terça-feira, 11 de setembro de 2012

Com o início de setembro, Honorato intensifica trabalho da sua campanha a vereador



Com a proximidade do final da campanha eleitoral, Honorato (13.444) vem intensificando o ritmo das atividades. Na semana que passou, participou de um encontro com lideranças de comunidades negras tradicionais e representantes de religiões de matriz africana, teve reuniões com lideranças em várias comunidades, participou de carreata de Washington e teve a oportunidade de expor à população, através da imprensa local, algumas ideias da sua candidatura.
Na semana do aniversário de São Luís, Honorato comemorou, também, a chance de se expressar em dois dos principais jornais impressos do Maranhão: O Imparcial e Jornal Pequeno. Em O Imparcial, em matéria publicada na editoria de Política, no dia 07 de setembro, o postulante a vereador expressou um pouco dos conceitos que pretende implantar caso seja eleito para a Câmara de São Luís. Com o título “Candidato defende participação popular nas decisões políticas”, a reportagem destacou o projeto intitulado Caravana da Cidadania, em que a população terá a oportunidade de se organizar na busca por seus direitos.
No sábado (08), o Jornal Pequeno publicou uma matéria em que Honorato revela a principal influência da sua veia política, que é a sua mãe, a ex-professora da UFMA, Iêda Batista. Falecida em 2008, a mestra foi figura de destaque nos movimentos político-sociais maranhenses nas últimas décadas, em especial no movimento de defesa dos Direitos Humanos e como fundadora do Grupo de Mulheres da Ilha de São Luís.
Mesmo antes dessas publicações, a candidatura de Honorato já havia sido alvo de comentário na coluna diária Bastidores, do jornalista e diretor de Redação do jornal o Imparcial (grupo Diários Associados), Raimundo Borges, que aborda o mundo da política. Na edição da quarta-feira (05), depois de afirmar que há tempos o PT não elege vereador algum em São Luís, o colunista fez o seguinte comentário: “Agora, o candidato Honorato Leite vai tentar quebrar esse paradigma”. Vindo de um profissional tarimbado no assunto, o vaticínio não pode ser desconsiderado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.