terça-feira, 31 de julho de 2012

PROJETO ECOCEMAR


Campanha

O projeto consiste na troca de resíduos recicláveis por bônus na fatura de energia elétrica, com destinação organizada do material à indústria de reciclagem.
Além de organizar um programa de coleta seletiva de resíduos com valor de mercado, os objetivos do programa são:
• Contribuir na preservação do meio ambiente.
• Oferecer alternativas para o pagamento das faturas;
Público-Alvo:
Clientes de baixa tensão, residenciais, de toda a área de concessão da CEMAR. O cliente tem a opção de doar para instituições filantrópicas.
Clientes comerciais ou industriais não podem acumular descontos para sua própria conta de energia, mas podem doar o resíduo de seus processos em um posto de coleta e direcionar o bônus gerado para uma instituição beneficente ou para qualquer unidade consumidora residencial.
Funcionamento:
1. O cliente com a sua fatura de energia em mãos deverá ir ao posto de coleta mais próximo e solicitar seu cartão ECOCEMAR e receber na hora;
2. Este em seguida, receberá instruções sobre os tipos de resíduos recebidos no ECOCEMAR. O cliente fará na sua casa a separação dos resíduos e em seguida levará ao posto de coleta para realizar a troca por bônus na conta de energia;
3. No posto de coleta o atendente, irá pesar, separadamente, cada resíduo, por tipo e classe, gerando-se no final um bônus a ser creditado na fatura de energia;
4. Ao final cada cliente receberá um comprovante da transação realizada identificando o valor do bônus, a ser conferido junto a sua fatura de energia.
5. No caso de doação do bônus, em cada posto existe uma lista de entidades beneficentes e/ou sem fins lucrativos, assim o cliente que desejar doar seus bônus pode direcionar a umas destas entidades ou mesmo indicar uma entidade de sua preferência. Para isso deve ser indicado o número da unidade consumidora da entidade.
Locais de Coleta
CEMAR - SEDE (Posto Fixo)Endereço: Alameda A, Quadra SQS Nº 100 
Loteamento Quitandinha Altos do Calhau (próximo ao Colégio Upaon Açu) 
Dia de Coleta: Segunda a Sexta das 9h às 12h e das 13h às 17h e Sábado das 9h às 12h.
Mateus da Cohab (Posto Fixo)Local: Supermercado Mateus Cohab
Av. Jerônimo de Albuquerque, Nº 37 - Cohab Anil
Dia de Coleta: Segunda a Sexta das 9h às 12h e das 13h às 17h e Sábado das 9h às 12h.
CohatracLocal: Paróquia Nossa Senhora de Narazé
Endereço: Avenida Leste / Oeste
Dia de Coleta: Toda quarta-feira das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Cidade OperáriaLocal: Associação de Moradores da Cidade Operária
Endereço: Avenida 01, Jardim das Palmeiras, Nº 34
Dia de Coleta: Sexta-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
CoroadoLocal: Igreja Nossa Senhora do Perpetua Socorro
Endereço: Rua da Minerva S/N, 
Dia de Coleta: Quinta-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Maiobão
Local: Igreja Sagrada Família
Endereço: Avenida 04 s.n
Dia de Coleta: Sexta-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Anjo da GuardaLocal: Associação Comunitária Itaqui-Bacanga - "ACIB” 
Endereço: Avenida Vaticano, Quadra 57 Nº 9.
Dia de Coleta: Terça-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
AlemanhaLocal: Centro Beneficente Nossa Senhora da Glória.
Endereço: Rua Dr José Murta, Bloco 02 casa 05.
Dia de Coleta: Sexta-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Parque VitóriaLocal: Centro Comunitário do Parque Vitória.
Endereço: Via Coletora 7000.
Dia de Coleta: Quinta-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
AngelimLocal: Associação dos Moradores do Angelim.
Endereço: Avenida 03 s/n - Próximo ao “Viva do Angelim”
Dia de Coleta: Terça-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Residencial PinheirosLocal: Igreja Batista Esperança e Vida
Endereço: Rua Boa Esperança nº 54
Dia de Coleta: Quinta-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Maranhão NovoLocal: Unidade Escolar Ecilda Ramos de Souza.
Endereço: Avenia B Quadra 13 s/n
Dia de Coleta: Terça-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Jardim São CristóvãoLocal: União Recreativa e Beneficente Jardim São Cristóvão
Endereço: Avenida 02, ao lado do Campo de Futebol.
Dia de Coleta: Quarta-Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Bairro de FátimaLocal: Associação de Moradores do Bairro de Fátima
Endereço: Rua Paulo Frontini nº 17 - Bairro de Fátima
Dia de Coleta: Segunda Feira (de 15 em 15 dias) das 9h às 12h e das 13h às 17h.
Anil (Posto Fixo)
Local: RIPEL Reciclagem
Endereço: Rua Adelman Correia, 200. Anil (antiga Lavamatic) 
Dia de Coleta: Segunda a Sexta das 9h às 12h e das 13h às 17h
Contato ECOCEMAR: ecocemar@cemar-ma.com.br
CALENDÁRIO DE COLETA DOS POSTOS MÓVEIS - 2012

sábado, 28 de julho de 2012

Quem não pode com o pote não pega na rodilha


Campanha eleitoral é volume, mobilização nas ruas, carro de som, entusiasmo da militância, clima de vitória. Pudor e voto de pobreza nada têm a ver com campanha eleitoral.
É mera desculpa esfarrapada, carta de seguro de quem não avança nas pesquisas.

