terça-feira, 30 de abril de 2013

Polícia Federal realizou hoje operação no Município de Raposa

Pelo menos seis viaturas da Politica Federal estivarão no Município de Raposa para realizar uma operação. Mais tarde novas informações.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Após visita a Presidente Vargas, a governadora Roseana Sarney e comitiva estiveram no município de Itapecuru-Mirim, nesta segunda-feira (29). Na cidade, onde inaugurou obras e visitou serviços oferecidos pelos órgãos estaduais, ela foi recebida pela população, prefeito Magno Amorim e diversas lideranças políticas da região. Roseana estava acompanhada de secretários de Estado, deputados, prefeitos, ex-prefeitos e vereadores.
Viemos aqui para mostrar o nosso trabalho e dizer que é dessa forma que o Maranhão vai avançar cada vez mais. Fiz questão de vir aqui para inaugurar esta agência do Sine e acompanhar as ações do Governo Itinerante realizadas nesta cidade, que sempre me acolhe muito bem”, afirmou a governadora.
Ao lado do secretário de Estado do Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy, e do prefeito Magno Amorim, Roseana Sarney inaugurou a Casa do Trabalhador. O espaço sedia uma agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine), que começará a funcionar com plena capacidade daqui a 15 dias, sob a coordenação de Josivaldo Rodrigues.
Segundo José Antônio Heluy, na Casa do Trabalhador serão oferecidos à comunidade serviços como encaminhamento para emprego, captação de vagas, orientação profissional, emissão de carteira de trabalho, inserção de jovens ao estágio do programa Viva Primeiro Emprego, entre outros.
Nas instalações da Casa do Trabalhador, um auditório também funcionará como sala de aula para capacitação de jovens via programa Maranhão Profissional, em parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectec). “Nós já inauguramos uma agência igual a esta em 14 municípios do estado e ainda o faremos em outras cidades, pois a nossa meta é inaugurar um total de 20 agências desse tipo até o fim deste ano”, destacou José Antônio Heluy.
Depois de entregar a Casa do Trabalhador, a governadora foi conferir de perto os serviços oferecidos pelo governo em unidades móveis instaladas na Praça Gomes de Sousa, no centro de Itapecuru-Mirim. Foram disponibilizados para a população caminhões do Viva Cidadão, Viva Mulher e um ônibus da Escola de Governo, onde servidores públicos receberam treinamento em informática.
Foram bastante procurados os serviços do Viva Cidadão, para emissão de diversos documentos, e também a unidade móvel da Secretaria da Mulher, que ofereceu inclusive exames ginecológicos e vacinas contra a gripe, além de palestras sobre saúde feminina.
No caminhão da Secretaria da Mulher, é possível realizar exames preventivos e até testes de HIV/Aids. Os serviços serão oferecidos na cidade até a sexta-feira (3 de maio).  “Eu achei ótimo esses serviços chegarem aqui, pois eu teria que ir até São Luís tirar a segunda via da minha Carteira de Identidade”, afirmou a professora aposentada Laudinízia de Jesus Mendes.
Sementes
Roseana Sarney também entregou sementes selecionadas de feijão a produtores rurais e foi recebida com uma roda de tambor de crioula, apresentada por mulheres moradoras de áreas quilombolas. Foram entregues três mil quilos de sementes.
Foram beneficiados 850 agricultores familiares de Itapecuru-Mirim, Nina Rodrigues, Vargem Grande, São Benedito do Rio Preto, Belágua, urbano Santos, Anajatuba, Miranda do Norte, Matões, Cantanhede e Pirapemas, municípios que integram a regional.
Em seguida, a governadora conferiu as ações realizadas em um clube da cidade, onde foi oferecido um curso para cuidadores de idosos. Roseana Sarney também visitou o Hospital Regional Adélia Matos, que realizava procedimentos na área de saúde, como consultas oftalmológicas, preventivo de câncer do colo uterino, vacinação, clínica médica, pediatria e exames laboratoriais e mutirão de cirurgias de hérnia.
Acompanharam a governadora, os secretários Fábio Gondim (Gestão e Previdência), Clodomir Paz (Programas Especiais), Rodrigo Comerciário (Articulação Institucional), José Costa (Ciência e Tecnologia), Fernando Fialho (Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar), Luiza Oliveira (Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania), Claudett Ribeiro (Igualdade Racial), José Márcio Leite (subsecretário de Saúde), José Ribamar Vieira (Gabinete Militar), entre outros. A comitiva também teve a presença do presidente da Academia Maranhense de Letras, jornalista e ex-deputado Benedito Buzar, que é natural de Itapecuru.






