quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Clodomir quer industrializar a pesca na Raposa e combater o tráfico de drogas

Do Blog Udes Filho e 4ºPODER

Udes Filho – Qual a sensação de ter vencido sua primeira eleição para prefeito de Raposa?
Clodomir – É uma sensação muito gostosa, viu. Conseguir vencer na primeira disputa é revigorante, tendo em vista todo o desgaste físico e emocional ocorrido durante a campanha.
UF – Em algum momento o senhor teve dúvida de que sairia vitorioso?
– Olha, faltando quinze dias para a eleição, nós passamos a nos preocupar, quando constatamos um crescimento significativo na candidatura de nossa principal adversária. Foi ai que passamos a intensificar nossa campanha nas vilas, conseguindo resultados positivos e revertendo a situação.
UF – Qual o pior momento vivido pelo senhor durante as eleições?
C– A falta de recursos. Sendo o candidato da situação, por incrível que pareça, sofri com a falta de recursos.
UF – Avalie o desempenho, nas urnas, seu e de sua adversária Talita Laci?
C – Olha, o nosso desempenho foi o melhor. Já a nossa principal adversária, nos surpreendeu. Não esperávamos que ela apresentasse o desempenho que teve.
 UF Avalie positiva e negativamente a administração de seu antecessor, o prefeito Paraíba?
C – De positivo, nos temos algumas ações realizadas pelo atual gestor, o Paraíba. De negativo, nos temos a rejeição do atual gestor que é em torno de 70%.
UF – Os índices de rejeição à administração Paraíba lhe atrapalharam na campanha?
C– Acredito que sim. É normal que a rejeição de um prefeito atual recaia sobre um candidato da situação.

