha de fraudadores utilizaram-se da prática de notas fiscais fictícias ou “frias”, que são aquelas nas quais os serviços declarados não são prestados ou os produtos discriminados não são entregues.
– Motivações
O primeiro ‘bando’ sofreu sua maior baixa após a prisão de Thiago Bardal, em fevereiro de 2018; A segunda “Ocrim” foi abalada com a não reeleição do tal deputado estadual, com isso a organização perdeu folego no submundo do crime; E esta terceira organização criminosa, já investigada e prestes a ser desbaratada, teme que seu poderio político e financeiro desmanche com a iminente deflagração de uma operação da SSP-MA.
Por essas, e outras razões não citadas, as três Ocrim’s têm motivos de sobra para atuarem incessantemente contra a permanência de Jefferson Portela na Segurança Pública do Maranhão.

Fonte: Domingos Costa

segunda-feira, 20 de maio de 2019

SISTEMA PRISIONAL - Membros do CNJ apresentam programa 'Justiça Presente' ao Judiciário maranhense


O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Joaquim Figueiredo, e o coordenador-geral da Unidade de Monitoramento, Acompanhamento, Aperfeiçoamento e Fiscalização do Sistema Carcerário (UMF/TJMA), desembargador Froz Sobrinho, reuniram-se nesta segunda-feira (20), com o secretário-geral do CNJ, desembargador Carlos Vieira Von Adamek, e o juiz auxiliar e coordenador do Departamento de Fiscalização do Sistema Carcerário, Luís Geraldo Lanfredi, para apresentação do programa ‘Justiça Presente’.
Na oportunidade, foi entregue ao presidente do TJMA o Plano Executivo Estadual com detalhamento do programa. “A iniciativa caminha na direção da consolidação de um Estado Democrático de Direito, fazendo valer os fundamentos da cidadania. Estamos certos de que o programa tem muito a contribuir pela excelência que o Poder Judiciário tem demonstrado em todos os serviços voltados à sociedade”, assinalou o presidente do TJMA, Joaquim Figueiredo.
O ‘Justiça Presente’ – resultado de uma parceria entre o CNJ e o Programa da ONU para o Desenvolvimento – consiste no enfrentamento do estado de crise do sistema penal. A ideia é mobilizar atores relevantes do Poder Público para pactuar atividades de implementação do referido programa, além de mapear fluxos e conhecer iniciativas já em andamento.
O Tribunal de Justiça do Maranhão é o 19º a ser visitado pela equipe do CNJ. “Para a implantação do programa, estamos trazendo juízes e servidores para, no período de no mínimo 30 dias, fazer o cadastramento, migração de processos e a respectiva implantação do sistema”, disse Carlos Vieira Von Adamek.
“A iniciativa vem rediscutir a preocupação do Poder Judiciário e do Estado em recuperar o preso. É um programa abrangente por tratar de um assunto muito pertinente e extremamente importante”, afirmou o coordenador-geral da UMF/TJMA, desembargador Froz Sobrinho.
Além do presidente da AMMA, juiz Angelo Santos, participaram da reunião o diretor-geral da Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão, juiz Marcelo Moreira; o representante da Humanitas 360, Ricardo Anderáos; a coordenadora da Unidade de Paz e Governança do PNUD Brasil, Moema Freire; a coordenadora do Sistema Eletrônico de Execução Unificado, Cláudia Gouveia, Fabiana Leite e equipe; o secretário de Articulação Política e Comunicação, Rodrigo Lago (representando o governador Flávio Dino); o defensor público-geral do Estado, Alberto Bastos; o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela; o secretário de Administração Penitenciária (Seap), Murilo Andrade de Oliveira e o delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Marcio Teixeira.
Presos – Segundo o secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Carlos Vieira Von Adamek, hoje, o custo do preso no Brasil tem a média de R$ 2.200,00 reais/mês. O país tem, atualmente, cerca de 800 mil presos.
Justiça Presente - O programa Justiça Presente garante o protagonismo do Poder Judiciário no enfrentamento da crise do sistema penal. Entre as prioridades do programa incluem-se a atuação simultânea em todos os gargalos da execução penal; a customização das atividades de acordo com as necessidades e capacidades de cada unidade da federação; e do fortalecimento dos atores locais para garantir a eficácia e sustentabilidade das iniciativas.


