terça-feira, 29 de outubro de 2013

CONVITE

A Paróquia São Pedro Apóstolo, convida toda comunidade de Raposa para inauguração de sua loja de artigos religiosos, que será realizada as 8:00 h do dia 09/11/2013.
Que ficará situada na avenida principal, em frente a Paróquia.

domingo, 27 de outubro de 2013

Pesca de Raposa no Caminho Certo



O prefeito Clodomir de Oliveira e o secretario de pesca da Raposa Alysson Penha, no sábado dia 19/10/2013, receberam do Ministro da Pesca e Aqüicultura Marcelo Crivella e do Secretário  de Estado da Pesca Dayvison  Franklin 15 kits de pesca(motor rabeta,caixas isotérmicas, coletes,etc.), e ainda 1.500 Kg de ração.
Segundo o prefeito a vinda do ministro Marcelo Crivella é muito importante para fortalecer as políticas públicas de pesca e aqüicultura na cidade de Raposa.
Na ocasião o prefeito Clodomir aproveitou  para solicitar do ministro Marcelo Crivella, o apoio para construir um mercado de comercialização de pescado e marisco, e ainda recebeu a informação que até o final do ano vai estar recebendo  uma retro escavadeira hidráulica e um trator de esteira do ministério.

Empresário da Raposa é Noticia em blog de São Luis

Quem é o empresário da Raposa e menino do gás de Capinzal que comprou um relógio caríssimo na mão de um outro empresário de Santa Inês, que não teve como pagar e foi obrigado a devolver o objeto?
O Breitling teria saído pela bagatela de R$ 10 mil e ainda foi parcelado de 10 vezes, mesmo assim o empresário não conseguiu pagar.
Direito de Resposta às 14h45min:
Em contato com o titular do blog, ainda pouco, o empresário Luiz Farias Veras Filho – dono da Construtora LFX Ltda, disse que o relógio foi comprado no valor de R$ 15 mil, sendo uma entrada de R$ 6 mil e nove parcelas de R$ 1 mil.
Ocorre, porém, que na oitiva parcela o relógio Breitling apresentou um defeito, obrigando ele a devolver o objeto. Segundo o empreiteiro, o empresário Maurício Nono – responsável pela venda, devolveu seu dinheiro e pegou o relógio de volta.
o empresário devolveu o "Redondo" 

Fonte: Blog Luis Pablo 

Eleições 2014: pré-candidatura de Hilton Gonçalo ao governo ganha consistência dentro do PDT

 blog do Ademar de Sousa
Ex-prefeito de Santa Rita e pré-candidato ao governo do Maranhão pelo PDT
Nos últimos dias, conforme apurou o Blog , o nome do médico e ex-prefeito de Santa Rita (MA), Hilton Gonçalo, vem ganhando consistência dentro alta cúpula do Partido Democrático Trabalhista – PDT, como sendo uma alternativa para disputar uma pré-candidatura ao governo do estado pela oposição nas eleições de 2014.
Ex-prefeito e ex-deputado Chico Leitoa: Vice-presidente do PDT/MA
Por conta dessa possibilidade que pode se tornar uma realidade natural, há quem diga nos bastidores que Hilton Gonçalo tem a simpatia e amizade do vice-presidente do PDT no Maranhão, ex-prefeito e ex-deputado Chico Leitoa, que estaria disposto a levar adiante o processo de discussão em defesa da pré-candidatura do ex-prefeito de Santa Rita. Como se sabe, até mesmo o secretário-geral do PDT, deputado federal Weverton Rocha também passou a defender candidatura própria visando fortalecer o partido e salvar sua reeleição para a Câmara Federal no ano que vem.
Neste sentido, Chico Leitoa e Weverton Rocha, parece que fumaram o cachimbo da paz. Há poucos dias, Weverton Rocha visitou o município de São João do Sóter e estendeu sua viagem a Timon, onde teve encontro demorado com Chico Leitoa. E a pauta, sem dúvida, foi à pré-candidatura de Hilton Gonçalo (PDT) à sucessão de Roseana Sarney, podendo enfrentar Luis Fernando Silva (PMDB), Flávio Dino (PCdoB) e Eliziane Gama (PPS). Desta forma, Leitoa é considerado um dos principais articuladores em prol de Hilton Gonçalo rumo ao Palácio dos Leões.
“Hilton Gonçalo é a força que vem dos municípios e, quem sabe, poderá surpreender no processo sucessório de 2014”, dizem alguns observadores políticos.
Para Hilton Gonçalo, em conversa com a imprensa, a construção política do seu nome para disputar ao governo obedecerá a voz das ruas. A escolha do partido será o instrumento do clamor popular, que pede resultados dos seus gestores. Assim, a administração de Hilton Gonçalo à frente da Prefeitura de Santa Rita é digna de elogios e avanços do ponto de vista administrativo.
Flávio Dino
Se isto se concretizar o pré-candidato ao governo do estado também pela oposição, Flávio Dino (PCdoB) certamente deve ficar sem dormir algumas noites.