Mais Itinerante
Nesta terça-feira (30), a programação prossegue em Vargem Grande e Nina Rodrigues. Na primeira cidade, a governadora inaugura uma Academia do Idoso e acompanha as ações do Governo Itinerante no município, que constam de serviços do Viva Cidadão (emissão de documentos), palestras e oficinas e entrega de sementes selecionadas. Na área de saúde, serão oferecidos atendimentos que englobam oftalmologia (consultas e cirurgias), preventivo de câncer do colo uterino, vacinação, clínica médica, pediatria e exames laboratoriais.
Em Nina Rodrigues, o primeiro compromisso no município será a inauguração do Centro de Ensino Unificado (CEU) Maria Quaresma, unidade com seis salas de aula. A governadora confere as ações que serão realizadas no município por secretarias e órgãos estaduais, nas áreas de saúde, cidadania, meio ambiente, agricultura, cultura, turismo, educação, ciência e tecnologia, entre outras.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Raposense Não adianta criticar, Tem que participar ( PPA ).

O Plano Plurianual é o instrumento de planejamento governamental de médio prazo, previsto no artigo 165 da Constituição Federal, regulamentado pelo Decreto 2.829, de 29 de outubro de 1998 e estabele diretrizes, objetivos e metas da Administração Pública para um período de 4 anos, organizando as ações do governo em programas que resultem em bens e serviços para a população. É aprovado por lei quadrienal, tendo vigência do segundo ano de um mandato majoritário até o final do primeiro ano do mandato seguinte. Nele constam, detalhadamente, os atributos das políticas públicas executadas, tais como metas físicas e financeiras, público-alvos, produtos a serem entregues à sociedade, etc.


Em Raposa, a primeira audiência publica será no dia 30/04/2013 ás 16:00h na Igreja Quadrangular da Boa Esperança,  o PPA possui um ciclo de gestão específico, compreendendo os processos que, durante quatro exercícios, viabilizarão o alcance dos objetivos do governo. As etapas de elaboração, avaliação e revisão constituem as peças básicas do ciclo de gestão. Embora seja elaborado quadrienalmente, é avaliado, revisto e monitorado anualmente, proporcionando a flexibilidade necessária ao enfrentamento de novos problemas e demandas, mais sempre discutidas em audiências publicas.
Mais é importante a participação popular pois depois de realizadas as audiências e aprovadas a população não poderá mais questiona-las.  

Entenda um pouco os cincos pontos básicos do PPA. 

Princípios:

O Plano Plurianual-PPA tem como princípios básicos:

* Identificação clara dos objetivos e prioridades do governo;

* Identificação dos órgãos gestores dos programas e unidades orçamentárias responsáveis pelas ações governamentais;

*Organização dos propósitos da administração pública em programas;

*Integração com o orçamento;

* Transparência.

NÃO ESQUEÇA  30/04/2013

WWW.AVOZDARAPOSA.COM.BR

quinta-feira, 25 de abril de 2013

O sonho do ex prefeito de maranhãozinho, Josimar Cunha de ser deputado pode vira pesadelo


O resultado da eleição no Município de Maranhãozinho, foi uma das maiores diferenças proporcionais de votos do primeiro para o segundo colocado no Estado do Maranhão, mas, não foi ao acaso, nem pela administração do então Prefeito Josimar Cunha.

Segundo a Promotoria da 101ª Zona Eleitoral, não faltou compra de votos e favorecimento político por parte do então gestor da Cidade Josimar Cunha Rodrigues  que uso das prerrogativas do cargo de Prefeito para beneficiar aliados políticos, no caso, os candidatos à sua sucessão, seu primo, hoje Prefeito, José Auricelio de Morais Leandro, e do vice, Raimundo Tarcísio de Lima.

Houve uma verdadeira farra com o dinheiro público. Após as investigações e comprovações materiais, o Ministério Público, diz que não tem dúvida que tudo foi financiado com recursos públicos liderado pelo então Prefeito Josimar Cunha.

