sexta-feira, 18 de novembro de 2011

No MA, 14 instituições estão abaixo da média do MEC; Medicina do Uniceuma perderá 11 vagas

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta quinta-feira (17), as notas dos cursos superiores avaliados pelo Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2010. Dos 4.143 cursos avaliados no país, 594 não atingiram resultado satisfatório. No Maranhão, cursos de 14 instituições estão entre os considerados de baixa qualidade pelo MEC e correm o risco de perderem vagas, o que pode ocorrer de acordo com anúncio do MEC.
Entre as instituições com conceito abaixo do satisfatório, 2, estão as seguintes instituições do Maranhão: Faculdade do Maranhão (Facam), Faculdade Athenas Maranhense (Fama) – de São Luís e de Imperatriz- , Faculdade do Estado do Maranhão (Facem), Faculdade de Imperatriz (Facimp), Fac São Luís, Faculdade de Educação São Francisco (em Pedreiras), Faculdade do Vale do Itapecuru (em Caxias), Faculdade Maranhense São José dos Cocais (em Timon), Faculdade do Baixo Parnaíba (Chapadinha), Faculdade Santa Terezinha, Instituto de Ensino Superior do Sul do Maranhão (Iesma), Instituto Florense de Ensino Superior e Instituto de Ensino Superior Múltiplo (Timon).
No Maranhão, o curso de Medicina do Centro Universitário do Maranhão (Uniceuma), que teve nota 2 no Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), terá que cortar 11 das 55 vagas. A determinação está na página 35 do Diário Oficial da União. O Uniceuma será transformado em universidade no próximo ano.
O indicador varia em uma escala de 1 a 5 e é calculado com base no desempenho dos alunos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e em outros critérios como a infraestrutura e o corpo docente da instituição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.