segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Gangues estragaram a festa do Festival de Música Carnavalesca

Terminou com muita pancadaria e violência 11º Festival de Musica Carnavalesca, promovido pelo Sistema Mirante de Comunicação, no último sábado, 28 de janeiro, no Ceprama. É preciso deixar claro que a confusão não foi gerada por causa do resultado do certame, mas foi promovida por vândalos de gangues, segundo informações de quem estava no local.
Como se diz na gíria popular 'o pau cantou na casa de noca'.Todo tumulto começou durante a sessão de divulgação do evento,em meio a apresentação do grupo ‘Bicho Terra’. O saldo foi que muita gente saiu ferida, pessoas desmaiadas, não faltaram cadeiradas e o pânico tomou de conta do espaço do Ceprama, em cenas de pura barbárie. O que muita gente não entendeu foi a presença de apenas uma viatura da Polícia Militar.A ação dos integrantes das duas gangues foi boa parte freada pelo pessoal da segurança, que tiveram muito trabalho para colocar pra fora os desordeiros.
Em razão de toda confusão, não teve como a festa prosseguir, o que deixaram frustrados os vencedores, torcidas e o público em geral, diante de tanta violência. Só restou a direção do Festival, promovido pelo Sistema Mirante, encerrar a festa, já na madrugada de domingo.
A música “Pra largar essa mulher”, de Allyson Ribeiro e Dany Coelho Ribeiro e interpretada por Allyson Ribeiro, foi a vencedora do festival, e faturou a premiação de R$ 10 mil. Em segundo lugar ficou “400 Carnavais” de José Paulo Costa Carvalho e interpretada por Zé Paulo, Chico Chinês. Chico Nô e Nivaldo Santos. Com a segunda colocação, o autor recebeu um cheque de R$ 4mil.

Cerimônia de abertura de Londres-2012 se chamará "Isles of Wonder"

Evento transmitirá uma mensagem ecológica sobre a recuperação de a "terra envenenada pela indústria"


A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres será denominada "Isles of Wonder" ("Ilhas da Maravilha", em tradução livre) e transmitirá uma mensagem ecológica sobre a recuperação de uma "terra envenenada pela indústria", revelou nesta sexta-feira o diretor artístico do espetáculo, o britânico Danny Boyle.

Faltando exatamente seis meses para a abertura dos Jogos, que acontecerá no dia 27 de julho, o Comitê Organizador de Londres-2012 (Locog) divulgou em entrevista coletiva os primeiros detalhes de um espetáculo que será assistido por mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo.

Boyle, diretor de filmes como "Quem quer ser um milionário?" e "Trainspotting - Sem Limites", coordenará um espetáculo no qual 900 estudantes do leste de Londres participarão de uma "coreografia em grande escala", um espetáculo que será como "juntar 165 musicais da West End ao mesmo tempo", de acordo com o presidente do Locog, Sebastian Coe.

"Fazer parte das cerimônias olímpicas é uma maneira fantástica de inspirar os jovens. É maravilhoso que estudantes dos subúrbios da cidade possam nos ajudar a contar nossa história ao mundo", declarou Coe.

"Será uma viagem que aprofundará sobre quem somos, quem fomos e quem gostaríamos de ser", descreveu o diretor criativo da equipe que desenha a abertura e o fechamento tanto dos Jogos Olímpicos quanto dos Paraolímpicos, Stephen Daldry.

As quatro cerimônias envolverão quase 15 mil pessoas, e os organizadores começarão em fevereiro um processo para recrutar 5 mil atores, dançarinos e percussionistas que queiram participar de forma voluntária no que Boyle chamou de "o maior espetáculo da terra".

Na cerimônia de abertura, o diretor artístico voltará a contar com a colaboração da banda de música eletrônica "Underworld", que já participou da trilha sonora do filme "Trainspotting".

Entre outros detalhes que foram revelados sobre as cerimônias, Boyle destacou que está sendo encerrada a construção do maior sino da Europa, que será pendurado em um dos extremos do Estádio Olímpico e marcará o começo da Olimpíada.