Na Ação de Investigação Judicial Eleitoral, o Ministério Público diz que Josimar e seus candidatos, “praticaram condutas de abuso de Poder Econômico com prática de captação ilícita de sufrágio, ao utilizarem lojas de materiais de construção para distribuírem benefícios aos eleitores que saíram trocando por votos, além de utilizarem veículos da Prefeitura para realizar a entrega”.
 
Em um mandato de busca e apreensão na casa de uma assessora de Josimar, de nome Jiordana Pâmela de Sousa – a Jornâdia -, foram apreendidos um caderno de anotações e um arquivo impresso com 38 paginas, com nomes e casas de eleitores que foram beneficiados com os materiais de construções. Tudo bem detalhado!
 
Clique na imagem para ampliar
Ainda foi apreendido em um estabelecimento denominado Casa Rodrigues – fornecedora de matérias de construção da Prefeitura – outro caderno de anotações com o nome do candidato a Prefeito “Auricelio” estampado na capa. E mais 253 Notas Fiscais Série “D” e 47 Notas de entregas com carimbos de pagamento.
 
Clique na imagem para ampliar
“Destarte, conforme declarações e documentos, os representados se beneficiaram significativamente de inúmeros votos de eleitores, angariados através de benefícios matérias oferecidos e efetiva entrega durante a campanha eleitoral de 2012, com tal finalidade, abusando de modo franco o poder econômico e politico por parte do terceiro representado, JOSIMAR, fazendo absolutamente certa a ilegitimidade do resultado da eleição respectiva.” Disse o Promotor de Justiça Eleitoral, Hagamenon de Jesus Azevedo.

O MPE quer que sejam aplicadas as sanções correspondentes: multa, inelegibilidade de 8 anos do ex-prefeito Josimar Cunha Rodirgues e a cassação do diploma dos beneficiados, José Auricelio de Morais Leandro, e do vice, Raimundo Tarcisio de Lima.

“Pouco importa, na hipótese de corrupção eleitoral, se a quantidade de votos captados tenha ou não sido decisiva para o resultado do pleito. O fato é que a corrupção eleitoral é característica de políticos da pior espécie. Por fim, ou se é, ou não se é corrupto. Não existe meio termo. E é missão da Justiça Eleitoral impedir que políticos corruptos assumam ou continuem seu exercício por certo período.” Diz o Pedido da Promotoria da 101ª Zona Eleitoral.
Acompanhe documentos do Ministéiro Público:


Agora Lascou Novo capítulo do crime de agiotagem mostra suposto envolvimento de autoridades com a quadrilha

A TV Mirante voltou a divulgar novas informações exclusivas sobre o crime de agiotagem no Maranhão e que culminou com a execução do jornalista Décio Sá. Neste novo capítulo, as novidades foram citações de algumas autoridades que supostamente teriam envolvimento com a quadrilha do agiota Gláucio Alencar.

Na reportagem, foram citados os nomes de Ronaldo Ribeiro (advogado), Raimundo Cutrim (deputado estadual), Franklin Neto (vereador de Raposa), Alcides Nunes da Silva e Joel Durans Medeiros (policiais civis).