RAPOSA-Caminhada marcou Dia de Combate à Violência e Exploração Sexual


Para marcar o Dia Nacional de Combate à Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, lembrado em 18 de maio, uma caminhada foi realizada na manhã da última sexta-feira, no Centro de Raposa até a escola Santo Antonio, para chamar a atenção da sociedade. O número de casos de violência contra crianças e adolescentes tem aumentado consideravelmente em todo Brasil e, em Raposa, a situação também preocupa mesmo com todo empenho dos meios de segurança.
Promovida em conjunto entre a Prefeitura de Raposa, Conselho Municipal de Defesa da Criança e Adolescente,Vara da Infância e da Juventude, Conselhos Tutelares, Tribunal de Justiça(Fórum de Raposa), Ministério Público Estadual e Polícia Militar e entidades da sociedade civil, a caminhada visou reforçar a importância de todos os setores da sociedade se unirem para evitar que crianças e jovens sejam vítimas desse crime terrível, que deixa muitos traumas. “A caminhada é uma ação para chamar a atenção de todos para um problema que precisa ser denunciado e vencido”, disse a secretária municipal de Assistência Social, Elisia Freitas.
A mobilização teve início por volta das 8 horas da manhã na frente do viva capote. Após a execução do hino nacional, os participantes seguiram para escola santo antonio. A caminhada, que se encerrou por volta da 9h30.
“A caminhada teve esse propósito, de abrir os olhos e esclarecer, levando as pessoas a refletirem, a denunciarem e ajudarem a combater a exploração sexual infantil. A sociedade precisa estar mobilizada para proteger e garantir que nossas crianças e adolescentes tenham seus direitos respeitados”, completou a Presidente do CMDCA de Raposa, Silvelene Evangelista.

sexta-feira, 17 de maio de 2019

SECRETÁRIO DE SEGURANÇA E O COMANDANTE DA PM REPASSAM À OFICIAIS O PLANEJAMENTO PELO CONTROLE DA VIOLÊNCIA PARA 2019

O Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela, o Comandante da Polícia Militar, Ismael Fonseca e Tenentes e Capitães, reuniram-se na manhã desta quinta-feira (16), por volta das 09hs, no auditório do Comando Geral da Polícia Militar, onde fora discutido os aspectos de controle interno e das ações que serão feitas pelo novo planejamento; incidindo pelo controle da violência e da criminalidade em defesa da sociedade maranhense, no ano de 2019.
Durante o encontro no auditório com tenentes e capitães da PM, o Secretário Jefferson Portela e o Comandante da PM, Ismael Fonseca, pontuou ações importantes acerca das ações que serão realizadas por conta do sistema de segurança, ações de pronto atendimento no quesito segurança pública. Envolvidos neste planejamento pelo controle da violência, a Polícia Civil e a Polícia Militar. São jovens oficiais que tem um trabalho muito forte em defesa da sociedade maranhense.
Planejamento Pelo Controle da Violência 2019
A reunião no auditório do Comando Geral, incide já em uma relação direta com a tropa, por conta do novo Comandante da Polícia Militar, o Cel. Ismael Fonseca, já apresentando as novas diretrizes para 2019. Seguimos um planejamento de segurança, onde nesse encontro, repassaremos para os presentes. Este planejamento pelo controle da violência serão executados em suas unidades, para a aplicação para o ano de 2019. É muito importante porque os tenentes e capitães estão no comando das unidades, agindo no controle das ações policiais, com o restante da tropa, onde renderá bons resultados.

“Quando eu sair daqui desta gestão, não quero deixar igual ao que eu recebi. Quero repassar, como uma secretaria com condições melhores, da qual recebi em 2015. Recebemos a gestão com problemas graves. Quatro anos se passaram, mas com muito trabalho e estratégia, chegamos hoje com bons resultados”, relatou o Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela.
 