O sino, que de acordo com o diretor artístico será escutado durante centenas de anos, levará inscrita uma citação extraída da obra de Shakespeare "A tempestade": "Não temam, a ilha é cheia de sons".

Na entrevista coletiva desta sexta-feira, o secretário de Estado de Cultura, Olimpíada, Imprensa e Esporte, Jeremy Hunt, afirmou que as principais preocupações do Governo britânico nos seis meses que restam para o começo dos Jogos são a segurança, o transporte e o legado que será deixado em Londres pelo maior evento esportivo do planeta.

Com as principais instalações esportivas terminadas, Hunt disse que o trabalho que resta pela frente no Parque Olímpico inclui "instalar cabos, mobiliar os apartamentos dos atletas e imprimir os ingressos das competições esportivas".


Remédios controlados são vendidos sem receita médica no Maranhão

Com uma câmera escondida, a equipe do Jornal Hoje foi a uma drogaria de São Luís e, sem receita médica, compramos duas caixas de um dos remédios mais usados para controlar a ansiedade. Até em uma loja de produtos de higiene conseguimos comprar os medicamentos de venda controlada sem receita. A atendente chega a indicar um remédio.
Procurada pela nossa equipe, a mulher negou a venda. O remédio que compramos dela tem a venda proibida no comércio. Segundo a Vigilância Sanitária, o medicamento pode ter sido desviado de algum programa do governo.
“Hoje nós temos um sistema chamado SBGPC – Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados. A porta de entrada é nota fiscal e a saída, a notificação de receita. Dessa forma, nós temos como controlar tudo aquilo que é feito legalmente, mas isso aqui é uma prática ilegal. Com certeza isso aqui é oriundo de carga roubada, por exemplo”, explica Paulo Jess , da Vigilância Sanitária do MA.
Um levantamento divulgado neste mês pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária, revela que remédios usados para controlar a ansiedade e a tensão foram os mais vendidos no país nos últimos três anos. Só no ano passado, foram 10 milhões e meio de caixas comercializadas em todo o Brasil. Os especialistas vêem esses números com preocupação. Muitos pacientes acabam viciados nesses medicamentos e mesmo quando terminam o tratamento continuam usando os remédios.
O psiquiatra Ruy Palhano diz que esses medicamentos viciam rapidamente. “Além da dependência química você começa a condicionar sua vida a partir da medicação. Não sai mais sem tomar remédio, não dorme sem tomar remédio, não tem relações sociais sem medicamentos”.
Todos os medicamentos comprados pela reportagem foram entregues a Vigilância Sanitária que, neste momento, faz uma fiscalização nas farmácias. Uma delas foi fechada agora há pouco.
A Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico disse que as farmácias que vendem sem a receita médica são minoria e reafirmou e que isso é crime que deve ser combatido pela Vigilância Sanitária.

Fonte: O Globo

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

PCdoB confirma reunião com pré-candidatos a prefeito dia 27 Política

O Comitê Municipal do PCdoB em São Luis confirmou ontem a realização de uma reunião dia 27 com os pré-candidatos a prefeito Flávio Dino(PCdoB), Tadeu Palácio(PP), Roberto Rocha(PSB), Eliziane Gama(PPS), Edvaldo Holanda Júnior(PTC) e Bira do Pindaré(PT).
A reunião contará também com a presença dos presidentes dos partidos e lideranças que defendem uma candidatura a prefeito da capital de oposição a João Castelo e também ao grupo Sarney.
De acordo com o presidente do PCdoB, Márcio Jerry, o objetivo da reunião é manter o diálogo entre os partidos e pré-candidatos buscando a formulação de uma proposta comum para a cidade.
“Não estamos inaugurando o debate e sim dando seqüência a muitas conversas realizadas ao longo do ano passado. Agora vamos buscar um afunilamento, dando o tempo necessário para que o diálogo seja produtivo e capaz de apontar uma alternativa viável para São Luís e para o Maranhão em 2014”, declarou.
Os pré-candidatos devem acertar uma agenda comum de debates pelo menos até março, quando o cenário eleitoral já estiver mais claro e permitir tomadas de decisões sobre candidaturas e composições. “Como diz o Roberto Rocha nós temos que respeitar o tempo da política, não podemos atropelar o processo”, esclareceu Jerry quando indagado sobre quando será tomada uma decisão final acerca de candidaturas.

