terça-feira, 1 de maio de 2012

Família de Décio Sá cobra Roseana Sarney, que permanece omissa


Durante a passeata pela Paz e pela Justiça, hoje pela manhã na aveida Litorânea, em homemagem a Décio Sá, a irmã do jornalista Vilanir Sá voltou a cobrar da governadora Roseana Sarney ações mais efetivas na elucidação do crime. Sá foi executado por pistoleiros no dia 23 de abril, em um restaurante da avenida Litorânea.
Ela lembrou que a oligarquia Sarney existe há 40 anos, a quem Décio serviu. “Mas que amigos são esses que nem aqui estão?”, cobrou.
Para a irmã do jornalista, a presença da governadora na passeata seria uma demonstração de amizade. Hoje, não havia nenhum membro da família Sarney no evento e nem de Ricardo Murad, que se considera irmão de Décio Sá.
A preocupação da família do jornalista reside no fato de que as investigações caminham de forma misteriosa e não enxergam empenho da governadora.
Na primeira cobrança,Vilanir Sá lembrou que Décio Sá publicava aquilo que muitos não tinham coragem, se referindo aos amigos do poder. “E onde eles estão agora?” indagou.
Roseana, por exemplo, não foi ao velério, enterro, missa e muito menos de longe só para olhar a passeata.
Fonte: Blog do Luis Cardoso 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.