Por: Mauro Wagner

quarta-feira, 15 de maio de 2019

BANDA FRANCO-BRASILEIRA NAS COMEMORAÇÕES DE 5 ANOS DO CASA D'ARTE

Seguindo as comemorações dos 5 anos do Casa d'Arte Centro de Cultura, a banda Cao Laru será a ATRAÇÃO INTERNACIONAL convidada do próximo QUINTAL CULTURAL, que acontecerá no dia 19 de maio (domingo), ao pôr do sol, com entrada gratuita.
A banda viajante Čao Laru – formada por brasileiros e franceses –vem rodando o mundo em uma Kombi e motorhome desde 2015. Em 2019, eles apresentam seu disco FRONTEIRAS, em que refletem sobre as barreiras que nos separam a partir das vivências que os músicos tiveram nos países que visitaram.

O ČAO LARU (pronuncia-se Tchau Larru) é formado por músicos do Brasil e da França que se conheceram em 2015, durante o mestrado em Pedagogia Musical, em Rennes, na França. Desde então, o grupo já passou por mais de 20 países e lançou um disco, "Kombiphonie", além de um primeiro EP chamado “Čao Laru”, lançado em 2016. No ano passado, a turnê deste álbum no Brasil rendeu no primeiro semestre 40 shows no Brasil e mais 50 na Argentina e no Chile além de 60 apresentações na França e na Suíça no segundo semestre. É natural, portanto, que a partir deste contato com diferentes culturas e fronteiras o tema da diáspora moderna transborde nas letras do novo trabalho
Em novo álbum, grupo franco-brasileiro reflete sobre pertencimento e imigração e atualiza sonoridade com referências latinas e do leste europeu
Um muro de concreto separando os Estados Unidos do México; brasileiros reclamando da entrada de venezuelanos no país; o Brexit e a Europa que se fecha para a imigração. Esquerda contra direita. Falsas notícias e a verdade. Vida digital e vida real. Quantas divisões existem entre nós e quantas ainda podem surgir?
"É um disco que discutimos temas sociais e políticos dos países em que estivemos, e no qual estão impressas nossa solidariedade, resistência e esperança no ser humano, questionando o tempo inteiro o porquê das fronteiras", conta NOUBAR SARKISSAN, brasileiro com anos de vivência na França e responsável pelo cavaquinho, violão, acordeom, pandeiro e voz. MARIE TISSIER (violoncelo e voz), NICOLLE BELLO (voz), FELIPE TREZ (bateria), ANA BRANDÃO (dança) FÁBIO PÁDUA (flauta, clarinete, violão e bandolim) e PEDRO DESTRO (baixo elétrico) completam a formação.

CASA D’ARTE 5 ANOS – O Casa D’Arte é um centro de cultura idealizado por artistas para inspirar, criar, expor, registrar e difundir a cultura em todas as suas manifestações. Fica localizado em Raposa, região metropolitana de São Luís, Maranhão. Lá se compartilha ambiente projetado para acolher, abrigar e incentivar a criatividade. É pautado no conceito de redes colaborativas construindo um modelo singular que valoriza a economia solidária, a autonomia e a arte autêntica! O Casa d'Arte é certificado pelo extinto Ministério da Cultura do Brasil como PONTO DE CULTURA que se articula pra inspirar e ser referência em processos criativos e compartilhados em todas as áreas do saber. Nele se assenta também a sede do INSTITUTO MARANHÃO SUSTENTÁVEL, associação que o apoia e com quem se autodeclara como pontão de cultura: um articulador de redes.
Nesses 5 anos tem buscado estimular a autenticidade e a criatividade para inovar! Para mantê-lo, no vazio das ações dos planos de cultura viva, consolidou-se um coletivo que atua assumindo e partilhando papéis de gestão sociocriativa, produção cultural, mobilização social e gastronomia regional.
Sua ação articulada com o instituto tem se tornado referência nos seus campos de atuação: arte autêntica, gerando oportunidades de registro, difusão, fruição; ao tempo que articula redes colaborativas e intercâmbio de experiências; desenvolvimento de tecnologias sociais ao articular pesquisas e experiências em múltiplas linguagens artísticas, meio ambiente, turismo, artesanato, design, redes colaborativas, economia solidária, arquitetura bioclimática, cultura de paz, educação, design de produtos, gastronomia, etc.
Inaugurado no final de abril de 2014, o Casa d’Arte Centro de Cultura vem se destacando por sua programação artística diversificada e por seus projetos socioculturais junto a comunidade de Raposa. Para comemorar seus 5 anos de (r)existência está em curso programação que articula artistas locais, nacionais e internacionais.
Neste domingo, 19 de maio, é a vez da banda Franco-brasileira Cao Laru apresentar seu novo disco “Fronteiras” no projeto Quintal Cultural, com entrada gratuita, ao pôr do sol.
E ainda: Exposição fotográfica “CRIANÇAS TENTEHAR”, do artista TACIANO BRITO, e as comidinhas criativas da COZINHA GUARÁ, do Casa d’Arte.