Quando um candidato entra numa empreitada eleitoral, ele sabe que a campanha tem um custo alto. E se é uma campanha para cargo majoritário, como prefeito, aí então o custo é ainda maior. Quem pode, apresenta uma campanha com volume de rua. Quem não tem condição ou estrutura de campanha, é melhor ficar em casa.
Não adianta reclamar.
A legislação eleitoral não é suficientemente clara quanto ao tamanho adequado de uma campanha de rua, se X, 2X ou 3X. Se fosse cristalina, objetiva, haveria espaço real para contestação via tribunal.
Mas as reclamações que chegam às barras da justiça são tacanhas, subjetivas na sua essência, sem valor legal algum.
Claro que há magistrado que, aqui e ali, por conta e risco decide atribuir um juízo de valor para quantificar o que é e o que não é abusivo numa campanha eleitoral. Mas é um risco arbitrário, sobretudo, sem valor pericial que possa identificar, dentre tantas campanhas espalhadas no município, no estado e no país, qual é aquela que realmente está acima do “permitido” pela lei.
Enquanto a lei não for efetivamente clara, com a atribuição de um teto para os gastos de campanha (ou até mesmo o financiamento público), tudo ficará na palavra de um advogado contra o outro nos pretórios.
Quem falar mais alto, quem tiver melhor poder de embromação e relacionamento, pode levar a melhor pra casa. É assim que tem sido. E assim será até que haja de fato uma reforma política no país.    
A disputa está apenas começando.
Quem não tem estrutura não se estabelece – esta é a máxima do marketing eleitoral.
O resto é conversa pra boi dormir.


Fonte :  




sexta-feira, 27 de julho de 2012

Ao deferir candidatura de Palácio negando competência do TCE juiz abre caminho para os fichas sujas


Tadeu pode disputar as eleições porque o seu caso não transitou em julgado no Tribunal de Contas, e não pela falta de julgamento na Câmara, como entendeu o juiz
A decisão do juiz José Américo Abreu Costa em deferir a candidatura de Tadeu Palácio sob o argumento de que o “TCE não é órgão competente para rejeitar as contas de gestores municipais” é contrário ao entendimento do STF ao julgar o caso da Ficha Limpa, que definiu a necessidade do julgamento das câmaras municipais somente quando o gestor não for o ordenador de despesas.
O deferimento da candidatura de Palácio cabe quando se observa que o seu caso não foi concluído pelo TCE, já que o ex-prefeito recorreu da decisão ao próprio Tribunal de Contas; e portanto, ele não foi transitado e julgado, como exige a Lei da Ficha Limpa.
O próprio TCE não incluiu o nome de Palácio na lista que enviou ao TRE com os nomes dos gestores que tiveram suas contas reprovadas de maneira definitiva.
Ao fazer valer o entendimento do juiz Américo Abreu Costa os 2.800 gestores da lista negra do TCE podem recorrer das impugnações e disputar as eleições.
Em abril de 2011, o TCE em sessão plenária reprovou as contas do ex-prefeito, referentes ao exercício de 2005, desaprovando suas contas de governo e julgando irregulares suas contas de gestão. O ex-prefeito foi condenado ao pagamento de multa no valor de R$ 50 mil em razão das irregularidades apontadas no relatório do Tribunal e não sanadas na defesa prévia do gestor. O ex-prefeito responderá ainda por um débito com o erário no valor de R$ 1,9 milhão, juntamente com o ex-secretário municipal de Saúde, Edmundo Costa Gomes.
Um dos principais problemas diz respeito a contratação de serviços terceirizados pela Prefeitura de São Luís, sem lei municipal ou decreto do prefeito estabelecendo quais os tipos de serviços passíveis de terceirização mediante processo licitatório.
Além da reprovação das contas de governo e gestão, o TCE também julgou irregulares as contas da Secretaria de Comunicação (Tadeu Palácio e José Raimundo P. Neto, com multa de R$ 10 mil), do Fundo Municipal de Saúde (Tadeu Palácio e Edmundo Costa Gomes, com débito de R$ 1,9 milhão e multas no total de R$ 388 mil), da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Tadeu Palácio e Carlos Rogério Santos Araújo, com multa de R$ 10 mil) e da Secretaria Municipal de Trânsito (Tadeu Palácio e Canindé Ferreira Barros, com débito de R$ 25,9 mil e multa de R$ 10 mil).

Ganso pode ir para o Flamengo


Em Londres, presidenta do Flamengo faz proposta a Paulo Henrique Ganso, diz colunista

A presidenta do Flamengo, Patrícia Amorim, aproveitou sua ida a Londres por conta da Olimpíada e fez uma proposta ao meia Paulo Henrique Ganso, que vive situação conturbada com o Santos e está com a seleção brasileira na Inglaterra para a disputa dos Jogos.
Pelo menos é o que garante Ancelmo Gois em sua coluna na edição desta quarta-feira do jornal “O Globo”. Ganso não aprovou a proposta de renovação de contrato que lhe foi oferecida pelo Santos, e a situação chegou a tal ponto que o presidente do clube paulista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro decretou o fim das negociações.
O meia voltou atrás na última sexta-feira dizendo que quer ficar. Ganso seria mais uma tentativa do Flamengo em reforçar-se com um nome de peso para o Campeonato Brasileiro, o que não conseguiu até aqui.
Riquelme, ex-Boca Juniors, Diego, do Wolfsburg, e Felipe, do rival Vasco, foram atletas que a diretoria rubro-negra tentou oficialmente, mas que por diferentes razões não conseguiu acertar a contratação. Nesta quarta deve anunciar a contratação do técnico Dorival Junior para o lugar do demitido Joel Santana.