Operadora Oi/Telemar causa transtornos no Maranhão

Desde as primeiras horas desta terça feira (24), a operadora de telefonia Oi/Telemar causou um enorme transtorno ao deixar seus clientes totalmente sem comunicação.
Não se sabe ainda a causa da pane, pois até agora a empresa não se manifestou sobre o problema. Os telefones celulares, telefones fixos e até mesmo a internet Oi velox não operava nenhuma função e quando apresentava algum sinal, logo o problema voltava. Sem falar no imenso aborrecimento de clientes que precisaram realizar alguma movimentação bancária durante todo o dia e não conseguiram absolutamente nada.
PROCON
O Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão-PROCON registrou diversas reclamações contra a operadora durante o dia. No ano de 2010 a empresa Oi foi a mais reclamada nos órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor em todo o Brasil. No Maranhão, até audiência pública na Assembléia Legislativa do Estado já aconteceu e ainda assim, o problema persiste. Parece que eles querem fazer jus ao nome mesmo: Alô?? Oi, Oi, Oi, não estou escutando, Oi, Oi, Oiiiiii…

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Edson Araújo ameaçado de cassação.

O deputado estadual Edson Araújo (PSL) corre o risco de perder o mandato na Assembléia Legislativa.
O ministro Ricardo Lewandowski, do Tribunal Superior Eleitoral, determinou arquivamento de um Mandado de Segurança por intermédio do qual Araújo tentava frear a investigação do TRE, iniciada logo após as eleições.
Edson Araújo é acusado de usar a estrutura da Federação de Pescadores para se beneficiar eleitoralmente, o que caracterizou compra de votos, na visão do Ministério Público Eleitoral.
O MP suspeita do aumento de 265% nos pedidos de benefícios de seguro-desemprego para pescadores  – o Defeso – durante a campanha de 2010, o que teria turbinado a eleição do parlamentar.
Pessoas sem qualquer ligação com a pesca artesanal também receberam o seguro, que teria servido como propulsor eleitoral de Edson Araújo. 
O Mandado de Segurança no TSE foi uma tentativa de impedir a apresentação de novas provas pelo Ministério Público.
Como o TSE arquivou a pretensão do parlamentar, o processo segue normalmente no tribunal maranhense.
Inclusive, com apresentação de provas adicionais.