segunda-feira, 13 de maio de 2019

1° ANIVERSÁRIO DA ACADEMIA MARANHENSE DE CIÊNCIAS, LETRAS E ARTES MILITARES (AMCLAM)

Durante o mês de maio em razão do 1° ANIVERSÁRIO DA AMCLAM, ocorrerão: Palestras; Exposição em Outdors; Lançamento do Site; Eleição de novos Acadêmicos e a Solenidade natalícia, no dia 31 com a seguinte programação: 
* Lançamento da Revista O Brigadiano;  
* Execução oficial pela 1a. vez do Hino da AMCLAM; 
* Entrega de Colar Acadêmico aos Acadêmicos da AMCLAM;
* Show com os saxofonistas Josué e Elmo.

Acontece no Panette Buffet, avenida dos holandeses,Calhau na sexta feira(31/05), a partir das 19:00hs.

Ainda em virtude do referido aniversario da AMCLAM, a câmara municipal de São Luis, irá realizar uma sessão solene.

“Maníaco das palmeiras” é preso Pela Policia Militar 22º BPM ao praticar mais um ato de vandalismo em Raposa

Finalmente o “maníaco das palmeiras” foi preso em flagrante quando quebrava mais árvores no canteiro central em Raposa.
Filipe Moreira Mendes, de 20 anos, morador da Vila Bom Viver, foi interceptado por uma viatura da Polícia Militar por volta das 3h30 desta segunda-feira, dia 13, quando praticava ato de vandalismo nas palmeiras imperiais do canteiro central da Avenida Principal de Raposa.
Uma câmera de um estabelecimento comercial flagrou o momento da quebra das arvores, assista o vídeo abaixo.
De acordo com os policiais que atuaram Felipe, ele aparentemente não estava sob efeito de álcool ou droga. “Visivelmente lúcido”, comentou um dos PM’s que realizaram a prisão sobre o autor.
“Fizemos a abordagem e o mesmo confessou o ato criminoso de imediato demos voz de prisão e o conduzimos para a Plantão do Maiobão para ser tomadas as medidas cabíveis.”, diz a Ocorrência CIOPS: M4625594.
O serviço rápido da PM-MA foi realizado pela VTR 18-023 sob os cuidados do SD PM Kleuber e do SD PM Pereira.
Agora a Polícia Civil irá investigar se Felipe é o responsável pelos dois atos de vandalismo anteriores, nos quais foram quebradas mais de 60 palmeiras e roubadas 48 lâmpadas de led verdes, causando prejuízos de mais de R$ 10 mil reais ao município.

10ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RAPOSA


Aconteceu na cidade Raposa na rua da paz nº 10 centro de da cidade, organizado pela prefeitura, secretaria de saúde e conselho municipal de saúde realizarão na última sexta-feira,(10), à 10ª Conferência Municipal de Saúde, com o título “Democracia e Saúde”, às nove horas foi realizada abertura oficial pela prefeita Thalyta Medeiros de Oliveira e discursos de autoridades.