Sampaio na 2ª divisão

Eu já sabia

O Sampaio Corrêa poderia até perder em Macaé por um gol de diferença, mas conseguiu um empate na noite deste domingo e saiu do Estádio Cláudio Moacyr com o status de time de Série B. O time da casa chegou a abrir o placar no segundo minuto da etapa final, com cabeçada de William. Mas o Sampaio foi à luta e, depois de grande jogada e cruzamento rasteiro de Cleitinho, Eloir chutou de primeira para deixar tudo igual. O placar de 1×1 colocou a cidade de São Luís em festa, certamente tomada por bolivianos que não deixarão nem tão cedo as ruas da capital do Maranhão.
O Tubarão voltou à Segunda Divisão nacional depois de 11 anos fora, desde que foi rebaixado para a Série C em 2002. A partir de agora, o time maranhense vai em busca de seu quarto título nacional. Campeão da Série B em 1972, da C em 1997 e da D em 2012, o Sampaio quer provar mais uma vez sua vocação para levantar troféus. Na fase semifinal, o time maranhense enfrenta o vencedor do confronto Treze x Vila Nova, que terá sua partida de volta neste domingo depois de vitória trezeana no primeiro jogo por 1×0.
Já o Alvianil Praiano bate na trave e, pela segunda vez, deixa escapar o acesso na fase decisiva. Em 2010, os macaenses perderam vaga na Série B para o Criciúma, também nas quartas-de-finais.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

O MARACA É DELE: HERNANE FAZ TRÊS GOLS, E FLA GOLEIA E ELIMINA O BOTAFOGO

Maracanã e Hernane têm uma relação muito íntima. É como uma atração incontrolável. A bola parece ter um ímã que a faz procurar a chuteira do atacante. E, mesmo que ela pare na perna que não é a boa, que o chute saia mascado, ou mesmo venha pelo alto, não tem jeito: a rede balança. Com o pé esquerdo e de cabeça, o Brocador fez três gols - ainda sofreu o pênalti convertido por Léo Moura - na vitória por 4 a 0 do Flamengo sobre o Botafogo na noite desta quarta-feira.
Em uma das comemorações, o atacante fez um sinal como se jogasse o coração para a torcida. Os rubro-negros, que formaram a grande maioria no estádio, agradecem: o time está classificado para a semifinal da Copa do Brasil. Como a partida de ida terminou 1 a 1, qualquer vitória garantiria a vaga neste que foi o primeiro encontro dos rivais na competição nacional.O Flamengo foi superior e soube explorar bem as jogadas pelo lado esquerdo de seu ataque, principalmente com Paulinho. Contou com a sorte no primeiro gol, é verdade, mas taticamente foi melhor diante de 50.505 pagantes (59.848 presentes). O último gol coube a Léo Moura, aniversariante do dia (35 anos).
Eu conversei com o Léo. Os meninos pediram para eu bater, mas peguei a bola para dar de presente para ele. Para quem não acreditava no Hernane, graças a Deus estou dando alegria para essa torcida. Vou trabalhar para ser sempre decisivo. Meu sentimento, não sei explicar. Sei que minha mãe está muito feliz, porque liguei para ela, e falou para ter calma, que eu seria decisivo. Passei minha meta, que era de 30 gols no ano - afirmou Hernane, autor de 31 gols em 2013, maior número do futebol brasileiro, empatado com Magno Alves, do Ceará.

Os alvinegros, na saída de campo, tentavam explicar a derrota.

- Ninguém esperava esse placar elástico, não fizemos um jogo para tomar de 4 a 0. Vínhamos jogando bem, mas depois do primeiro gol o time não se encontrou. Foi contra-ataque em cima de contra-ataque, e eles aproveitaram as oportunidades - disse Jefferson.