Fonte: Março D'Eça

Vila Vicente Fialho recebe viatura da PMMA

Nesta última quarta-feira (18), o Comandante Geral da PMMA, Cel. Franklin Pacheco, fez pela manhã, a entrega de uma viatura na área do 8º BPM, na Vila Vicente Fialho. Na ocasião estavam presentes além de moradores, o comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Franklin Pacheco; o ten-cel Odair Santos, chefe da Comunicação Social da PMMA; o comandante do 8° Batalhão, Major Raimundo Nonato Santos Sáe o comandante da 2° Companhia, Tenente Walter Ribeiro Rodrigues Filho. 
Com o objetivo de reforçar a segurança no Vicente Fialho, a nova viatura também servirá de apoio às comunidades dos Bairros Recanto Fialho, Vila Cruzado, Vila União e Vila Jibóia. O Coronel Franklin Pacheco afirmou que a viatura vai garantir um atendimento de melhor qualidade á aquele bairro. De acordo com ele, a única viatura que fazia a ronda na localidade era a do bairro Chácara Brasil, mas a situação é diferente. “Com essa viatura as pessoas terão um atendimento bem mais rápido, pois a VTR estará mais próximo. Elas serão atendidas assim que solicitado. E essa é a idéia, fazer com que a polícia esteja mais perto da comunidade”, declarou Pacheco.
Franklin informou que a entrega da viatura foi por conta da iniciativa dos moradores em solicitar um reforço policial na comunidade. Ele explicou que foi feita uma analise de todos os setores que precisam de viaturas e o Vicente Fialho era um desses. “Eu digo que o Comando Geral tem seu papel, mas a comunidade no momento que leva seus reclames ela ta fazendo sua parte e nós respondemos, por isso que a viatura está sendo entregue hoje para eles”, contou o comandante.
Major Sá disse que com a nova viatura, ao todo são mais de 30 veículos á disposição das comunidades que fazem parte da circunscrição do 8° Batalhão. “Nós trabalhamos sempre em conjunto. E hoje temos mais de 30 viaturas para atender as mais diversas localidades que compete ao 8° Batalhão”, informou Sá.
O comandante da 2° Companhia do 8° Batalhão, Walter Ribeiro, falou sobre a importância da viatura no sentido de garantir a segurança na localidade. Conforme ele, o automóvel vai ajudar a combater com mais ênfase a criminalidade no bairro. “Nós temos um índice criminal relevante na área e estávamos precisando dessa viatura para apoiar o combate ao crime. Hoje podemos dizer que temos uma viatura exclusiva aqui”, disse Ribeiro.
Comunidade se sente mais segura
A comunidade do bairro Vicente Fialho apoiou a iniciativa do Governo do Estado em presenteá-los com a primeira viatura daquele setor. O funcionário público André Gustavo Matias Araújo, de 33 anos, disse que essa iniciativa foi fundamental no sentido de reforçar a segurança. “Com certeza a segurança aqui no bairro será bem melhor. Nós estávamos precisando disso”, comentou André.
Funcionário de uma padaria do bairro, Leonardo Alves, de 22 anos, reforça o que foi dito por André. De acordo com ele, a segurança na comunidade com certeza será reforçada. “Eu não tenho dúvida de que o policiamento será bem melhor com a nova viatura. Ela vai ajudar muito no combate ao crime”, destacou Alves. 

domingo, 22 de janeiro de 2012

Telefone celular: antes artigo de luxo, agora necessidade de todos

Desde a primeira ligação feita por um telefone celular, em 1973, nos Estados Unidos, até os dias atuais, muita coisa mudou. A tecnologia evoluiu e cresceu o desejo das pessoas de estarem sempre conectadas. Assim, o aparelho celular que já foi considerado artigo de luxo e símbolo de status, hoje está ao alcance de boa parte da população. Dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) revelam que atualmente o Brasil possui 242,2 milhões de celulares habilitados, quase 20% a mais do que em 2010. Equipados com câmeras de foto e vídeo, há sempre um celular pronto para registrar momentos importantes, seja o show de um artista famoso, um flagrante ou um acidente de trânsito.

O celular cumpre, hoje, o papel de uma espécie de “big brother” da vida real, capaz de estar presente em todos os lugares e de registrar todos os fatos que aconteçamm diante da pequena lente do aparelho segundo os critérios de edição do proprietário do telefone. Nesse contexto, polêmicas em torno do público e do privado é o que não faltam. A aposentada Joana Fonsêca, por exemplo, de 65 anos, viveu uma época em que não havia celular. “Era bem diferente. Não tínhamos a necessidade de saber o tempo inteiro onde a outra pessoa estava. Acho que o uso excessivo dos celulares e de fotografar tudo com as câmeras deles chega mesmo a ser invasão de privacidade”, comenta.

Já Maria Eduarda, de apenas sete anos, nasceu na era das comunicações móveis, da internet, dos smartphones e tablets. Ela tem um celular que usa principalmente para falar com os pais e tirar fotos dos amigos. “Acho legal ter celular, posso ligar para o meu pai e para a minha mãe quando quiser”, diz. A mãe, Carliane Vanessa Bonfim Pereira, de 32 anos, afirma não ser contra o uso do aparelho pela filha, mas ressalta os cuidados que é preciso ter. “Oriento sempre para que ela não converse com estranhos que possam ligar por engano, ou mesmo aplicando golpes, e para que apague as fotos tiradas. Não sou contra crianças terem celular, mas é preciso orientar”, frisa.