A participação da comunidade na saúde é um direito de cidadania, garantido pela Constituição Federal. Essa discussão em conjunto se dá através das Conferências Municipais de Saúde. Tais mobilizações são fundamentais para a gestão analisar as demandas e prioridades locais e formular propostas. Na Lei nº 8142 de 28 de dezembro de 1990 estão previstas Conferências de Saúde, a cada quatro anos, e Etapas Municipais da Conferência Nacional, que devem acontecer, obrigatoriamente, no terceiro ano do governo municipal.
Para a Secretária Municipal de Saúde “Com objetivos de fortalecer a participação e o controle social no SUS, com ampla representação da sociedade em todas as etapas da X conferência Municipal de Saúde, avaliar a situação de saúde, validar a as propostas a partir das necessidades de saúde do município de Raposa” frisou Tatiana Lisboa Santana.
O encontro também é uma oportunidade do gestor tratar de temas de interesse locais. “Por contar com uma área de produção agrícola e pesqueira, acho importante que essa temática seja abordada no encontro para que a gente consiga integrar Vigilância em Saúde com a Atenção Básica e, assim, garantir melhor qualidade no atendimento a esse público”, finaliza.

sexta-feira, 10 de maio de 2019

URGENTE! Prefeito de Imperatriz Assis Ramos, agrediu com socos e pontapés o Jornalista Justino Filho!!!

O Radialista Justino Filho acabou de ser agredido com murros e pontapés, pelo Prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, a informação foi dada pelo próprio radialista em vídeo que ta circulando pelas redes sociais. 

Justino Filho aparece no vídeo com o supercílio esquerdo sangrando, o radialista disse também que foi ameaçado de morte pelo prefeito truculento, nesse momento ele esta indo pra delegacia registrar uma ocorrência contra o prefeito!!!

quinta-feira, 9 de maio de 2019

Confira abaixo a lista de telefones que ficarão sem o uso de WhatsAppmeu ip

O aplicativo já informou os telefones que darão adeus ao uso do WhatsApp. Inicialmente irão perder os contatos os BlackBerry OS and BlackBerry 10, Nokia S40, Nokia Symbian S60, Android 2.1 and Android 2.2, Windows Phone 7 e iPhone 3GS/iOS 6. meu ip

Segundo divulgou hoje o site Metrópoles “a lista atualizada, com os sistemas operacionais que passarão a não oferecer suporte ao app, e consequentemente o fim da chegada de novos recursos aos smartphones que utilizam esses sistemas, é a seguinte: 
Todas as versões do Windows Phone – suporte será encerrado após 31 de dezembro de 2019 Nokia S40 – será encerrado após 31 de dezembro de 2019 iPhone iOS 7 e anteriores – será encerrado após 1º de fevereiro de 2020 Versões do Android 2.3.7 e anteriores – encerrado após 1 de fevereiro de 2020″meu ip

Representante Quilombola em Anajatuba

Em uma solenidade concorrida, na sexta feira(03), o vereador José Carlos dos Santos Sampaio, conhecido como “Pretinho” tomou posse na Câmara Municipal de Anajatuba. O vereador, que substituiu o colega José Maria, é natural do povoado Bacabal, e o primeiro representante legítimo daquela comunidade quilombola, no legislativo municipal.

Em 2016, Pretinho obteve 464 votos, conquistando a primeira suplência.  Além dos colegas de parlamento, o prefeito do município – Sidney Costa Pereira, que também é natural do povoado Bacabalzinho, esteve prestigiando a solenidade. 
“Parabenizo o mais novo vereador, desejando-lhe  sucesso nesta nova fase, além das boas vindas à vida pública municipal”, finalizou o prefeito. No discurso de posse, bastante emocionado, o vereador agradeceu a oportunidade, garantindo que atuará visando atender o interesse dos anajatubenses, em especial, os quilombolas.

PENSEI QUE JÁ TINHA VISTO DE TUDO - Mulher diz ter sido atacada por um urso negro enquanto dormia sozinha em casa

Em Piratininga, interior do Maranhão, uma mulher afirmar ter sofrido o primeiro ataque de urso negro registrado no maranhão e no Brasil.