segunda-feira, 22 de abril de 2013

Prefeito marcado para morrer

No Brasil do século XXI ainda é comum adversários políticos resolverem as suas diferenças na bala. Os exemplo estão aí aos montes pelos quatro cantos do país.
E no Maranhão não poderia ser diferente.
Eleições em cidades onde a política é muito radicalizada, quase sempre os embates prolongam-se para além do dia da eleição, podendo terminar com um  dos lados enterrado em um cemitério.
Todavia, não é somente os adversários que se ameaçam entre si e chegam de fato a atentar contra a vida de um ou do outro.
Há situações onde os próprios “aliados” se desentendem, dando início a uma relação de ódio que acaba ou pode acabar em tragédia fatal.
Os casos mais comuns são aqueles que começam já no período pré-eleitoral, quando as chapas são formadas aí a vaga de vice-prefeito é ocupada por alguém que “financia” ou por um preposto do “financiador”, para garantir que os recursos cheguem na  campanha do candidato a prefeito.
Conseguindo êxito eleitoral, os “companheiros”  dão início à composição do futuro governo, e quando este inicia não demora muito para aparecer as diferenças entre o titular do cargo e o seu vice – ou de quem indicou o vice e bancou a campanha.
É que no interior do estado quem financia uma campanha de prefeito costuma se considerar “dono” do futuro gestor, caso a eleição seja ganha, claro.
O antes aliado fiel é agora um irado desafeto do prefeito e aproveita o clima de disputa da política local, entre o grupo do prefeito e seus adversários derrotados nas eleições, para atentar contra a vida do ex-companheiro. Se o prefeito aparecer morto, o suspeito mais provável será o candidato derrotado eleitoralmente, que “matou por ódio”, “por inveja” etc.
Nesse sentido, não é somente a tal “herança maldita”, deixada pelos seus antecessores, que tem tirado o sono da alguns dos prefeitos eleitos no pleito de 2012. Ameaças de morte também têm assombrado alguns dos novos gestores municipais do Maranhão, e em alguns casos as ameaças não partem de adversários, mas dos próprios “aliados”.
Ao sofrer ameaças veladas de morte, alguns desse prefeitos resolvem gravar depoimento em vídeo e entregá-lo à familiares e autoridades públicas, principalmente do sistema Segurança Pública.
O fato é que o aliado político de ontem, pode se tornar num perigoso inimigo mortal de hoje.
É o típico caso do “Diabo ao seu lado”.
Estamos de olho.

Por: Robert Lobato

PF prende advogado tentando sacar R$ 47 mil com procuração falsa

Homens da Polícia Federal prenderam em São Luís o advogado Paulo Roberto da Silva, 26, tentado fazer um saque indevido de R$ 47 mil na agência da Caixa Econômica Federal da Justiça Federal. Semana passada ele já havia conseguido sacar R$ 200 mil, contam fontes do blog.
Segundo nossos interlocutores, o caso vinha sendo acompanhado há meses pelos federais. Outros advogados já conseguiram sacar mais de R$ 1 milhão irregularmente desde o início do esquema.
Ainda de acordo com o que conseguiu apurar o blog, Paulo Roberto usava procurações falsas para sacar precatórios de clientes que já haviam morrido.
Semana passada, tentou mais uma vez, mas o gerente da agência informou que ele precisava fazer uma previsão de saque. Hoje, quando foi buscar o dinheiro, já era aguardado pela PF.

domingo, 21 de abril de 2013

Dia D de Vacinação mobiliza Raposa

Durante todo esse sábado (20) uma grande mobilização da população de Raposa pode ser registrada em postos de saúde, associações, hospitais, devido ao Dia "D" de Vacinação contra a Gripe, realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

A Campanha de Vacinação contra a Gripe (vírus Influenza) teve seu início no último dia 15 em todas as unidades de saúde do município. O ponto alto ocorre no Dia "D" com a ampliação para vários  pontos de vacinação. A Campanha prossegue nas unidades de saúde até o próximo dia 26.

O Dia "D" foi a data definida pelo Ministério da Saúde para que as secretarias de saúde em todo o Brasil reforçassem as ações de vacinação junto à sociedade, inclusive, estendendo a vacinação para fora da rede de saúde tradicional.

Para o secretário de Saúde Marcio Greyk, a Semus se preocupou em atender a essa determinação do Ministério e fez várias parcerias para levar a vacinação para mais perto da população. "Nossa preocupação é fazer com os grupos que necessitam da vacina tenham esse acesso de forma facilitada. Nós criamos, inclusive, grupos específicos que estão atendendo àquelas pessoas que não tem condições de se deslocar até um posto de vacinação, muitas vezes pela avançada idade ou por enfermidades. Isso está sendo um grande diferencial da campanha de vacinação deste ano e está sendo feito com eficácia e responsabilidade", destacou.

O foco da imunização são os idosos (acima de 60 anos), gestantes, mulheres no período de puerpério (até 45 dias após o parto), indígenas, crianças de 6 meses a 2 anos, profissionais da saúde, população prisional e doentes crônicos. Grupos identificados como mais vulneráveis à doença.
Estudos comprovam que a vacinação pode reduzir em até 45% o número de casos de pneumonia e em até 75% a morte em decorrência de complicações causadas pela Influenza.
Maria santos, 68, moradora da vila Bom Viver, não perdeu tempo e procurou logo cedo o posto de vacinação instalado no Hospital da Mulher para receber a imunização. Eu sempre fico atenta às datas de vacinação. É uma forma que a gente tem para se prevenir do surgimento de doenças. É importante, afirma.