SBPC lota Campus da UFMA, apesar da greve


Estive no lançamento do livro do Jornalista Moisés Matias, que aconteceu na tarde dessa quarta feira (25) no Campus da UFMA, no espaço SEBRAE. A SBPC que está acontecendo desde o dia 23 de julho, encerrando as atividades nesta sexta feira, 27, permanece lotada, apesar da greve das universidades federais.
A 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), da Universidade Federal do Maranhão, em São Luís, trouxe o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, que falou sobre o uso sustentável da biodiversidade nacional para o resgate das tradições milenares indígenas.
Trouxe também a presidente da SBPC, Helena Nader, que reivindicou investimentos do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação, bem como os recursos obtidos com a exploração de petróleo na camada pré-sal para investimentos em educação e ciência e tecnologia.
Trouxe cantores da terra, terecôs, até o Boi de Morros para dançar no terreiro, fizeram tudo, mas as aulas das universidades federais que estão suspensas há quase dois meses, estão até agora, sem previsão de retornar.
Segundo alguns professores, as negociações tornam o desfecho cada vez mais distante porque a proposta do governo não toca na reestruturação das carreiras de professor universitário. Fiquem com as imagens da SBPC:
Lançamento do livro  ecologia e criatividade do jornalista maranhense Moises Matias no Espaço SEBRAE, abaixo, com professores da UFMA, a Jornalista katia persovisan, que assina a coluna Contexto do Jornal Pequeno.
Jovens cientistas do IFMA
Cientista e inventor maranhense
O poeta, jornalista e cantor maranhense César Teixeira levantou a galera com a balada “oração latina”

" A CAMPANHA MC DIA FELIZ COORDENADA NACIONALMENTE PELO INSTITUTO RONALD MC DONALD, COM REALIZAÇÃO LOCAL PELA FUNDAÇÃO ANTONIO JORGE DINO"


Foto Nilson Figueiredo


FOI INCIADA NO MÊS DE JUNHO, SENDO A MAIOR CAMPANHA DO BRASIL PELA CURA DO CÂNCER INFANTOJUVENIL.
ESSE EVENTO TEM SEU ÁPICE NO DIA 25 DE AGOSTO, QUANDO TODOS OS QUATROS RESTAURANTES MC DONALD'S DE SÃO LUIS VENDERÃO O BIG MAC E REVERTERÁ ESSA RENDA (MENOS IMPOSTOS) PARA A CAMPANHA, E O DINHEIRO SERÁ PARA A FUNDAÇÃO ANTONIO JORGE DINO, A FIM DE CONSTRUIR UMA NOVA CASA DE APOIO, MAIS AMPLA, MAIS CONFORTÁVEL E ADAPTADA ÀS NECESSIDADES DE SEUS PEQUENOS HÓSPEDES. 
ESSA PROMOÇÃO VISA TAMBÉM MELHORAR A QUALIDADE DO ATENDIMENTO AOS PEQUENOS PORTADORES DE CÂNCER E CONTRIBUI PARA O AUMENTO DO ÍNDICE DE CURA.
 
A FUNDAÇÃO ANTONIO JORGE DINO MANTÊM EM FUNCIONAMENTO A PEDIATRIA DO INSTITUTO DE ONCOLOGIA DO HOSPITAL ALDENORA BELO, ALÉM DA CASA DE APOIO CRIANÇA FELIZ. ESTA CASA ATENDE E HOSPEDA CRIANÇAS E ADOLESCENTES DOS MUNICÍPIOS DO MARANHÃO.
Voluntárias-Foto Nilson Figueiredo

 
A PRESIDENTE DA FUNDAÇAO É A SRª ENIDE DINO, E ACOORDENADORA GERAL DA CAMPANHA MC DIA FELIZ É A SRª SILVIA DINO.

A CAMPANHA CONTA COM UM PADRINHO GERAL QUE ESTE ANO É O 24º BC, REPRESENTADO PELO CEL. PEREGRINE. E CADA RESTAURANTE TEM TAMBÉM UMA MADRINHA: SHOPPING RIO ANIL É A CASA SANTO ONOFRE; RENASCENÇA É A UNIHOSP, SHOPPING DA ILHA É A SRª SILVÂNIA TAMER E O SÃO LUIS SHOPPING TEM COMO PADRINHO O ROTARY CLUB.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Deputado Léo Cunha indica implantação de UPR no município de Açailândia

A implantação de uma Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) no município de Açailândia foi solicitada pelo deputado Léo Cunha (PSC), ao Governo do Estado, no final do mês passado. Com o pedido o parlamentar pretende oferecer melhores condições para que os encarcerados possam ser reinseridos na sociedade. Anteriormente o deputado já havia feito o mesmo pedido para a cidade de Estreito, pleito que também foi aprovado e encaminhado ao executivo estadual.
Com a implantação da unidade, será oferecida assistência à saúde, material, jurídica, educacional, social e religiosa. Obedecendo ao que é estabelecido pela Lei da Execução Penal. “Acredito que a partir do momento que contarem com as condições necessárias, os apenados terão muito mais chances de voltar a conviver de forma saudável na sociedade, no período pós-pena,” disse o deputado. Após ter sido aprovada pela Mesa Diretora, a indicação do deputado, foi encaminhada ao secretario de justiça e administração penitenciária, Sérgio Tamer, para que sua execução possa ser viabilizada o mais breve possível.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Mc Dia Feliz terá renda revertida para construção da Casa de Apoio a crianças com câncer


Foto Nilson Figueiredo









A campanha Mc Dia Feliz, coordenada nacionalmente pelo Instituto Ronald McDonald, com realização no Maranhão pela Fundação Antonio Jorge Dino, acontece no dia 25 de agosto nas quatro lanchonetes da franquia em São Luís. Este ano, toda renda com a venda do Big Mac, único sanduíche que faz parte da campanha, será revertida para construir a Casa de Apoio Criança Feliz, destinada às crianças portadoras de câncer.

