segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Governo investirá R$ 11 milhões nos terminais Ponta da Espera e Cujupe

De setembro de 2013 a março de 2014, os usuários do ferryboat, um dos principais meios de transporte entre São Luís e a Região da Baixada Maranhense e ao estado do Pará, vivenciarão um cenário diferente nos Terminais de Passageiros. O Governo do Estado, por meio da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), responsável pela gestão dessas estruturas, anunciou a revitalização da Ponta da Espera, em São Luís, e de Cujupe, em Alcântara. Os investimentos para a reforma são de cerca de R$ 11 milhões e terão como principal objetivo proporcionar acessibilidade, segurança e comodidade aos usuários dos terminais que somam, anualmente, 1,7 milhão de passageiros.
Para atender aos passageiros durante o período de reforma foi montada uma estrutura temporária no estacionamento no Terminal da Ponta da Espera, em São Luís.  No mesmo ambiente foram instalados os escritórios administrativos da Emap e das operadoras dos ferry-boats, os pontos de vendas das passagens, bebedouros e banheiros.
Para abrigar os usuários, foi armada uma tenda de aproximadamente 300 m² com proteção para sol e chuva, e, colocadas cadeiras. Placas sinalizadoras educativas, informativas e indicativas sobre os serviços disponíveis na estrutura foram instaladas. A mesma estrutura temporária será montada também no Terminal de Passageiros do Cujupe, em Alcântara, para abrigar os  usuários durante as obras.
 Ponta da Espera – Os trabalhos iniciam primeiramente em São Luís. Serão investidos recursos no valor de R$ 2 milhões e 550 mil,  no Terminal da Ponta da Espera.  A empresa responsável pela obra, ganhadora do processo licitatório, foi a Construtora Guimarães Ltda.
Entre as melhorias, o Terminal de Passageiros contará com rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida; adequação da praça de alimentação para instalação dos restaurantes em áreas apropriadas com maior conforto e higiene dentro dos padrões exigidos pela Vigilância Sanitária; construção de nova portaria de vistoria, proporcionando maior segurança; e edificação do Pátio de Retenção de Veículos, com o objetivo de liberar totalmente a via de acesso às embarcações.
Essa última intervenção contribuirá para um fluxo de veículos mais rápido e seguro, principalmente, no caso de emergências. Outra novidade é a construção de 521 metros de passarelas e reforma de 130 metros. As passarelas, cobertas e cercadas, conduzem os passageiros em segurança e protegidos do sol e da chuva, até os ferries ou até os veículos.
 Cujupe – No Cujupe, os recursos destinados estão na ordem de R$ 8,5 milhões. O projeto de reforma encontra-se na fase de finalização. O processo licitatório acontecerá em setembro e as obras estão previstas para iniciar em outubro.
A estrutura a ser trabalhada no Terminal do Cujupe abrange construção de novo telhado, do mercado para abrigar os vendedores e da instalação do sistema de abastecimento e reservatório de água. Também prevê duplicação das passarelas, implantação da Portaria Vistoriada, construção das sedes administrativas da Emap, do posto da Polícia Militar e das Operadoras de ferryboat, ampliação e adaptação dos banheiros aos portadores de necessidades especiais e a construção do Pátio de Retenção de Veículos.
 Prazo de entrega – A obra do Terminal da Ponta da Espera tem dois prazos de entrega. Em dezembro, será final1izada a etapa de reforma: praça de alimentação, restaurantes, novos banheiros, instalações administrativas e rampa de acesso para portadores de necessidades especiais. Em março de 2014, termina o prazo para entrega da estrutura externa como Pátio de Retenção de Veículos, reforma do posto da Polícia Militar e construção das passarelas externas. As obras no Terminal do Cujupe têm previsão para iniciar em outubro e finalizar também em março de 2014.
A travessia da Baía de São Marcos via ferryboat é uma das principais ligações de São Luís com os municípios da Baixada Maranhense. Todos os dias são realizadas 10 viagens regulares. O aumento, de um ano para o outro (2011 para 2012), foi de 19,03%.  Nos últimos seis anos, o número de usuários dos Terminais de Passageiros de Ferryboat de Ponta da Espera, em São Luís, e do Cujupe, em Alcântara, passou de 665 mil para mais de 1,7 milhão por ano, um aumento de 161%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.