A VACINA

Quem contrai o vírus Influenza (vírus da gripe) apresenta sintomas leves. A preocupação maior está em alguns grupos que podem sofrer complicações, ocasionando outras doenças graves, como uma pneumonia bacteriana, por exemplo. O Ministério da Saúde alerta que a vacina não gera sintomas semelhantes à gripe, pois o vírus utilizado é inativado, não havendo a transmissão da gripe pela vacina, como alguns acham. Ainda assim, é preciso ter os cuidados necessários quando ocorrerem os sintomas.

As pessoas que forem vacinadas e apresentarem posteriormente os sintomas da gripe, principalmente, as com doenças crônicas, devem procurar, imediatamente um médico.

COMO EVITAR A GRIPE

Como medidas de prevenção, deve-se lavar as mãos várias vezes ao dia, evitar contato com pessoas doentes e aglomerações, se estiver com sintomas da gripe, além de proteger a tosse e o espirro com lenços descartáveis.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Sejap implanta rondas na penitenciária



A Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) criou recentemente as rondas ostensivas penitenciárias, que funcionarão de segunda a sexta-feira, das 19h às 7h da manhã, por toda área externa do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
Comandada pelo Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop), as rondas contarão com o apoio da Policia Militar e visam dar apoio aos chefes de plantão das unidades e garantir maior segurança na área externa dos presídios.

Policiais militares do Ceará ministram curso de policiamento motociclístico aos PM’s do Maranhão

Foi realizada no meio da manhã desta segunda-feira, 08, no auditório do Quartel do Comando Geral da PMMA, no Calhau, em São Luís, a aula inaugural do curso de policiamento com motocicletas, que será ministrado entre os dias 08 a 19 deste mês, por policiais militares do Ceará aos do Maranhão.



O capitão Araújo (esq.), o cabo Andrade (c) e o capitão Valentim ministrarão o curso aos PMs do Maranhão
O objetivo do curso é melhor preparar e qualificar os policiais militares do Maranhão para essa modalidade de policiamento, com emprego em ações e operações táticas, capacitando-os para o melhor atendimento à sociedade maranhense.


Serão mais de dez dias de treinamento, com conhecimentos teóricos e práticos que serão passados por três policiais militares que fazem parte do Batalhão RAIO (Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas), criado em 2004 no Estado cearense. Ao todo, 41 PM’s – da capital e do interior do Maranhão – farão o curso.



Participaram da mesa de abertura dos trabalhos o coronel Agostinho Silva, chefe do Estado Maior da corporação, representando o comandante da PMMA, coronel Franklin Pacheco Silva; o coronel Flávio de Jesus, diretor de Ensino; o tenente-coronel Pimentel, subdiretor de Ensino; o tenente-coronel Luongo, comandante da Unidade de Segurança Comunitária (USC); o tenente-coronel Sá, comandante do Batalhão de Polícia de Choque e coordenador do curso; os capitães Araújo e Valentim, da PM do Ceará.



Segundo o capitão Araújo, o RAIO atua em sintonia com o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) com base em dados estatísticos de criminalidade dentro da área metropolitana cearense, atendendo ocorrências de maior vulto, como sequestro relâmpago, “saidinha bancária” e etc.



O coronel Flávio enfatizou a importância de cursos como esse e falou da atuação do policiamento com motocicletas na capital maranhense. “Apesar de já existirem equipes policiais desse tipo de modalidade, na capital e no interior, é a primeira vez que um curso desse molde é realizado no Maranhão. É um tipo de policiamento que exige, do policial, técnicas diferenciadas de patrulhamento e abordagens, e sua atuação possui uma maior eficiência, haja vista ser desenvolvido sobre duas rodas, o que possibilita aos profissionais uma melhor atuação no atendimento às ocorrências diante dos constantes congestionamentos nas principais capitais brasileiras”, ressaltou o coronel.



Em entrevista ao PM Repórter, o comandante do BPChoque falou de sua expectativa em relação ao curso. “A equipe RAIO possui técnicas mais avançadas. A nossa expectativa é melhorar as técnicas do nosso grupamento de motocicletas (Esquadrão Águia) e aumentar o número de equipes nas ruas, melhorando, com isso, o atendimento às ocorrências de grande vulto na nossa cidade”, disse o tenente-coronel Sá.