Atualmente, a Fundação Jorge Dino - que é uma instituição filantrópica - conta com duas casas de apoio em suas dependências: uma destinada a senhoras e outra aos pequeninos. Esta última possui quinze leitos. Contudo, estes aumentarão com a edificação da nova Casa, chegando a 25. A coordenadora pedagógica da fundação, Alice Jorge Dino, disse que hoje 68 crianças estão inscritas na instituição. “Essas crianças inscritas, que são do interior, passam por tratamento e voltam para suas casas. No momento aqui temos 12 crianças alojadas”, afirmou. A pedagoga acredita que o novo local vai ajudar algo em torno de 150 meninos e meninas que sofrem da doença. “Teremos 25 leitos para alojamento, mas atendimentos rotativos podem chegar a 150 ou mais”, contou.
Foto: Nilson Figueiredo-D. ENIDE DINO, HUGO GEDEON, ALICE DINO, ARÍCIA DINO, SILVÂNIA TAMER E SILVIA DINO.


Esta ação visa, acima de tudo, melhorar a qualidade do atendimento aos pequenos portadores de câncer e contribuir para o aumento do índice de cura. A Fundação Antônio Jorge Dino mantém em funcionamento a pediatria do Instituto de Oncologia do Hospital Aldenora Belo. “Diferente do que muitos pensam não é o hospital que mantém a Fundação, mas esta que mantém o hospital”, explicou Alice.

A campanha tem como padrinho geral o 24 BC , representado pelo Cel Peregrine. E os quatro restaurantes cada um também tem sua madrinha. A  equipe SHI (SHOPPING DA ILHA), tem como madrinha  a Srª Silvania Tamer, que  estar engajada com a causa social da campanha Mc Dia Feliz. De acordo com ela, o papel da madrinha é de fundamental importância no que diz respeito à conscientização da sociedade para que haja engajamento de todos. “Eu abracei esta causa e estou conseguindo pessoas que estão no mesmo espírito de solidariedade. Assim toda oportunidade que tenho falo o que a campanha representa e como ela beneficia estas crianças”, pontuou  Silvania Tamer.
A Fundaçao Antonio Jorge Dino tem como presidente voluntaria (como ela se denomina) a Sra. Enide Dino, e a Coordenadora Geral da Campanha Mc dia Felz a Sra. Silvia Dino.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Confirmada candidatura de Tadeu Palácio


O juiz José Américo Abreu Costa julgou hoje improcedente a ação que o candidato a vereador Genival Alves (PRTB) movia contra a candidatura de Tadeu Palácio (PP) a prefeito de São Luís.
Com a decisão, Palácio tem garantido o registro de candidatura, independente de qulquer recurso que o adversário possa pretender.
- O juiz julgou improcedente a ação, numa decisão de 25 páginas, que não deixa dúvidas quanto à legitimidade da candidatura de Tadeu Palácio - frisou o advogado Paulo Helder, que representa o ex-prefeito.
Genival Alves questionava a candidatura de Palácio alegando que ele tinha contas rejeitadas pelo TCE.
Para o juiz, a afirmação não procede.
O candidato a vereador poderá responder ainda por litigância de má-fé. Os autos do processo foram encaminhados ao Ministério Público, que decidirá se o acionará ou não.
Para Paulo Helder, independentemente de qualquer recurso que Genival possa ainda pretender, a decisão do TRE dá a tranquilidade necessária para Palácio seguir com a campanha.
- Uma decisão robusta dessas garante a tranquilidade da campanha - frisou

Tráfico Internacional de Mulheres


Dia Internacional das Mulheres Negras


quinta-feira, 19 de julho de 2012

Embalagens de papel cartão: sustentáveis e aliadas do marketing



Os desafios da preservação ambiental, recuperação dos ecossistemas e biomas e reversão do efeito estufa, que dominaram recentemente a atenção mundial na Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável), exigem a priorização de produtos e insumos cada vez mais alinhados a essas exigências. Nesse sentido, um item essencial na escala produtiva são as embalagens, que acondicionam 70% de tudo o que os sete bilhões de habitantes da Terra consomem.

Esse dado nos dá a perfeita dimensão do quanto é importante o caráter sustentável das embalagens. As de papel cartão atendem com precisão a esse requisito, em especial no Brasil, onde 100% de toda a celulose e do papel destinados à indústria gráfica provêm de florestas cultivadas. Ou seja, não se cortam árvores nativas para fabricá-las! Trata-se, ainda, de matéria-prima renovável, totalmente reciclável no pós-consumo e biodegradável. Além disso, as florestas cultivadas sequestram enormes quantidades de carbono na atmosfera, contribuindo para a reversão do aquecimento global. No Brasil, a área total de floresta plantada é de 5,5 milhões de hectares - 1,7 milhão de hectares destina-se à plantação de eucalipto e pinus para produção de celulose e papel.

Além de seu caráter sustentável, as embalagens de papel cartão conquistam de modo crescente a preferência das indústrias de cosméticos, sabonetes, perfumes, remédios, pastas de dente, gêneros alimentícios e numerosos outros itens consumidos no dia-a-dia das famílias. Esse posicionamento deve-se à sua versatilidade quanto aos tamanhos, formas e espessuras, à ampla possibilidade de inserção de conteúdos informativos sobre os produtos, alta qualidade de impressão, apelo de marketing e integração às campanhas publicitárias. Além disso, as embalagens de papel cartão, por todas essas propriedades, influenciam a decisão de compra do consumidor no varejo. Ademais, permitem melhor posicionamento visual nas gôndolas dos pontos de venda.