O marido, que foi identificado apenas pelo seu apelido de "Bolacha", havia saído para trabalhar mas acabou voltando cedo, ao chegar em casa viu um "vulto saindo do quarto do casal" ao ser questionada pelo marido a mulher de 23 anos, que não foi identificada afirmou que foi atacada por um urso negro enquanto dormia. A mulher ficou com varias marcas de unhas pelo corpo e uma marca grande de "pata" em um lado das nádegas como se tivesse levado uma palmada.

A polícia foi chamada até o local, depois de uma verificação foi constatado que não havia arrombamento em nenhuma parte da casa.
Bolacha ficou revoltado com a situação, e resolveu colocar telas nas janelas e reforçar as portas com medo do urso voltar a atacar sua casa.

"Meu vizinho me disse que tinha visto um negão saindo da minha casa, nunca passou por minha cabeça que era um urso, graças a Deus que o animal não pegou minha mulher só deixou umas marcas de unhas" disse Bolacha.

A prefeitura foi notificada pelo caso do urso para tomar providencias, mas nada foi feito em relação a tentativa de capturar o BIXÃO.

Ao redor do mundo existem 8 espécies de urso, porém infelizmente nenhuma delas vive no Brasil. será se foi coisa da cabeça de Bolacha?


CODÓ-MULHER É DETIDA POR SER SUSPEITA DE MATAR MARIDO E ESCONDER CORPO


Foi presa na manhã de hoje em Codó dia 08 de maio, Marina da Paixão Salazar que reside na Rua 02 quadra 3 casa 22, Vila Biné, São Francisco que convivia a 5 anos com a vitima que ainda está desaparecido em Codó desde o dia 1 de Março.

Desde o início Marina teve seu nome envolvido no sumiço do marido identificado por Antônio Francisco Guimarães de Pinho, conhecido por Preto Rocha de 35 anos. Ela deu várias versões sobre o caso e caiu em contradições várias vezes.

A polícia de Codó investigando o caso descobriu que a moto dela, que ela falou que estaria com Chico preto e que ele teria sumido na moto, era mentira. Marina foi quem vendeu a moto por 1600,00 Reais logo que ele desapareceu.

A Polícia já fez apreensão da moto e conversou com a pessoa que comprou na mão de Marina. A polícia descobriu que um dia antes dele desaparecer eles tiveram uma grande discussão, e ele esteve no interior fazendo um serviço e de lá foi pra casa dela e ficou de retornar no interior pra pegar o valor do seu trabalho, mais não retornou mais ao local, e essa foi outra mentira dela.

A polícia foi a Caixa Econômica pra averiguar a conta bancária dele, onde Marina afirmou que ela teria depositado uma boa quantia em dinheiro na conta dele e que ele estaria gastando esse dinheiro por aí, só que a polícia descobriu que desde o seu desaparecimento a conta nunca foi movimentada e que o dinheiro continua intacto lá. Ela já está presa e o Delegado disse que não tem dúvida que ela matou e sumiu com o corpo dele e espera que ela confesse o crime agora.

A polícia vai agora em sua residência fazer uma perícia no local pra ver se encontra algum material humano e támbem fazer uma escavação em seu quintal

Fonte:Codó Notícias

quarta-feira, 8 de maio de 2019

OPERAÇÃO CONJUNTA DAS FORÇAS DE SEGURANÇA DO ESTADO RESULTA NA PRISÃO DE SUSPEITO DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL NO MUNICÍPIO DE RAPOSA

O Sistema de Segurança Pública do Estado do Maranhão através da Polícia Civil em trabalho conjunto com a Polícia Militar elucida e prende, no município de Raposa, na terça-feira (07) o indivíduo de João Marcos silva vieira, de 23 anos, suspeito de estupro de vulnerável, crime previsto no art. 217-a do CP.