Raposa fica sem transporte após interdição do sistema na Vila Luizão

Populares decidiram interditar o tráfego de ônibus na Vila Luizão nesta manhã de segunda-feira. Eles protestam contra a falta de qualidade do sistema de transporte coletivo e impedem a circulação dos veículos.
De acordo com representantes comunitários, a qualidade do sistema de transporte na Vila Luizão é precária, com poucos ônibus, todos  sucateados e maltratos a usuários.
Os manifestam cobram a presença da promotora Lítia Cavalcanti e de representantes da Secretaria de Trânsito e Transporte.
É a primeira manifestação pública contra o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) e sua equipe.
O clima ficou tensão, com a chegada da polícia ao local

domingo, 14 de abril de 2013

Aluisio Mendes participa de Força Tarefa contra o crime

O secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, participou pessoalmente, na madrugada deste sábado (13), das ações da Força Tarefa deflagrada pelas forças de Segurança para reduzir o aumento da criminalidade, retirar armas de circulação e coibir assaltos em diversos pontos da Região Metropolitana de São Luís
Na mais recente operação, equipes policiais impediram, na área do bairro Santo Antonio, um sequestro relâmpago, com a prisão de um dos criminosos.
A operação contou com a participação das polícias Civil, Militar e do Grupo Tático Aéreo (GTA). Teve início às 21h e se estendeu durante toda a madrugada deste sábado (13) com saída das equipes do Plantão do Cohatrac. Policiais da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), da Delegacia de Homicídios e da Polícia Militar percorreram vários bairros na capital.
Bruno Nicacio Lopes foi preso por volta das 22h em uma Rua do Santo Antônio. O trio, segundo a polícia, teria abordado a vítima no bairro do Anjo da Guarda, por volta das 19h, enquanto a vítima parou o veículo em um semáforo. No momento da ação, o motorista que estava sozinho no carro foi colocado no porta-malas do veículo.
De acordo com a polícia, após fazer a vitima de refém, o trio teria percorrido algumas agências bancárias para sacar dinheiro da vítima. A ação foi percebida por equipes das Polícias Civil e Militar que detectaram que o veiculo apresentava uma movimentação suspeita. Após pedir para parar, o trio empreendeu fuga e foi perseguido pela polícia. Ao chegar ao Santo Antonio, dois dos criminosos conseguiram sair do veiculo e atiraram em direção aos militares.
Segundo informações da delegada Katherine Chaves, a atitude no veiculo chamou a atenção das equipes policiais. “Estamos com todas as nossas equipes na rua fazendo levantamentos e identificando os criminosos. Conseguimos acompanhar os passos dos suspeitos e logramos êxitos na prisão. Vamos continuar fechando o cerco com o crime em São Luis”, detalhou a superintendente de Polícia Civil da Capital afirmando que já tem a identificação dos outros foragidos.
Bruno Nicácio recebeu voz de prisão. Com ele, foram apreendidas ainda duas armas de fogo. Após ser autuado em flagrante pelos delegados Jeffrey Furtado e Marlos Patrício, no Plantão da Cidade Operária, ele foi encaminhado ao Centro de Triagem em Pedrinhas, onde permanecerá detido à disposição da Justiça.
Ainda na madrugada, os policiais averiguaram várias denúncias de poluição sonora, de suspeita de tráfico e outros crimes. Os trabalhos devem continuar durante todo o final de semana com operações simultâneas a serem realizadas em toda grande São Luis.

Quando o governo é ruim, há festa até para tapa-buracos

Têm-se a sensação de que se voltou ao passado quando um gestor se submete a ir com toda comitiva – staff, imprensa, aliados políticos e puxa-sacos – para lançamento de uma obra de… tapa-buracos.
É isso que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) comemora como feito de sua administração – uma mera operação tapa-buracos.
Mais uma vez embascados, Holandinha, Rocha e Rose Sales vêem operário jogar pedras em buracos
O que deve ser uma obrigação cotidiana de qualquer administração pública, é divulgada na gestão de Holandinha como um grande feito, digno de notas e matérias em jornais, blogs, internet, rádios…
Mas ele faz uma festa danada para tapar-buracos por que só tem isso para mostrar – e ainda está mostrando com certo atraso.
Quando um governo é ruim, tapa-buraco vira grande obra, abertura de escolas na data em que deve ser aberta também vira feito extraordinário e a iluminação pública, que também deve ser uma obrigação, é festejada nas redes sociais.
Esta é a cara do governo Holandinha, que produz imagens como as que ilustram este post.
Em que prefeito e seu vice ficam embasbacados com uma máquina de tapar buracos