O Fla fará em casa o jogo de volta da semifinal, contra o time que se classificar do confronto entre Vasco e Goiás (que será às 21h desta quinta-feira, no Maracanã). O primeiro jogo foi 2 a 1 para os goianos. Antes de voltar a pensar na Copa do Brasil, porém, o time encara a Portuguesa, no domingo, às 16h, no Castelão, pelo Campeonato Brasileiro. Agora concentrado somente no nacional, o Botafogo recebe o Atlético-MG, sábado, às 18h30m, no Maracanã. 
Hernane gol Flamengo jogo Botafogo Copa do Brasil (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)Hernane indica o placar depois de fazer os três primeiros gols (Foto: Alexandre Cassiano / Ag. O Globo)
O caminho é pela esquerda
Quis Jayme de Almeida que Paulinho caísse mais pelo lado esquerdo. Quis também que Luiz Antonio atuasse mais por aquele lado para ajudar na marcação quando André Santos fosse ao ataque. Deu certo. E deu errado para Gilberto. Substituto do suspenso Edilson, o lateral-direito sofreu. Paulinho costumava voltar até o meio de campo para buscar a bola e quando atacava se garantia no drible ou na velocidade. Já havia ele próprio driblado dois adversários antes de chutar para a defesa de Jefferson.
Mas o atacante recompensado com gol seria outro. No Maracanã parece que há um decreto: no estádio, gol do Flamengo é com o Hernane. É tão impressionante essa simbiose com o estádio, que, mesmo em uma jogada que parece perdida, ela para nos pés do Brocador. Marcelo Mattos tentou afastar a bola, acertou Rafael Marques, e Hernane fez. Já no segundo gol a jogada foi toda de Paulinho, até o goleiro adversário espalmar para o meio. Aí não importa se o chute não é com o pé bom, se a bola toca na grama antes. Na sobra, Hernane marcou.
O Botafogo, atordoado, encontrava dificuldade para criar chances. O 4-2-3-1 dessa vez não funcionou. Rafael Marques, único atacante, voltava. E, quanto voltava, geralmente um dos três meias (Seedorf, Gegê e Lodeiro) se posicionava na frente. A falta de uma referência pesou.
Hernane gol Flamengo jogo Botafogo (Foto: André Durão / Globoesporte.com)Hernane sofre pênalti e deixa Leonardo Moura cobrar (Foto: André Durão / Globoesporte.com)
Artilheiro do Maracanã quer mais
Oswaldo de Oliveira viu que havia um problema sério para segurar a bola no campo ofensivo. Trocou o volante Marcelo Mattos pelo atacante Sassá para dar mais volume na frente. Surtiu efeito. O time começou a ameaçar mais. Atrás, porém, nada parecia mudar. Gilberto não desgrudava de Paulinho. André Santos não estava nem aí para o embate. Avançou pela esquerda, cruzou, e a bola procurou: gol de cabeça de Hernane, o sexto na Copa do Brasil e o 14º no Maracanã - é o artilheiro da competição e do estádio desde a sua reabertura.
O nervosismo tomou conta dos alvinegros. Na arquibancada alguns torcedores começaram a deixar o estádio. E os que ficaram ouviam um sonoro “olé” vindo do lado rubro-negro. Taticamente dava sinais de desorganização. Existia um buraco, bem aproveitado quando Carlos Eduardo tocou na frente para Hernane. Tinha tudo para ser o seu quarto gol, mas Dória o empurrou na área, cometeu o pênalti e foi expulso. De presente, o Brocador entregou a bola para Leonardo Moura cobrar e fazer o quarto.
Os botafoguenses que antes acreditavam começaram a ir embora com 27 minutos. O som vindo do outro lado era cada vez mais provocador. Sem muito o que fazer, o time alvinegro passou a esperar o Flamengo para ter a posse no momento certo, pois a inferioridade numérica e ausência de um zagueiro (e com apenas um volante) pediam cautela. Enquanto isso, os rubro-negros pediam: “mais um, mais um”. O gol não saiu, mas a noite estava completa para eles. Teve até parabéns para Léo Moura quando o árbitro apitou o fim da partida.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Partido de Maragatuno perde um terço do seu tempo de TV com troca-troca partidário


O PDT, aliado de primeira hora dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, é a legenda mais prejudicada pela migração de deputados para os recém-criados Pros e Solidariedade: perdeu 37% do seu tempo de rádio e TV. A deserção coletiva retirou 19,5 de 52,6 segundos que o partido detinha.