Pela facilidade e praticidade de manuseio dos aparelhos, os celulares também têm funcionado como instrumento de registro de crimes, acidentes, flagrantes de irregularidades. Com uma câmera de celular, o cidadão comum incorpora o repórter e contribui na construção da notícia diária. O coordenador do jornal Aqui-MA, Joelson Braga, cita o exemplo do mural de fotos, seção deste jornal dedicada à publicação de fotos dos leitores, e diz que a população quer se ver nas páginas dos jornais. “As pessoas se vestem de jornalista e mostram os problemas das suas comunidades, afinal ninguém melhor do que quem vivencia o dia a dia para saber das suas necessidades, e o jornal abre espaço para isso”, diz.

Ele acrescenta a importância da colaboração da população e conta que já houve um caso em que a capa do Aqui-MA utilizou uma foto tirada com celular e enviada por um leitor. “Muitas vezes a foto é o pontapé inicial para uma boa matéria”.

Casos recentes
Casos recentes como o atropelamento da menina de 12 anos na praia do Olho d’Água, ocorrido em dezembro, e o atropelamento que vitimou tia e sobrinho, de 42 e 13 anos, respectivamente, na Avenida Litorânea, em novembro de 2011, foram documentados por câmeras de celular (e repercutidos nas redes sociais, também bastante acessadas pelos telefones móveis). Em ambos os casos, imagens e vídeos feitos por testemunhas indicam detalhes das cenas dos crimes e mostram a alta velocidade com que trafegavam os motoristas.

Pelo visto, os mais de 240 milhões de celulares habilitados no Brasil não servem apenas para uma boa conversa.









Fonte: O imparcial

Gravidez de quadrigêmeos era falsa e barriga era de silicone

Caso aconteceu em Taubaté, no interior de São Paulo. O marido e familiares teriam sido enganados.


O advogado Enilson de Castro, que representa a mulher que disse estar grávida de quadrigêmeos em Taubaté, no interior de São Paulo, admitiu durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (20) que a gestação era falsa. Ele não esclareceu, porém, o que levou Maria Verônica Vieira a mentir sobre a gravidez.
“A gente ainda não pode responder essa pergunta”, disse. A professora afirmou a ele que está “destroçada” com a situação.
O advogado assumiu o caso na madrugada desta sexta-feira, por volta das 4h. Enilson de Castro disse acreditar que o marido dela não sabia da farsa e que outros familiares também não. Segundo o advogado, todos “estão muito abalados com o caso”.
Ele admitiu que a cliente usava “uma barriga de silicone” com enchimentos. O advogado disse que a mulher, inclusive, se prontificou a doar os presentes que ganhou.
A probabilidade de uma gravidez espontânea de quadrigêmeos é de 1 para 512 mil. Todos os familiares ficaram felizes com a chegada das quatro meninas, as Marias, que já tinham até enxoval. O parto, segundo Verônica, estava previsto para acontecer na segunda quinzena de janeiro.


Barco com 8 pessoas afunda próximo ao Vale Beijing

Um barco pesqueiro com oito pessoas a brodo afundou neste sábado (21) próximo à região onde está fundeado o navio Vale Beijing, alugado pela mineradora Vale. As pessoas foram transferidos para o navio e serão trazidas a São Luís de helicóptero pela empresa STX Pan Ocean, proprietária do Vale Beijing. Ainda não há informações oficiais sobre as causas do acidente.
Óleo do Vale Beijing está sendo transferido para outro navio. Só após operação ele será rebocado
O navio sofreu rachaduras no casco dos tanques de lastros, localizados nos dois bordos da embarcação, durante a operação de carregamento de minério de ferro, no dia 3 de dezembro, no terminal Ponta da Madeira, em São Luís.   Desde então, ele segue na costa maranhense. Inicialmente, foi rebocado para um local a seis milhas náuticas (equivalente a 11 km) da costa e depois levado para uma posição mais distante, a 40 milhas náuticas (cerca de 70 km) por motivo de segurança.
Desde o dia 4 deste mês é feita  uma operação de retirada de óleo do navio para que ele possa passar por um reparo emergencial e depois levado para um porto onde será feito o conserto definitivo possivelmente na Turquia.
O navio Vale Beijing tem 361 m de comprimento, 65 m de largura e capacidade máxima para 380 mil toneladas de minério de ferro. As rachaduras no casco dos tanques de lastro surgiram quando já haviam sido carregadas 260 mil toneladas de minério.

