sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

São Luís terá banda larga popular em 2012

Brasília – A partir do primeiro trimestre de 2012, as capitais Belém (PA) e São Luis (MA) deverão contar com o serviço de banda larga popular. O anúncio da antecipação foi feito pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e o presidente da Telebrás, Caio Bonilha, aos parlamentares da região Norte nesta quarta-feira.
O objetivo é começar a implantar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), que prevê a internet a uma velocidade de 1 megabite por segundo e ao preço de R$ 35 por mês, a partir do próximo ano e concluir até 2014 em 214 cidades do Norte de Centro-oeste.
Para isso, o ministério está remanejando R$ 62,5 milhões para a estatal fazer os investimentos na infraestrutura. No próximo ano, serão atendidos 51 municípios, com um total de 2 milhões de domicílios; em 2013, a proposta é ligar 36 cidades com 328 mil residências; e em 2014, outros 127 municípios, com 1,2 milhão de domicílios.
- Reconhecemos que há um grande déficit de telefones e internet na região e estamos transferindo para a Telebrás o que conseguimos poupar para ela fazer a infraestrutura – disse Paulo Bernardo.
Para antecipar as metas de atendimento, disse Caio Bonilha, foi assinado um termo de ajuste com a Eletronorte, para ter acesso as linhas da empresa de energia. Um deles liga Imperatriz-Belém-Santarém. A Telebrás também está em negociações para usar a linha de transmissão que liga o Brasil, por Roraima, até a Venezuela, com a Internexas. E, em Macapá, a ligação será feita com a Guiana Francesa.
O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), cobrou do ministro maior detalhamento dos projetos e solicitou uma reunião com a bancada de parlamentares da região. Ele disse que não viu novidade no que foi anunciado pelo ministro. O senador afirmou ainda que a internet no Norte do mais é “cara, de baixa qualidade e instável”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.