Há, aproximadamente, uma semana foi veiculado em todos os meios de comunicação e redes sociais o desaparecimento de uma menor de 13 anos de idade, moradora do município de Paço do Lumiar, que no dia 07 de maio de 2019, ela foi encontrada em companhia de João Marcos Silva Vieira, de 23 anos, no município de Raposa, ambos se conheceram através das redes sociais, mais especificamente o WhatsApp, que logo após os primeiros contatos os dois resolveram ficar juntos.

Vale ressaltar que para a caracterização do crime de estupro de vulnerável basta que o agente tenha conjunção carnal ou pratique qualquer ato libidinoso com pessoa menor de 14 anos. 

O consentimento da vítima, sua eventual experiência sexual anterior ou a existência de relacionamento amoroso entre o agente e a vítima não afastam a ocorrência do crime.

O delegado Marconi Caldas, que já vem realizando relevantes trabalhos no sentido de elucidar crimes recorrentes no município de Raposa, enfatiza que a parceria entre a polícia militar, polícia civil e a comunidade são indispensavelmente necessárias para o controle, a segurança e o equilíbrio da sociedade.

 Por: Carla Andrade 

Decreto de Bolsonaro facilita porte de arma para advogados, oficiais de Justiça, conselheiros tutelares e outras categorias

O Decreto 9.785, de 7 de maio de 2019, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro facilita o porte de arma para algumas categorias, entre elas os advogados, oficiais de Justiça, conselheiros tutelares e agentes de trânsito. Além do porte, o texto altera as regras sobre importação de armas e sobre o número de cartuchos que podem ser adquiridos por ano.
O direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa. A íntegra da nova lei foi publicada na edição desta quarta-feira (8) do Diário Oficial da União. Leia aqui. No artigo 20, do decreto, é previsto que o porte de arma de fogo, expedido pela Polícia Federal, é pessoal, intransferível, terá validade no território nacional e garantirá o direito de portar consigo qualquer arma de fogo, acessório ou munição do acervo do interessado com registro válido no Sinarm ou no Sigma, conforme o caso, por meio da apresentação do documento de identificação do portador.
Colecionador
O decreto assinado ontem também regulamenta a posse, o porte e a comercialização de armas e munições para caçadores, atiradores esportivos e colecionadores, os chamados CACs. Entre as mudanças, o governo sobe de 50 para 1.000 o limite de cartuchos de munições que podem ser adquiridos por ano pelos CACs, além de autorizar o transporte de armas carregadas e municiadas no trajeto entre a casa do portador e os clubes de tiro, o que estava proibido. O decreto também permite a livre importação de armas e munições e amplia o prazo de validade do certificado de registro de armas para 10 anos, bem como todos os demais documentos relativos à posse e ao porte de arma. A íntegra da nova lei será publicada na edição desta quarta-feira (8) do Diário Oficial da União.

“Eu estou fazendo algo que o povo sempre quis, levando-se em conta o referendo de 2005 [que manteve o comércio de armas no país]. O governo federal, naquela época, e os que se sucederam, simplesmente, via decreto, não cumpriram a legislação e extrapolaram a lei, não permitindo que pessoas de bem tivessem mais acesso a armas e munições”, disse Bolsonaro em rápida entrevista a jornalistas após cerimônia.
“Eu estou fazendo algo que o povo sempre quis, levando-se em conta o referendo de 2005 [que manteve o comércio de armas no país]. O governo federal, naquela época, e os que se sucederam, simplesmente, via decreto, não cumpriram a legislação e extrapolaram a lei, não permitindo que pessoas de bem tivessem mais acesso a armas e munições”, disse Bolsonaro em rápida entrevista a jornalistas após cerimônia.
O decreto de Bolsonaro afirma que a comprovação de efetiva necessidade será entendida como cumprida para as seguintes pessoas:
-instrutor de tiro ou armeiro credenciado pela Polícia Federal
-colecionador ou caçador com Certificado de Registro de Arma de Fogo expedido pelo Comando do Exército
-agente público “, inclusive inativo,” da área de segurança pública, da Agência Brasileira de Inteligência, da administração penitenciária, do sistema socioeducativo, desde que lotado nas unidades de internação, que exerça atividade com poder de polícia administrativa ou de correição em caráter permanente, ou que pertença aos órgãos policiais das assembleias legislativas dos Estados e da Câmara Legislativa do Distrito Federal;
-detentor de mandato eletivo nos Poderes Executivo e Legislativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, quando no exercício do mandato;
-advogado
-oficial de justiça
-dono de estabelecimento que comercialize armas de fogo ou de escolas de tiro ou dirigente de -clubes de tiro,
-residente em área rural;
-profissional da imprensa que atue na cobertura policial;
-conselheiro tutelar
-agente de trânsito
-motoristas de empresas e transportadores autônomos de cargas
-funcionários de empresas de segurança privada e de transporte de valores