Empresa ligada ao PCdoB de Flávio Dino frauda programa Minha Casa Minha vida no Maranhão

Existe um esquema fraudulento que envolve pessoas e empresas próximas ao presidente da Embratur, Flávio Dino, e ao seu partido, o PCdoB no Maranhão no programa federal “Minha Casa Minha Vida.
São construções pela metade ou apenas fictícias de casas no interior do Estado, notadamente na região dos Cocais. Empresas são indicadas por prefeituras no esquema que beneficia o PCdoB, prefeitos e construtoras.
A Caixa Econômica Federal no Maranhão assiste a tudo calada e finge que fiscaliza as obras. O Jornal O Globo mostra como o esquema vem funcionando em todo o país e como o PCdoB se beneficia da fraude, inclusive no Maranhão. Leia abaixo a matéria de o Globo:
Fachada do número 4.553 da Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, endereço da RCA e  também da JB Lar Eliária Andrade.
Fachada do número 4.553 da Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, endereço da RCA e também da JB Lar Eliária Andrade.
BRASÍLIA — Um esquema de empresas de fachada, parte delas registrada no mesmo endereço e controlada por um grupo de ex-funcionários do Ministério das Cidades, abocanha cada vez mais contratos para construção de casas populares destinadas às faixas mais pobres da população. No centro da história está a RCA Assessoria em Controle de Obras e Serviços, empresa com sede em São Paulo e três sócios: Daniel Vital Nolasco, ex-diretor de Produção Habitacional do Ministério das Cidades até 2008 e filiado ao PCdoB; o ex-garçom do ministério José Iran Alves dos Santos; e Carlos Roberto de Luna. A RCA funciona numa sede modesta, mas apresenta números invejáveis para quem está no setor há tão pouco tempo. Alardeia atuar em 24 estados e mil municípios, e garante que entregou 80 mil casas. Hoje, estaria à frente da construção de 24 mil unidades. O faturamento milionário da RCA virou alvo de disputa judicial, que expõe supostas conexões da empresa com o PCdoB. Até a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra tem o nome citado.
A RCA dá consultoria a prefeituras e beneficiários, e atua como correspondente bancário de sete pequenas instituições financeiras autorizadas a repassar verbas federais nos programas de casas populares para cidades com menos de 50 mil habitantes. Atuou no Programa Social de Habitação (PSH) e agora opera no seu sucessor, o Minha Casa. Até aí, tudo dentro da normalidade. Mas a RCA faz mais: consegue ao mesmo tempo ser representante do agente financeiro, tocar construções e também medi-las e fiscalizá-las. Para isso, usa uma rede de empresas que os sócios e os funcionários registraram em seus nomes e cujos endereços ou são na sede da RCA, em São Paulo, ou na casa de parentes.
O site da empresa dava o exemplo de como a RCA frauda o processo de seleção de construtoras que vão executar obras financiadas com recursos federais e encomendadas por prefeituras. Para contratar uma construtora responsável pela execução de obras no Espírito Santo, lançou um edital de convocação em dezembro de 2012. O site convocou os interessados e dias depois divulgou os vencedores. Duas foram selecionadas. Uma delas é a JB Lar. Tudo como manda o figurino. Não fosse um detalhe: o endereço da JB Lar é o mesmo da RCA, a Avenida Brigadeiro Luiz Antônio 4.553. A JB Lar foi habilitada para construção de 95 casas no Espírito Santo. Na sexta-feira, após ser procurada pelo GLOBO, a RCA tirou do ar o link “Editais” do seu site.
Disputa pelo faturamento da empresa
O esquema de empresas de fachada está narrado numa ação na Justiça de São Paulo. Nela, Fernando Lopes Borges — outro ex-servidor do Ministério das Cidades, que seguiu na Secretaria Nacional de Programas Urbanos até ser exonerado por abandono do cargo em 2010 — apresenta-se como sócio oculto da RCA. Ele era representado no negócio pelo irmão Ivo, já falecido. E a disputa pelo faturamento da empresa começou justamente após a morte de Ivo.
Num acordo prejudicial, Fernando chegou a receber pouco mais de R$ 1 milhão da RCA. Mas quer mais e briga na Justiça. Na ação, afirma, sem apresentar provas, que o desvio de recursos do Minha Casa Minha Vida teria começado com Erenice Guerra. Ela teria articulado a entrada de bancos privados na operação do programa em pequenos municípios. Segundo o denunciante, teria direito a R$ 200 por casa construída. Fernando sustenta na ação que o negócio chegaria a render R$ 12 milhões.
Ele diz que o PCdoB desde 2005 receberia dinheiro desviado para a construção de casas populares do Programa de Subsídio Habitacional (PSH), que foi absorvido pelo Minha Casa Minha Vida. Procurado, Fernando sustentou que a RCA está envolvida em irregularidades nos programas federais do Ministério da Cidades, mas não quis confirmar as denúncias contra Erenice e o PCdoB. No processo, Fernando mostra uma troca de e-mails entre Carlos Luna, da RCA, e o escritório Trajano & Silva, que foi fundado por Erenice. Eles tratam da retirada do sócio Ivo e do valor que deveria ser pago a Fernando.
O esquema incluiria a construtora Souza e Lima Engenharia, que pertence ao ex-engenheiro e ao ex-gerente-geral da própria RCA. Essa empresa fez casas no Maranhão para o Minha Casa Minha Vida em contratos geridos pela RCA. Outra empresa de pessoas próximas prestou o mesmo serviço. A Martins MA Engenharia — que hoje pertence ao cunhado de Daniel Vital Nolasco — também construiu casa para a RCA.
Na ação, Fernando reclama a sociedade nas empresas de assessoria cadastral Artifício, Setorial, Sigma e Marketplan. Todas seriam do grupo RCA. As três primeiras têm Nolasco como sócio. José Iran é um dos donos da última. O grupo tem participação em outras empresas. Carlos Luna e José Iran são donos da Superdata. Luna é um dos sócios da LL Engenharia. Fernando relata no processo que há contratos com a DJC/Naza Engenharia, que seria responsável pela construção de oito mil casas. Essa empresa seria de Divaildo, irmão de Celma Casado Silva. Ela foi exonerada em fevereiro deste ano da Secretaria de Habitação do Ministério das Cidades. Segundo o órgão, ela foi exonerada a pedido.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

