sábado, 27 de agosto de 2011

SEMANA DA PÁTRIA : CIVÍSMO OU SÍMBOLO DA DITADURA?

"Independência ou morte”, gritou D. Pedro I em 7 de Setembro de 1822, às margens do Ipiranga. Depois de mais de 180 anos, o grito se perdeu e, junto com ele, perdeu-se um pouco da história, dos símbolos nacionais e do sentimento cívico do povo brasileiro".
A cada ano que passa, as comemorações do 7 de Setembro vão ficando mais efusivas em Raposa. Não sou contra ninguém expressar suas vontades,acho que deveríamos sim comemorar o 7 de Setembro, mas não da forma que é imposta aos nossos estudantes e consequentemente à nossa sociedade. Obra da ditadura militar o 7 de Setembro é a expressão máxima do período mais nebuloso e sangrento de nossa democracia, se é que havia esta durante o golpe. Vejo com preocupação a banalização da verdadeira história para com esta data em profunda efervescência nos dias de hoje. A verdade sobre tudo isto deveria ser mostrada com o mesmo entusiasmo em levar os alunos para os ensaios e posteriormente no desfile. Para muitos isso acaba sendo apenas mais uma data, um feriado. Não existe um sentimento forte, uma explicação para tudo isso, a não ser uma forma de fazer parte da festa.
Deveríamos comemorar o 7 de Setembro, lembrando que esta data faz parte de um passado que não gostaríamos que voltasse nunca mais. Cada passo,cada marcha, cada batida, cada marcação, deveria ser executada como forma de protesto,  e não como é feito nos dia de hoje, onde a grande maioria das pessoas não conhecem a realidade e comemoram este dia como um ato cívico. Devemos retirar a venda que nos impede de enxergar, o povo Brasileiro não é patriota, esta é a verdade, vejam o exemplo da seleção, cadafalso maior que  exprime o falso patriotismo, todas as bandeiras, fitas nas ruas, carreatas, caem por terra quando a seleção é eliminada " isto é ser Patriota"? Não podemos esconder o passado de ninguém, nem mesmo utilizar a massa para para enaltecer esta data de forma leviana, devemos sim marchar, é bonito, não nego a ninguém, e a grande maioria quer ver e aplaude, o que desejaria saber é  que estamos marchando comemorando não  a maneira que nos foi imposta, e sim, a forma que encontramos para protestar, marchando assim não para a censura, execuções,torturas, mutilações,castração cultural e opressão. Marchemos sim, mas marchemos juntos, em prol dos mártires que resistiram, marchemos em homenagem aos exilados, marchemos para os que não poderam nem mesmo ser enterrados e velados,marchemos para os orfãos, marchemos para estes que deram a vida pela causa e liberdade de um povo!!!


Fonte: Prof.Elcinho e adaptado por A voz da Raposa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.