sábado, 21 de janeiro de 2012

Caso PP

Enquanto filiado do Partido Progressista, estamo esperando um pronunciamento oficial da direção estadual do partido para poder reunir nosso grupo, e definir diretrizes politicas e pessoais em relação ao pleito de 2012.
E enquanto isso, continua tudo como antes,pois a vida e a luta politica em uma cidade como a nossa não pode parar, um abraço e saudações progressistas para todos.




Gilberto C. dos Anjos

   

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Hoje, 20 de janeiro, é dia do farmacêutico! Parabéns, profissional!

Parabenizamos nesta data de 20 de janeiro os farmacêuticos do Maranhão. Parabéns, farmacêuticos. Esta é uma profissão importante para a comunidade. Lida com a saúde e com os medicamentos. O farmacêutico é aquele que dedica anos de faculdade, se forma, se qualifica para fazer o melhor para a comunidade. 
Hoje a farmácia é um centro de saúde.

Com pessoas qualificadas para a lida com medicamentos e com alguns procedimentos preventivos a Farmácia e o Farmacêutico ocupam destacado papel na saúde pública.  Farmacêuticos são profissionais que estão no atendimento em postos de vendas de medicamentos, no aviamento das receitas médicas ou que identificam e manipulam substâncias químicas para a produção de medicamentos e cosméticos. Em muitas das atividades, seu nome aparecerá nas embalagens, como farmacêutico responsável. Colaboram também na produção e na conservação industrial de alimentos, comuns ou dietéticos, campo que vem sendo ocupado cada vez mais por bioquímicos ou farmacêuticos bioquímicos.

Dois assuntos estão em voga: falsificação de remédios e medicamentos genéricos. Os profissionais, assim, são requeridos para executar o controle de insumos farmacêuticos e medicamentos exigido por lei. Com a entrada dos genéricos, somente o farmacêutico em farmácias e drogarias pode substituir o medicamento de marca.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Novo vídeo de Michel Teló

SEJAP: Secretário Sergio Tamer recebe comitiva do 6° BPM

Foto Junior Foicinha
Objetivando estreitar laços com o 6° Batalhão da Polícia Militar, o secretário Sergio Tamer recebeu na tarde de quarta-feira, (18), nas instalações da Secretária de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (SEJAP), localizada na Rua Antônio Raposo, no bairro Outeiro da Cruz, uma comitiva de sete oficiais do referido Batalhão.
O secretário Sergio Tamer contou, em reunião, que a visita dos policiais do 6° Batalhão à SEJAP vem fortalecer o relacionamento que as instituições têm por conta das funções exercidas por ambas. De acordo com Tamer, hoje o 6° Batalhão tem um papel muito importante na segurança externa da Penitenciária de Pedrinhas. “Eles têm nos ajudado reforçando a segurança em Pedrinhas, pois a 2° Companhia do 6° Batalhão atua direto naquela área. Então nada mais justo que estreitarmos os laços e trabalharmos em conjunto”, declarou o secretário.
Durante a visita dos PMs foi colocado em pauta vários assuntos que diz respeito aos dois órgãos de segurança. Um dos pontos citados foi à implementação do plano de segurança da unidade prisional de Pedrinhas. Conforme o Coronel Celso Assis, Comandante do 6º BPM, a corporaçãoestá unindo forças para melhorar a qualidade do serviço de segurança no Estado. “Sempre trabalhamos em conjunto e vamos continuar esse trabalho. Hoje estreitamos ainda mais esse laço de parceiros”, afirmou Celso.
Para melhorar de fato o serviço de segurança da Penitenciária de Pedrinhas, Tamer se comprometeu em melhorar a infra-estrutura das guaritas usadas para garantir a segurança externa da unidade prisional. Além disso, também serão construídas as novas instalações do prédio onde funcionava a 2° Companhia do 6° Batalhão. “Claro que isso é para garantir uma melhor segurança da unidade prisional. Hoje estamos em um dos anexos da Penitenciária de Pedrinhas essa atitude do secretário é louvável”, disse o coronel.  
Na ocasião, o grupo ainda pôde conhecer “in loco” a sala onde funciona o serviço de vídeo monitoramento e também o de vídeo conferência. Conforme o Coronel Celso, o monitoramento em tempo real dentro das nove unidades prisionais de São Luís pode ajudar e muito em uma eventual ação policial.