O prefeito eleito de Raposa, Clodomir
UF – O que o povo de Raposa deve esperar da administração Clodomir?
C – Um bom governo, uma boa administração e muito trabalho voltado para o povo de Raposa.
UF – Como andam as articulações acerca do seu secretariado? O senhor pode me adiantar alguns nomes?
C – Nós já temos secretários definidos para as pastas da Saúde e Administração. Na saúde, ficará Maria Ivone Silva de Sousa e na Administração, Antônio de Oliveira dos Santos. Ainda estamos avaliando os nomes para as demais pastas.
UF – De acordo com pesquisa da empresa Exata, setores como infra-estrutura, Saúde, Educação e  Segurança pública, figuram entre as maiores insatisfações da população de Raposa. O que o senhor tem preparado para trabalhar nestas áreas?
C – Na segurança, implantaremos a Secretaria Municipal de Segurança, para amenizar os problemas neste setor. Na saúde, nos vamos implementar e aplicar os recursos da saúde, dentro da saúde. Já na educação, nos precisamos, hoje, fazer uma revolução no município de Raposa. Vamos fazer com que os recursos da Educação sejam realmente aplicados na pasta, para melhorar a educação em nosso município.
UF – O que o senhor pretende fazer para alavancar o turismo em Raposa, que tem sido pouco explorado?
C – Nos precisamos trazer para a Raposa um estudo neste sentido, para que possamos fazer com que o turismo no município venha a, realmente, se desenvolver.
UF – Em relação à pesca, uma das maiores atividades econômicas em Raposa, como trabalhará a sua administração?
C – Nós pretendemos fazer um trabalho realmente voltado para a pesca. Hoje, a maior economia do município de Raposa é a pesca, por isso precisamos incentivar. Eu, hoje, vejo que a pesca artesanal no município está saturada. Precisamos fazer um estudo técnico e detalhado para trabalhar a pesca industrial.
 UF – A Prefeitura é o maior empregador do município. O senhor tem algum projeto para incentivar a criação de vagas de emprego na iniciativa privada?
C – Veja bem, precisamos trazer para a Raposa investimentos da iniciativa privada, para conseguir gerar mais empregos. Não será fácil, mas trabalharemos neste sentido.
UF – O que se pode esperar de sua administração em relação ao esporte e o lazer?
C – Vamos dar todo o apoio e suporte necessário para que nossa Secretaria de Esportes desenvolva um bom trabalho. Na questão do lazer, nós precisamos construir praças com o objetivo de proporcionar o lazer em nossas comunidades.
UF – O tráfico e consumo de drogas tem crescido em toda a Raposa, trazendo efeitos negativos à família raposense. O senhor trabalhará no combate às drogas?
C – Este foi um ponto em que batemos muito em nossa campanha. Vamos intensificar o combate à entrada das drogas em nosso município.
UF – Em relação aos viciados em crack e cocaína, que são muitos na Raposa, como seu governo vai lidar com este problema social?
C – Olha, está em nosso plano de governo a criação de um centro de recuperação para dependentes químicos.
 UF – Comenta-se na cidade, que o senhor teria um acordo com o vereador Eudes Barros, para que daqui a quatro anos abdique do direito de concorrer à reeleição, para apoiar a candidatura do Eudes. É verdade?
C – Não é verdade. O acordo que nós temos é que poderá ser quatro anos, ou poderá ser oito anos. Tudo vai depender da conjuntura política do Brasil. Se tiver reeleição, nós iremos para a reeleição. Se não houver reeleição, teremos que respeitar as leis brasileiras.
 UF – Os problemas do abastecimento de água e da coleta de lixo têm atormentado os moradores de todo o município. Como o senhor pretende trabalhar estes problemas?
C – Bom! A questão da água realmente assola toda a Raposa. Nós temos que fazer um estudo, juntamente com o engenheiro do SAAE, no sentido de resolver este problema. A questão do lixo, é outra questão complicada, onde sabemos que o lixo na Raposa só é coletado em torno de 30 a 40%, mas precisamos intensificar o recolhimento do lixo para toda a cidade.
UF – Qual será a participação da família Paraíba, na gestão Clodomir?
C – Até o momento, nenhum dos parentes do atual prefeito figura entre os possíveis secretários. Quando sentamos para decidir a questão política, não houve negociação em cima de secretariado, por tanto os secretários da próxima gestão serão escolhidos de livre-arbítrio, pelo prefeito Clodomir.
UF – Como anda o seu relacionamento junto ao governo do Estado?
C – Eu acredito que bem, até pelo fato de já estarmos agendados para uma audiência com a governadora Roseana Sarney, onde trataremos sobre algumas situações do município.
UF – Que mensagem o senhor deixa aos 6.040 eleitores que lhe elegeram?
C – Vamos fazer um trabalho voltado, não apenas aos 6.040 eleitores que votaram em mim. Vou trabalhar para fazer uma boa gestão para toda a população de Raposa.
UF – Analise, com sua vasta experiência no Legislativo municipal, a renovação na Câmara de Raposa?
C – Acho que o povo queria uma mudança na Câmara. Dos onze, duas vagas foram criadas. Dos nove, três vereadores de mandato não concorreram, então, podemos até afirmar que a renovação não se deu apenas pela rejeição, mas, também, pela ausência dos candidatos de mandato.
UF – Se o senhor tivesse saído candidato a vereador, sairia vitorioso?
C – Estaria entre os três primeiros colocados.
UF – Clodomir, por Clodomir. Quem é o Clodomir?
C – Eu sou uma pessoa que nasceu neste município, uma pessoa que se criou neste município, uma pessoa que construiu sua família neste município. E foi com estas colocações que andei por toda a Raposa, pedindo ao povo a oportunidade de governar. Agora está chegando a hora de retribuir ao povo, fazendo um grande trabalho na prefeitura de Raposa.
 Fonte: Blog Udes Cruz

2 comentários:

  1. Nossa uma resposta contradiz a outra; ele deveria ter ensaiado antes de ir dar entrvista ou ele está achando q toda a população da Raposa é analfabeta? Está enganado existe pessoas estudadas aqui são essas pessoas q vão fazer a diferença na vida política dele. Boa sorte para ele, pois ele vai precisar.

    ResponderExcluir
  2. Ele deveria antes de querer industrializar a pesca na Raposa, verificar o que está acontecendo na colônia.Os recursos não estão sendo repassados como deveria. Se o Governo federal libera 4 salários em época do defeso, pq a comunidade só está recebendo 2? E se ele quer combater o tráfico e o aumento da marginalidade, o primeiro passo, é educação de qualidade e cursos profissionalizantes.

    ResponderExcluir

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.