terça-feira, 2 de agosto de 2011

Dia do orgulho hetero: Projeto promete muita polêmica antes mesmo de ser sancionado

Alguns projetos propostos por nossos congressistas já geraram e ainda geram muita discussão, mas este deve ser nos últimos anos considerado um dos mais polêmicos . É o caso do projeto do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que propõe a instituição do Dia do Orgulho Heterossexual, a ser comemorado no terceiro domingo do mês de Dezembro de cada ano. Andei lendo sobre o assunto, e observei que a proposta inicial partiu do vereador evangélico Carlos Apolinário (DEM) que colocou em votação na Câmara Municipal de São Paulo a criação de uma data para a comemoração do Dia do Orgulho Heterossexual. A justificativa dada pelo vereador, serviria como contraponto, e uma tentativa de minimizar os efeitos da maior manifestação pela diversidade cultural realizada na av. Paulista. Pegando carona na proposta do vereador o deputado alega querer garantir o direito dos heterossexuais de manifestarem o orgulho por sua opção sexual. “Daqui a pouco, os heterossexuais se transformarão, pela propaganda midiática, em reacionários e nós queremos ter nossa opção pela família sendo alardeada com orgulho”, afirma o deputado, no trecho de justificativa do projeto.

Toda e qualquer manifestação popular é válida, desde que seja pacífica, e que não promovam a desordem, assim diz a constituição. Ter orgulho de ser gay, ou orgulho de ser hetero, é uma escolha, e deve ser respeitada, só desejamos é que este projeto não se transforme num campo de batalha, sendo esta, mais uma justificativa para se tirar proveito eleitoral . 
 
Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.