quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Operação policial ?Vila Luizão pela Paz? prende seis pessoas


Uma mega operação batizada de “Vila Luizão pela Paz”, deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), na manhã desta segunda-feira (25) para combater o tráfico de drogas na região do Turu, Divinéia, Sol e Mar e Alonso Costa, deu cumprimento a seis mandados de busca e apreensão em diversos pontos.
 “Vila Luizão pela Paz” faz parte das ações de pacificação na região da Divinéia/Vila Luizão. A partir desta terça-feira (26), as forças de Segurança estarão instaladas definitivamente na região com a primeira Unidade de Segurança Comunitária do Maranhão (USC-MA). 
“Avisamos aos traficantes que a polícia não vai permitir ações criminosas naquela área. Operações como esta, irão acontecer permanentemente a partir da inauguração da USC”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, durante a apresentação dos presos na sede da SSP.
Participaram dos trabalhos, investigadores da Delegacia Geral, Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), Departamento de Narcóticos (Denarc), 7º DP, e policiais do 8º BPM.
Na megaoperação, com participação das Polícias Civil e Militar, foram detidas seis pessoas envolvidas com tráfico de drogas, homicídios e roubos, além da apreensão de crack, veículos e uma grande quantia em dinheiro, oriundo da comercialização dos entorpecentes.
Foram presos Maria de Oliveira dos Anjos, 46 anos; Luciano Costa dos Anjos, 18 anos; e Thaíse dos Anjos Moraes, 21 anos. Todos são moradores da Rua Jaú, nº, 33 bairro Divinéia, em São Luís, local onde foi encontrada a droga.
Também foi detido, George Veras, 25 anos, conhecido como “Omega”, que já foi preso por tráfico de drogas e estava em liberdade há aproximadamente 20 dias; além de Marcelo Teixeira Macedo, o “Marcelo da Barragem”, suspeito de ter cometido o homicídio que vitimou Renato Ferreira Silva, no dia 3 de março do ano passado e de uma tentativa de homicídio contra o adolescente Joerbete Carlos da Silva Ribeiro. Foi preso ainda Brayan Corrêa dos Santos, 20 anos, suspeito de praticar uma tentativa de homicídio contra um segurança numa Festa de Carnaval.
Foram apreendidos com eles, aproximadamente 1kg de crack em barra; sete celulares; um veículo Cross Fox de cor amarela e placas HQD – 8432; 96 pedras de crack; e a quantia de  R$ 2.716,50.

Um comentário:

  1. talvez a policia e o governo do maranhão deveriam efetuar investigações para descobrir quem são realmente pessoas culpadas e quem são pessoas inocentes sendo presas por algo que não foi sua culpa.
    sendo que efetuaram a prisão de pessoas inocentes enquanto o verdadeiro culpado estava a solto se divertindo.
    esse e o governo do maranhão como sempre fazendo as suas cagadas.

    ResponderExcluir

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.