quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

SEJAP: Secretário Sergio Tamer recebe comitiva do 6° BPM

Foto Junior Foicinha
Objetivando estreitar laços com o 6° Batalhão da Polícia Militar, o secretário Sergio Tamer recebeu na tarde de quarta-feira, (18), nas instalações da Secretária de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (SEJAP), localizada na Rua Antônio Raposo, no bairro Outeiro da Cruz, uma comitiva de sete oficiais do referido Batalhão.
O secretário Sergio Tamer contou, em reunião, que a visita dos policiais do 6° Batalhão à SEJAP vem fortalecer o relacionamento que as instituições têm por conta das funções exercidas por ambas. De acordo com Tamer, hoje o 6° Batalhão tem um papel muito importante na segurança externa da Penitenciária de Pedrinhas. “Eles têm nos ajudado reforçando a segurança em Pedrinhas, pois a 2° Companhia do 6° Batalhão atua direto naquela área. Então nada mais justo que estreitarmos os laços e trabalharmos em conjunto”, declarou o secretário.
Durante a visita dos PMs foi colocado em pauta vários assuntos que diz respeito aos dois órgãos de segurança. Um dos pontos citados foi à implementação do plano de segurança da unidade prisional de Pedrinhas. Conforme o Coronel Celso Assis, Comandante do 6º BPM, a corporaçãoestá unindo forças para melhorar a qualidade do serviço de segurança no Estado. “Sempre trabalhamos em conjunto e vamos continuar esse trabalho. Hoje estreitamos ainda mais esse laço de parceiros”, afirmou Celso.
Para melhorar de fato o serviço de segurança da Penitenciária de Pedrinhas, Tamer se comprometeu em melhorar a infra-estrutura das guaritas usadas para garantir a segurança externa da unidade prisional. Além disso, também serão construídas as novas instalações do prédio onde funcionava a 2° Companhia do 6° Batalhão. “Claro que isso é para garantir uma melhor segurança da unidade prisional. Hoje estamos em um dos anexos da Penitenciária de Pedrinhas essa atitude do secretário é louvável”, disse o coronel.  
Na ocasião, o grupo ainda pôde conhecer “in loco” a sala onde funciona o serviço de vídeo monitoramento e também o de vídeo conferência. Conforme o Coronel Celso, o monitoramento em tempo real dentro das nove unidades prisionais de São Luís pode ajudar e muito em uma eventual ação policial.


Fonte: Alan Jorge/Ascom Sejap

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.