O decreto de Bolsonaro afirma que a comprovação de efetiva necessidade será entendida como cumprida para as seguintes pessoas:
-instrutor de tiro ou armeiro credenciado pela Polícia Federal
-colecionador ou caçador com Certificado de Registro de Arma de Fogo expedido pelo Comando do Exército
-agente público “, inclusive inativo,” da área de segurança pública, da Agência Brasileira de Inteligência, da administração penitenciária, do sistema socioeducativo, desde que lotado nas unidades de internação, que exerça atividade com poder de polícia administrativa ou de correição em caráter permanente, ou que pertença aos órgãos policiais das assembleias legislativas dos Estados e da Câmara Legislativa do Distrito Federal;
-detentor de mandato eletivo nos Poderes Executivo e Legislativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, quando no exercício do mandato;

-advogado
-oficial de justiça
-dono de estabelecimento que comercialize armas de fogo ou de escolas de tiro ou dirigente de -clubes de tiro,
-residente em área rural;
-profissional da imprensa que atue na cobertura policial;
-conselheiro tutelar
-agente de trânsito
-motoristas de empresas e transportadores autônomos de cargas
-funcionários de empresas de segurança privada e de transporte de valores

A PREFEITA TALITA LACI PROMOVE AÇÃO SOCIAL DOCUMENTO FÁCIL EM RAPOSA


A Prefeitura de Raposa realiza a partir desta terça-feira (07), mais uma ação de cidadania, que será realizado no CRAS (Antigo PETE) vai até o dia 10 de maio.



terça-feira, 7 de maio de 2019

O Ministério Público do Maranhão realizou, com a participação da 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), operação para cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos diversos documentos, computadores, telefones celulares e outras mídias eletrônicas.
A operação aconteceu simultaneamente nas cidades de Paço do Lumiar e São Luís na manhã desta terça-feira, 7. O pedido foi feito pela 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar e a decisão foi proferida pela 1ª Vara do Termo Judiciário da referida comarca.

O Inquérito Civil, instaurado a partir de denúncia formulada junto à Ouvidoria do MPMA, apurou que o município de Paço do Lumiar cometeu irregularidades na contratação de serviços de limpeza e higienização diária, asseio e conservação de áreas internas e externas nas instalações físicas e mobiliárias, roçagem, com fornecimento de mão de obra, materiais e equipamentos. A contratação da empresa Araújo & Matos Serviços e Comércio LTDA – ME (Liberty Serviços e Comércio) foi feita através de adesão à Ata de Registro de Preços.

IRREGULARIDADES

As investigações apontaram que a empresa anteriormente contratada para prestar serviços gerais à Prefeitura de Paço do Lumiar foi o Instituto Bem Brasil. Vários contratados continuaram trabalhando, mesmo após a rescisão do contrato. Além disso, foi constatado que parte dos salários pagos pelo Município estavam abaixo do valor discriminado. Outros contratados também não receberam o pagamento.

De acordo com a investigação, os terceirizados não possuíam vínculo real com o Instituto Bem Brasil e com a Liberty Serviços e Comércio. Eles estavam, de fato, ligados ao controle da então secretária municipal de Administração e Finanças, Neusilene Núbia Feitosa Dutra (atualmente secretária municipal de Planejamento).



Com informações da Redação: – MPMA
logo mpma horizontal topo