quinta-feira, 12 de setembro de 2013

PREFEITO EDIVALDO SUSPENDE PAGAMENTO DO SUS

Um dia depois de fechar um acordo milionário com os empresários do sistema de transporte coletivo da capital e ter anunciado pagamento de R$ 2 milhões por mês às empresas para arcar com a folha de pagamento dos funcionários privados, e assim, evitar a paralisação dos rodoviários, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) suspendeu o pagamento da cota do SUS dos médicos do Socorrão I.

Imediatamente, os profissionais do hospital começaram a se manifestar nas redes sociais associando a decisão do prefeito com a fórmula que ele encontrou para evitar a greve dos rodoviários (confira aqui).

Edivaldo governa em favor dos ricos empresários e prejudica a população pobre de São Luís

A expectativa é que a medida tenha efeitos prejudiciais aos milhares de pacientes que recorrem aos serviços do maior hospital da capital, uma vez que não está descartada uma nova paralisação dos médicos que atendem no Socorrão I diante de mais uma ação negativa do prefeito Edivaldo.

Estes são os tempos de desgoverno e de desorganização de uma gestão municipal que parece estar perdidinha, ontem pautada no discurso da "mudança" e do "novo", hoje reproduzindo a lógica dominante de governar para os "poderosos", tutelada por interesses políticos que visam somente às eleições de 2014 e pressionada por interesses econômicos das elites dominantes, e assim, cada vez mais distante das reais e urgentes necessidades do povo de São Luís.
 
Fonte: Hugo Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.