Há outro fator importante: elas apresentam mais facilidades quanto à logística e distribuição. Isso é um ganho em duas pontas para os fabricantes, distribuidores e varejistas: a primeira refere-se à eficácia e agilidade do abastecimento; a segunda diz respeito à logística reversa, determinada pela nova Política Nacional de Resíduos Sólidos. O papel cartão atende de modo mais eficiente a exigência de recolhimento e reciclagem dos produtos descartados pelos consumidores, que será obrigatória no âmbito de numerosas cadeias produtivas.

Segundo pesquisa do professor Fábio Mestringer, coordenador do Núcleo de Estudos da Embalagem da ESPM, há semanas em que se lançam, no mundo, quase 600 embalagens de papel cartão. Ele reforça a importância disso no tocante ao marketing e à propaganda, lembrando que 90% dos produtos vendidos nos supermercados não têm qualquer apoio de comunicação. Ou seja, seus únicos canais de interação com o público são as embalagens, essas sustentáveis aliadas dos setores produtivos.

Ferramenta do YouTube permite borrar rosto de pessoas em vídeos


Agora, usuários podem preservar a identidade de ativistas em manifestações públicas e também as feições de menores de idade.


O You Tube, o serviço de vídeos do Google, disponibilizou a seus usuários nesta quarta-feira uma ferramenta capaz de borrar o rosto de pessoas que aparecem em vídeos exibidos no site. De acordo com Amanda Conway, responsável pelas políticas de utilização do You Tube, a partir de agora, os usuários poderão escolher com apenas um toque as pessoas que podem ou não aparecer na plataforma de compartilhamento de vídeos do Google.
Em um post no blog oficial do serviço, a funcionária do Google afirmou que o recurso pode auxiliar ativistas políticos a ocultar a identidade de manifestantes em protestos, preservando a identidade deles. "O recurso permite que você publique o vídeo sem expor as pessoas. Além disso, você pode compartilhar um imagens de seu filho de 8 anos sem mostrar o rosto da criança para o mundo", disse. "Nossa tecnologia de borrar imagens é o primeiro passo para garantir o anonimato virtual no YouTube."
A empresa informou que a ferramenta já está ativa, mas não opera com 100% de precisão. "Essa é uma tecnologia emergente, o que significa que pode haver um problema na detecção dos rostos dependendo de fatores como ângulo, luz e qualidade do vídeo", diz a empresa. "Se você achar que o resultado ainda não é satisfatório, pode manter o seu vídeo privado."
A ferramenta permite borrar o rosto de apenas uma pessoa no vídeo ou ainda pedir que o sistema impeça o reconhecimento de todos os presentes no vídeo.

Raposa tem 97 candidatos para 11 vagas de vereador



Raposa - Nunca antes na história Raposense um cargo político foi tão cobiçado como o de vereador nestas eleições. São 97 postulantes que concorrem a apenas 11 cadeiras na Câmara Municipal, o que dá uma média de 8,8 candidatos por vaga, numa disputa acirrada e um eleitorado que pode chegar até 13 mil votos. Na eleição passada foram 94 candidatos disputando nove vagas.

Na lista publicada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) além dos atuais edis, quase umas dezenas de novatos se aventuram a representar o povo Raposense junto com o novo prefeito que toma posse em primeiro de janeiro de 2013.



O eleitor é quem decide.

Corregedoria da Sejap investiga caso de fuga do presídio São Luís II


A Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) informa que a fuga dos cinco detentos do presídio São Luís II está sendo investigada pela corregedoria do órgão. A evasão, que ocorreu mo último domingo, 15, aconteceu após o grupo serrar as grades da cela e do corredor. Os internos eram todos da cela 14, do bloco C. Dos foragidos, quatro são presos provisórios e um é sentenciado. Quatro deles são naturais do interior do estado.
Dentre os foragidos estão Jackson Silva Sousa (provisório); Valdemir Laaurindo Flores (provisório); Sebastião Sousa Soares (sentenciado); Ederson Eustaqui Teixeira (provisório) e Klesio Sousa Santos (provisório). Na ocasião, Jordanio Pereira Barros, o “Cigano”, conseguiu fugir. Entretanto, este foi recapturado ainda dentro do perímetro da unidade prisional.