O Dez Mandamentos do bom gestor


1 – Então falou o povo todas estas palavras, dizendo: Eu sou o senhor do poder, e em meu nome será exercido através de políticas públicas eficazes; honre os impostos pagos pela cidadania, traga prosperidade econômica e qualidade de vida para a população Não terás outros deuses, como a malversação e a corrupção diante de mim.
2 – Não farás para ti imagem de obras faraônicas, elefantes brancos, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas e muito menos servirás aos empreiteiros que as construíram  porque eu, o povo, teu senhor, votei em ti com zelo e honestidade, acreditando nos teus compromissos de campanha e no teu programa de governo.
3 – Não tomarás o nome do povo em vão; porque o povo não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão e acertará as contas com você nas próximas eleições.
4 – Lembra-te do dia do sábado, para refletir e fazer autocríticas. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra em nome do povo, para o povo e pelo povo. Mas o sétimo dia é o sábado do senhor teu povo; não farás demagogia visitando obras com uma penca de apoiadores políticos e bajuladores de plantão, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Portanto abençoou o povo o dia do sábado, e o santificou para não transformá-lo em “miguelagem” com vistas em obras que depois de um mês estarão todas esculhambadas novamente.
5 – Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o povo te dá. Mas não faça da tua e do teu pai o senhor do poder quando o povo deu o governo foi para você e não para eles.
6 – Não matarás o povo de raiva pelos péssimos serviços públicos.
7 – Não adulterarás com o partido do próximo para tirar vantagens do poder: cargos, sinecuras, SP’s, contatos etc.
8 – Não furtarás o dinheiro do povo sofrido que paga honestamente os seus impostos.
9 – Não dirás falso testemunho contra o teu próximo por pura politicagem.
10 – Não cobiçarás a partido do teu próximo, não cobiçarás a base eleitoral do teu próximo, nem os seus assessores, nem a suas assessoras, nem o seu carro, nem a seu moto, nem coisa alguma do teu próximo. Procure trabalhar que dá mais resultado.