Fonte: Alan Jorge/Ascom Sejap

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

O que é preciso para ganhar uma eleição de vereador?

Ocorre que não basta apenas “querer” ser candidato, há algumas questões básicas e fundamentais para viabilizar uma candidatura.
Com base nesse entendimento, cheguei à conclusão de que é necessário articular três fatores para que uma candidatura a vereador seja vitoriosa nas urnas. Não são os únicos, mas são os principais e não basta ter um ou outro: é a conjunção dos três que fará a diferença. Senão vejamos:

AMIZADE - Uma boa candidatura começa por um boa rede de amizade. O candidato que não tem amigos encontrará dificuldade de formar uma bom “exército voluntário” na campanha. Os amigos animam, motivam e dão forças ao candidato, e via de regra não cobram nada, acreditam que serão ajudados de alguma forma depois da campanha, caso o candidato seja eleito. Numa campanha para vereador, realmente o amigo pode valer mais do que dinheiro no caixa. Mas não adianta ter “um milhão de amigos” se não houver uma estrutura de campanha. Nosso próximo item.
DINHEIRO - Não adianta negar: sem dinheiro não existe campanha de fato, ao menos para eleger. As campanhas, embora mais curtas, estão cada vez mais sofisticadas e caras. O candidato a vereador tem muitas demandas que só um bom montante de recursos financeiros pode resolvê-las. O candidato pode ter um milhão de amigos, mas se não tiver “1 milhão” de reais pode ir tirando o cavalinho da chuva que não conseguirá o tão sonhado mandato. Entretanto, também, somente dinheiro não garante um lugar ao sol. Há candidatos que gastam somas exorbitantes e não conseguem se eleger, pois não possuem o terceiro fator da nossa lista, a seguir.
SERVIÇO PRESTADO -  Pois bem. O candidato tem uma boa rede de amigos e uma boa estrutura financeira de campanha. Pergunta-se: tem serviço prestado na comunidade? Não não tiver encontrará dificuldades de eleição, mesmo tendo muitos amigos e muito dinheiro. O candidato tem que possuir liga com os bairros e essa “liga” só pode ser criada através de serviços, projetos e ações do candidato nas comunidades. E não estamos falando de trabalho somente em época de eleição não, pelo contrário, se o candidato achar de prestar serviço somente no ano eleitoral estará condenado a se dá mal.
Esses são os três fatores essências que um candidato a vereador precisa ter se quiser ter chances reais de vitória eleitoral. Repito: não adianta ter um ou outro, é necessário reunir os três e saber harmonizá-los entre si.
Ah, outra coisa: espero que não tenha desanimado algum pré-candidato a vereador por aí, mas… paciência.