Governadora Roseana entrega 400 títulos de terra em São Luís



“Hoje, eu me sinto feliz porque tenho certeza de que moro no que é meu. E a felicidade não é só minha mais de toda a comunidade da Liberdade”. As palavras são do aposentado Damião Antônio Lima, que mora há 63 anos no bairro Liberdade, em São Luís, e que, nesta quinta-feira (19), recebeu Título de Regularização Fundiária da residência onde mora com os dois filhos. A solenidade de entrega de títulos, num total de 400, aconteceu no Palácio Henrique de La Rocque, com presença da governadora Roseana Sarney, secretários de Estado de Cidades, Pedro Fernandes, e da Casa Civil, Luis Fernando Silva, entre outras autoridades.
A iniciativa integra as metas previstas pelo Projeto PAC Rio Anil, que prevê a entrega de oito mil títulos a famílias dos bairros da Liberdade, Fé em Deus e Camboa. O primeiro título de terra foi entregue à aposentada Maria Madalena Sousa França, que também ficou muito feliz com a conquista. A solenidade contou também com a presença do presidente da Assembléia Legislativa, Arnaldo Melo; do superintendente da Caixa Econômica, Valdemilson Almeida; e do superintendente de Patrimônio da União, Jorge Pinto.
Em seu pronunciamento, Roseana Sarney destacou que o PAC é um projeto de mais de R$ 300 milhões, tendo 50% de contrapartida do Governo do Estado, o único do Brasil que tem uma compensação com esse patamar. “Este ato marca o esforço da União e de diversos parceiros envolvidos na tarefa de melhorar a vida de nosso povo. Neste ato estamos entregando o primeiro lote de títulos de regularização fundiária. Hoje, os bairros da Liberdade, Fé em Deus, Camboa e Alemanha dispõem de um novo panorama e uma nova realidade se descortina para milhares de famílias que habitam nessas localidades”, disse a governadora.
“A entrega desse primeiro lote de Títulos de Regularização Fundiária complementa a força extraordinária que essas obras do projeto já desempenham no nosso horizonte econômico e social. São 3.720 apartamentos previstos no projeto, imprimindo a nossa cidade uma nova imagem de compartilhamento e justiça que vai afirmar, de forma categórica, que em nosso governo não existem maranhenses de primeira classe e de segunda classe. Aqui somos todos iguais”, complementou Roseana Sarney.
O secretário Pedro Fernandes destacou que o PAC Rio Anil é grandioso não somente no seu valor, mas também em suas metas. Está sendo construída uma avenida de 3,8 quilômetros que atravessa uma área de terra mole com muitos problemas e onde há necessidade de uma tecnologia avançada da engenharia.
“Esta avenida vai proporcionar a retenção para que o bairro não avance mais sobre o mangue e o mangue todo está já se regenerando. Servirá para criar novas áreas que serão usadas como espaços comunitários, para que possamos fazer novas habitações. Por fim, servirá para desafogar o trânsito de São Luís”, elencou o secretário.
Fernandes lembrou que o programa contempla uma série de etapas: obras viárias, saneamento, retificação de canais, urbanização e construção de equipamentos comunitários, regularização, além de melhorias habitacionais. “Nós já fizemos mais de 3 mil melhorias habitacionais e estamos começando a regularização fundiária, com isso essas famílias se tornam realmente proprietárias desses imóveis”, disse Pedro Fernandes.

 
Parceria
O superintendente da Caixa, Valdemilson Almeida, lembrou que por longos anos se tem vivido o problema da falta de regularização fundiária e graças ao programa PAC, agora, está acontecendo. “Mas é muito importante que as senhoras e os senhores saibam que não bastaria só o PAC existir. Sem a força de vontade do governo estadual de fazer com que ele viesse para o Maranhão, nada disso estaria acontecendo”, disse, ressaltando também a contrapartida de 50% do governo estadual no projeto.
Para o presidente da Assembléia, Arnaldo Mello, a entrega de títulos à comunidade é um grande avanço para a comunidade. “A conquista do título é uma herança maior que elas deixarão para seus filhos”, disse.

Primeira via da carteira de identidade será gratuita em todo o país

A determinação está na lei sancionada pela presidenta Dilma Rousseff.


A partir de hoje,19, a emissão da primeira via da carteira de identidade será gratuita em todo o território nacional. A determinação está na lei sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União.

A emissão da segunda via do documento, porém, pode ser cobrada e a taxa, determinada pela legislação de cada estado. Atualmente, alguns estados já isentam o cidadão do pagamento da primeira identidade como o Rio de Janeiro e o Acre, além do Distrito Federal.

Para requerer a carteira de identidade é preciso apresentar certidão de nascimento ou de casamento. Brasileiros natos ou naturalizados e o português beneficiado pelo Estatuto da Igualdade podem obter o documento.

A lei sancionada pela presidenta Dilma e pela ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, modifica a Lei no 7.116, de 29 de agosto de 1983, que não traz expresso o direito à gratuidade.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

CDP de Chapadinha recebe viatura para transporte de detentos


Mais um veículo foi entregue pela Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap). Desta vez, a viatura modelo Eco Sport, placa NXP 9407, foi destinada para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Chapadinha. O diretor da unidade, Raimundo Peres, recebeu as chaves das mãos do secretário adjunto de estabelecimentos penais do órgão, João Bispo Serejo, na tarde de terça-feira, 10.    

O automóvel, que faz parte da frota de 15 carros que servirão para deslocamento de detentos do sistema carcerário maranhense, é o quarto veículo a ser entregue. Até o momento foram contempladas a de Bacabal, Açailândia e Timon. “Esse é o quarto carro que entregamos, o quinto irá para Davinopolis”, adiantou o assessor especial da Assessoria de Planejamento da SEJAP (Asplan/SEJAP), Roberto Costa Araújo.      

O automóvel, assim com todos que serão devidamente distribuídos, servirão para que detentos sejam levados para audiências públicas, atendimentos hospitalares e, se for o caso, transferidos de um município a outro no interior do Estado. “Com a política de regionalização vamos precisar de carros para transferir internos daqui da capital para cumprirem pena em seus municípios de origem”, complementou Serejo.

O diretor do CDP de Chapadinha falou da importância de ter recebido o veículo. De acordo com ele, o único carro disponível para o transporte de detentos estava com muitos problemas mecânicos e, com a chegada do novo veículo, todo o procedimento será agilizado. “Esse carro é de suma importância para o transporte dos internos. É um serviço essencial que será, com a nova viatura, colocado em normalidade e com agilidade”, contou Peres.

Raimundo Peres ainda disse que o serviço de transporte dos internos é realizado com freqüência naquela unidade. Ele contou que ás terças e quintas são feitos os transportes de internos para as audiências judiciais e segundas e sextas para as unidades hospitalares. “Acredito que por dia temos um total de quatro internos que necessitam serem deslocados para algum destes fins”, pontuou.        

Dos 15 carros, três serão entregues ao Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (GEOP), uma á Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) do Monte Castelo, outra será deixada na Penitenciária de Pedrinhas (PP) e, por fim, 10 serão encaminhadas a distintas casas penais nos interiores do Estado.  

