sexta-feira, 2 de março de 2012

Crivella toma posse hoje no Ministério da Pesca

O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) toma posse na manhã desta sexta-feira (2) como ministro da Pesca. A cerimônia será às 11h no Palácio do Planalto. Ele foi convidado pela presidente Dilma Rousseff para substituir Luiz Sérgio no Ministério da Pesca e Aquicultura na última quarta-feira (29). Ao aceitar o convite, Crivella disse estar "pronto para lançar a rede ao mar".

O anúncio da substituição foi feito por meio de nota, assinada pela secretaria da imprensa da Presidência da República e distribuída a jornalistas no Palácio do Planalto. Na nota, o governo justifica a substituição como forma de incorporar o PRB, partido da base e "do inesquecível ex-presidente José Alencar", ao governo.


O senador irá substituir o deputado Luiz Sérgio de Oliveira (PT-RJ), que no primeiro ano do governo Dilma Rousseff foi ministro das Relações Institucionais, mas trocou de posto no ano passado com a ministra Ideli Salvatti.


Em nota divulgada na quarta-feira, Luiz Sérgio, que pertence ao PT, diz que voltará à Câmara dos Deputados, onde tem mandato até 2014, para continuar dando sua contribuição ao governo.


“Quero agradecer à presidente Dilma Rousseff pela confiança que depositou em mim no período em que integrei seu ministério à frente da Secretaria de Relações Institucionais e do Ministério da Pesca e Aquicultura. Continuarei, na Câmara dos Deputados, a dar minha contribuição para o sucesso e as conquistas deste governo”, escreveu.


Metas

Crivella disse que já tem quatro metas para o ministério para serem atingidas até 2022: dobrar o consumo per capita de peixe no Brasil; quintuplicar a produção da aquicultura sustentável; duplicar a captura sustentável de peixes do mar; e gerar um milhão de empregos na área da pesca.


Os objetivos estão em um plano do partido que foi entregue à presidente Dilma Rousseff no ano passado. O plano englobava todas as áreas do governo, inclusive a pesca. Além das metas, o senador disse que gostaria de criar uma instituição nos moldes da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) para a área da pesca.


- Deveríamos lutar para que a pesca seja tão importante quanto a agricultura no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.