Fonte: Robert Lobato

Os abismos que separam os herdeiros da política maranhense

A herança de Jackson Lago
É muito comum hoje, os sites de noticias maranehnses, se reportarem ao médico Igor Lago, como aquele que deveria herdar o PDT, partido fundado pelo seu pai, o saudoso médico e ex-governador, Jackson Lago.
Causa muita dor na família Lago, saber que apesar de tanta perseguição sofrida pelo ex-governador, que ganhou uma eleição no voto e foi cassado por um tribunal suspeito de receber interferências de políticos na esfera federal, sendo interrompido seu mandato, acusado de abuso econômico pelo senador Sarney, fala sério!
A família do ex-governador Jackson Lago, já deixou claro que não aceitará que o seu nome seja usado em campanhas políticas e em politicalhas, inclusive, já teria ensaiado uma debandada geral do próprio partido, por não aceitar que a atual direção, esteja envolvida em escândalos vergonhosos de corrupção.
O herdeiro de Jackson Lago, tem demostrado que o maior bem deixado pelo seu pai foi a honra do bom nome, coisa que muita gente da política do Maranhão não conseguiu deixar para seus herdeiros…
Os herdeiros de Sarney têm nas mãos o controle de quase tudo relacionado ao poder, praticamente todos os partidos e legendas se curvaram a eles. Todos sabem que terá muita gente brigando por uma imensa fortuna, mas, a maior herança do Sarney, talvez poucos possuam: a astúcia que o fez dominar tanto tempo na politica do Brasil, desde a ditadura, até hoje.
A melhor herança talvez não seja o acumulo de bens, mas, o começar do zero, com a simpatia popular, tendo a consciência e o nome limpos.
Veja abaixo:
Igor Lago
A esperança, por Igor Lago
Desde o dia 01 de dezembro de 2011, o nosso Partido vive uma situação inédita: a de não existir formalmente! Nunca havia acontecido isto desde a sua fundação em 1980.
O PDT maranhense foi um dos primeiros nove que se organizaram em nosso país, numa luta árdua para superar as barreiras impostas pelas leis da Ditadura. Ainda garoto, aos 11 anos, ajudava meu pai a organizar as fichas de filiação. Sob as lideranças de Neiva Moreira e Jackson Lago, o PDT cresceu, conquistou mandatos legislativos e executivos, chegando à prefeitura de nossa capital, de várias cidades de nosso estado e, finalmente, ao Palácio dos Leões, impondo uma derrota única à Oligarquia maranhense.

Após o falecimento de seu insubstituível líder, o PDT maranhense reorganizou-se em 211 dos 217 municípios. E caminhávamos rumo à Convenção Estadual para, conquistarmos assim, toda a autonomia de um Diretório. Daí a minha posição de estimular os companheiros a realizarem suas Convenções Municipais, termos o número necessário de Diretórios para convocar a Convenção que deve ser marcada pela Executiva Nacional, conforme o nosso Estatuto.
Também estávamos programando a realização de um Encontro Estadual em dezembro, o que acabou não acontecendo devido à não prorrogação da Comissão Estadual. Além desses prejuízos, estamos na insólita condição de não poder discutir, ainda, os rumos que o nosso Partido deve tomar em São Luis e em muitos de nossos municípios.

Acredito que um partido democrático prima pelas boas práticas partidárias, dentre elas, a de que as instâncias tenham respeito entre si.
Nada mais salutar para um partido que a sua instância municipal seja respeitada pela sua instância superior, isto é, a estadual, assim como o partido estadual pela sua instância superior, a nacional. Qualquer decisão de uma instância superior, sobre os destinos de sua instância inferior, deve ser feita baseada no que o consenso ou a maioria desta determinou. Isto chama-se Democracia!

Jango, Brizola, Darci Ribeiro, Doutel de Andrade, Francisco Julião, Abdias Nascimento, Getúlio Dias, Jackson Lago e tantos outros deram suas vidas por essa instituição. Não podemos desconhecer a nossa história, esquecer os nossos ideais e princípios. Estes, pelo que significam, são eternos.

Escrevo com indignação e com a firmeza que todos devemos ter ao encarar certas situações partidárias. É preciso que todos compreendam que o nosso partido tem que ser e deve ser diferente, que deve respeitar a sua história e o seu legado. Igualmente devemos nos preparar para os embates do presente e futuro, com os pés no chão e de cabeça erguida, sabendo dos desafios políticos, eleitorais e administrativos.
É o que temos tentado fazer aqui no Maranhão, ao honrar o legado de seu fundador Jackson Lago, assim como a história de vida de todos os seus fundadores, fazendo a política com P maiúsculo, fortalecendo o Partido para apresentar candidaturas próprias e, quando não possível, fazer alianças baseadas nos valores republicanos e éticos.
Acredito que, depois de uma grande e profunda discussão, encontraremos as melhores decisões.
E não posso deixar de lembrar que, “quando se tem indignação e coragem, damos lugar à Esperança”.
Saudações Trabalhistas!
Igor Lago

Fonte:Ricardo Santos