Os carros, que foram todos caracterizados com os logotipos da SEJAP e Governo do Estado, vieram de Camaçari na Bahia e passaram por adaptações na cidade de São Paulo. O titular da SEJAP. Sergio Tamer, destacou que o sistema prisional era muito deficitário no que diz respeito a transportes de detentos. Entretanto, os veículos vêm ajudar a reverter esse quadro. “Os internos eram transportados em veículos que não eram apropriados para este fim. Agora temos carros exclusivos para transportá-los e, com certeza, a sociedade é quem ganha com isso”, declarou Tamer.

SSP apresenta presos acusados do sequestro do menino Pedro Paulo, em Imperatriz


Imperatriz - Um minucioso trabalho de investigação liderado pela equipe da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e o apoio das polícias Civil e Militar do Tocantins e do Pará, resultou na libertação e elucidação do sequestro do menino Pedro Paulo Mendes, 4 anos e a prisão de 3 pessoas acusadas de integrarem a quadrilha que atuou na trama. Pedro Paulo foi sequestrado em sua casa no centro de Imperatriz na manhã do dia 27 de junho, sendo mantido em cativeiro por 14 dias e libertado na noite de terça-feira (10) no distrito de Cicilândia, município de Palmeirante no Tocantins, mediante o pagamento de R$ 500mil, numa ação orientada e monitorada pela equipe de investigação da Seic.

Em entrevista no fim da tarde desta quarta-feira (11), em Imperatriz, o secretário Aluísio Mendes destacou a importância da ação conjunta. “Foi realizada uma investigação extremamente técnica e nossa prioridade era preservar a vida do Pedro Paulo. A polícia maranhense, do Tocantins, Goiás e do Pará realizou um grande trabalho e acredito que seja apenas questão de tempo para que todos sejam presos”, declarou.

Mendes, acompanhado dos delegados que trabalharam no caso e de promotores do Ministério Público, apresentou o principal mandante do crime e mais dois integrantes da quadrilha envolvida na ação e detalhou as informações sobre os motivos do sequestro. Foram apresentados Antonio Diagui, acusado ser o mentor do sequestro, preso em Imperatriz; Ricardo Feitosa Santos, sequestrador que invadiu a casa e receptou a criança; e Bruno Francisco, responsável pelo apoio logístico do crime, sendo a pessoa que resgatou os dois criminosos após o pagamento do resgate, ambos presos na cidade de Marabá no Pará.

O secretário Aluísio Mendes confirmou também a prisão de mais duas pessoas efetuadas no local onde Pedro Paulo era mantido em cativeiro, sendo uma mulher e um homem, que não tiveram os nomes revelados em função da polícia está realizando averiguação para apurar o verdadeiro nome deles, já que foram encontrados com diversas carteiras de identidade. As equipes de investigação continuam na busca de mais quatro foragidos: uma mulher e três homens.

“Esse foi um trabalho realizado com o máximo de critério técnico possível e desde o início das investigações nós nos baseamos em conhecimentos de inteligência e graças a um trabalho apurado de inteligência que nos permitiram fazer todo o acompanhamento desse crime, onde conseguimos garantir a liberdade da criança com segurança, desbaratar o sequestro e realizar a prisão de parte de integrantes desta quadrilha em menos de 24 horas da libertação, dando uma resposta rápida a sociedade maranhense”, disse o secretário, que agradeceu a participação das polícias dos estados de Tocantins e Pará, além da atuação do Ministério Público maranhense e do poder Judiciário.

Estiveram presentes, o secretário-adjunto de Inteligência, Laércio Costa; o superintendente de Polícia Civil do Interior, Jair Paiva Lima; os delegados André Gossain; da Seic e Assis Ramos; da 10ª Delegacia de Imperatriz; comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, Edeílson Carvalho; e o promotor de Justiça, Joaquim Ribeiro Júnior.



A trama

De acordo com a polícia, o sequestro do menino Pedro Paulo Lemes foi idealizado por Antonio Dagui, ex-funcionário do pai da criança, Jurandir Mellado. Dagui, por anos, trabalhou com a família do sequestrado e conhecia de perto todos os hábitos dos moradores da casa onde vivia o garoto, o que lhe facilitou detalhar a quadrilha de sequestradores, os passos e o poder aquisitivo de cada um dos famialires de Pedro Paulo. Dagui foi demitido este ano.

De posse dos dados da rotina da família, Antonio Dagui informou a líder do bando, já identificado pela policia como de alta periculosidade e com mais de 10 mandados de prisão, sendo procurado no Brasil inteiro. Ele repassou, inclusive, as condições de saúde da criança, que tem rejeição a lactose e também o valor máximo que eles poderiam pagar pelo resgate. A partir daí, a quadrilha se organizou e começou a planejar o sequestro consumado na manhã de 27 de junho.

“Essa é uma quadrilha extremamente perigosa e muito bem organizada. Todas as nuances do sequestro revelam isso e basta ver o modus operandi dos mesmos, que só se comunicaram com a família através de mensagens cifradas abandonadas dentro de pequenos frascos em pontos estratégicos de Imperatriz e por meio de chip de memória, onde as mensagens em gravadas e depois repassadas aos interlocutores”, detalhou Aluisio Mendes. O secretário informou também que este tipo de sequestro só foi realizado uma vez no Brasil, no Estado do Paraná e, agora, no Maranhão.



Libertação e prisão

De acordo com o secretário, o trabalho da polícia foi iniciado logo após o sequestro de Pedro Paulo. Equipes de delegados e investigadores da Seic vieram para região de Imperatriz e, com apoio dos agentes da 10ª Delegacia Regional, começaram as ações de investigação do caso. No primeiro momento, a operação se concentrou com buscas na região Norte do Tocantins, conhecida como Bico do Papagaio e depois desencadeou para o estado do Pará.

De acordo com o delegado André Grossain, da superintendência Estadual de Investigações Criminais, os sequestradores mantiveram contato com a família desde os primeiros momentos do sequestro. “Nós não divulgamos isso porque o sigilo era fundamental neste caso, mas, a partir destes contatos iniciais, nós começamos a desvendar este crime. Quando tivemos a certeza que a criança estava bem e havia sido libertada, nós partimos para a prisão da parte do bando de sequestradores”, informou ele.

Autorizada e monitorada pela policia, a forma de pagamento foi negociada com os sequestradores o que culminou com a prisão do mentor, de um dos sequestradores e de outro envolvido no caso.

Na noite de terça-feira (10) Pedro Paulo foi libertado no estado do Tocantins e a polícia monitorou os passos das pessoas incumbidas de buscar o valor do resgate na cidade de Araguaína. Na manhã de quarta-feira (11), Antonio Dagui foi preso em Imperatriz com R$100mil. O restante do dinheiro foi dividido entre os outros membros da quadrilha.

A operação para prender todo o bando envolvido no sequestro continua. Homens da Seic, em parceria com as polícias do Tocantins, estão em campo e realizam o andamento dos trabalhos de investigação.


Vila Luizão ganha primeira Unidade de Segurança Comunitária do MA


Até o final deste ano o bairro Vila Luizão ganhará a primeira Unidade de Segurança Comunitária (USC) do Maranhão.  O anuncio foi feito na manhã de quinta-feira, 12, pelo secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, durante aula inaugural do curso de capacitação para policiais que atuarão na USC. O evento, que aconteceu no Palácio Henrique de La Roque, contou com a presença de 40 PMs que serão capacitados nesta primeira turma.

O projeto, que custou algo em torno de R$ 30 MI, vai atender não só a comunidade da Vila Luizão, mas também de localidades adjacentes como Divinéia, Sol e Mar e outras. Ao todo, pelo menos 30 mil pessoas serão beneficiadas. Aluísio Mendes falou que pretende com a USC alcançar o mesmo sucesso que foi adquirido pelo Estado do Rio de Janeiro com a implantação das Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs). “Nós aproveitamos aquela idéia que deu muito resultado no Rio e a aprimoramos, criando assim a USC”, disse ele.

Aluisio explicou o motivo que levou a Vila Luizão ser escolhida para receber a primeira Unidade de Segurança Comunitária. De acordo com ele, foi feito pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão um planejamento bastante abrangente e, além disso, um estudo sobre a estatística de violência na grande São Luís foi realizado. “Nesses levantamentos os problemas históricos de segurança pública foram todos identificados e dentre todos estes nós entendemos que a Vila Luizão a localidade apropriada para receber esse projeto”, relatou.

O curso

O diretor de ensino da Polícia Militar, coronel Flávio de Jesus, disse que 40 homens da corporação serão capacitados no curso de 40 horas que será ministrado durante 15 dias a partir de segunda-feira, 16, na Academia de Polícia Militar, localizada no Calhau. Na ocasião, os alunos terão aulas de direito constitucional, direitos humanos, abordagem policial, ética policial e noções de direito. “Essas disciplinas serão ministradas por oficiais capacitados, inclusive eles têm curso de mestrado nessas áreas que citei”, pontuou Flávio. 

Questionado sobre a possibilidade de outros bairros da capital receberem a USC, ele foi direto. “Esse projeto será estendido para bairros como Cidade Olímpica, Vila Embratel, Liberdade e Outros esse é o nosso objetivo”, respondeu.  

A comunidade

O presidente do conselho comunitário da Vila Luizão, José Ribamar Câmara Rodrigues, falou da importância de ter um projeto como este implantado no bairro. Segundo Rodrigues, o principal ponto é a segurança que será reforçada naquela localidade. “Hoje a violência está generalizada, mas com a implantação desta unidade acredito que a nossa comunidade será bastante beneficiada no que diz respeito à segurança pública”, comentou Rodrigues.

O conselheiro ainda disse que outro ponto positivo que virá com a implantação da unidade é a tecnologia. A unidade virá equipada com câmeras de vídeomonitoramento, que dará ao comando de cada unidade um controle, 24 horas por dia, de toda a movimentação da região. As câmeras também serão interligadas ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). “Isso vai facilitar muito a comunicação da própria comunidade e a polícia. Nós estamos (a comunidade) muito felizes com esse investimento, tanto em tecnologia e a própria segurança”, afirmou José Ribamar. 

Uma das conselheiras de segurança comunitária, Maria da Glória Melo, disse que um dos problemas mais comuns daquela comunidade é o tráfico de drogas. Entretanto, nos últimos meses esse cenário tem mudado. “A polícia está mais presente. Hoje sentimos que podemos contar com a polícia. Eles têm trabalhado pra diminuir o problema do tráfico e tem conseguido”, contou a moradora.

8° Batalhão 

Trabalhando de forma direta para inibir o crime naquele bairro, 10 policiais do 8° Batalhão foram escolhidos para atuarem na Unidade de Segurança Comunitária (USC) da Vila Luizão. O comandante do 8° Batalhão, tenente-coronel Raimundo Nonato Santos Sá, disse que com a implantação desta unidade a responsabilidade será maior. Entretanto, ele disse que sob o comando dele existem pessoas capacitadas. “Nosso objetivo é acabar ou pelo menos amenizar a criminalidade, estamos conseguindo e com a implantação deste projeto vamos ter um apoio a mais com certeza”, destacou Sá.

O tenente-coronel concordou com o que foi dito por Maria da Glória em relação ao problema das drogas. Contudo, ele aposta que a relação entre polícia e comunidade, esse problema será menor. “Se a comunidade trabalha em conjunto com a polícia consequentemente o índice de crimes é menor’, finalizou.