A legenda do ministro do Trabalho, Manoel Dias, perdeu
10 deputados que haviam sido eleitos em 2010. Esses congressistas levaram seus preciosos segundos de rádio e TV para os novos partidos, segundo regra definida pelo Tribunal Superior Eleitoral. Quatro deputados foram para o Pros e 6, para o Solidariedade.
Consideradas apenas as legendas médias e grandes, o segundo maior golpe atingiu o PSB, da dobradinha Eduardo Campos e Marina Silva. O partido perdeu 17,1% do seu tempo de rádio e TV, ou 11,7 de seus 68,2 segundos.
Em terceiro vem o PR, de Valdemar Costa Neto, que perdeu 17% do seu tempo: os deputados migrantes carrearam 13,6 de seus 80 segundos.
Beneficiados
Os 76 segundos que sangraram dos partidos antigos alimentarão as 2 novas legendas na praça. Solidariedade, liderado por Paulinho da Força, ficou com 41 segundos. O Pros, do novato Eurípedes Júnior, ganhou os outros 35.
Metodologia
Esse resultado não equivale ao tempo exato que cada legenda terá para utilizar ou negociar na campanha de 2014, mas reflete as mudanças provocadas pelo troca-troca partidário das últimas semanas.
A divisão do tempo de rádio e TV obedece a 2 critérios distintos. Cada bloco do horário gratuito da campanha presidencial tem 25 minutos, ou 1.500 segundos. Dois terços desse tempo (1.000 segundos) são divididos proporcionalmente entre a bancada de cada partido eleita para a Câmara – cerca de 1,95 segundo para cada congressista. Se um deputado eleito em 2010 muda para um partido recém-criado, ele leva consigo seu tempo.
O cálculo deste post considera apenas estes 1.000 segundos. Foi levada em conta uma premissa (apenas para efeito de demonstração): todos os partidos com bancadas eleitas para a Câmara participarão da disputa presidencial com candidato próprio ao Planalto ou em alguma coligação em 2014. Quando uma dessas legendas não tem candidato a presidente, seu tempo é redistribuído entre as demais que participam da disputa.
O terço restante (500 segundos) é dividido igualmente entre as coligações ou candidaturas de partido único que disputarão a campanha de 2014. Como não se sabe quantas coligações serão formadas, é impossível estimar a partilha desse tempo.
Veja abaixo os partidos que perderam tempo de TV para o Pros e o Solidariedade. PC do B, PV, PPS, PRB, PT do B, PSOL, PHS, PRP e PTC não estão representados pois não perderam deputados para as novas legendas. PSL e PRTB perderam tempo, mas hoje não têm mais nenhum deputado na Câmara.

Veja abaixo a lista dos deputados (em exercício ou não) que migraram para o Pros e o Solidariedade. Apenas os que compunham a bancada eleita em 2010 levaram seu tempo de rádio e TV para as novas legendas.




Fonte: Blog Marrapá

Plenário pode votar piso dos agentes de saúde nesta semana

Pauta de votações será definida em reunião de líderes marcada para as 14h30 desta terça.
TV Câmara
Deputados podem votar na quarta-feira o projeto que trata do piso dos agentes comunitários de saúde.
O projeto que estabelece um piso nacional para os agentes comunitários de saúde (PL 7495/06, do Senado) e reajustes anuais é o destaque do Plenário na quarta-feira (23). Nesta terça-feira (22), os deputados podem analisar o novo Código de Processo Civil (CPC) e continuar a votação do projeto de minirreforma eleitoral (PL 6397/13) em sessões extraordinárias.
O texto aprovado pela comissão especial para o salário dos agentes de saúde prevê reajustes anuais de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e aumento real durante três anos com base na variação do Produto Interno Bruto (PIB).
O valor do piso ainda não foi definido pelos deputados. O piso atual, estabelecido por uma portaria do Ministério da Saúde, é de R$ 950. Os agentes, no entanto, querem R$ 1.200.
De autoria do deputado Domingos Dutra (SDD-MA), o substitutivo da comissão especial prevê um repasse adicional do governo federal para estados, Distrito Federal e municípios com o objetivo de fortalecer as políticas relacionadas à ação dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias. O percentual varia de 5% a 15% do valor repassado para pagamento dos salários desses agentes.
Atualmente, o País conta com cerca de 32 mil equipes de Saúde da Família atuando em 5.288 municípios. Os agentes fazem parte dessas equipes.

V EBAM: o Social e o Educativo em Bibliotecas e Museus Latino-Americanos

SÃO LUÍS - A Dimensão Social e Educativa dos Arquivos, Bibliotecas e Museus na América Latina. Este é o tema que marca a discussão do V Encontro Latino-Americano de Bibliotecários, Arquivistas e Museólogos (EBAM) que teve início na manhã desta quarta-feira, 16, na Biblioteca Pública Benedito Leite. O V EBAM propõe potencializar, compartilhar e incentivar a participação dos países que compõem a América Latina, na busca de soluções possíveis, já que as realidades e problemáticas das três áreas são similares.
Esta questão foi apresentada também pela professora do Curso de Biblioteconomia da UFMA, Cenidalva Teixeira, que estava representando o reitor Natalino Salgado, onde ela enfatizou que uma das propostas da gestão atual é promover iniciativas que levem o conhecimento à sociedade, possibilitando o crescimento intelectual da comunidade em todas as suas dimensões, visto que é necessário também, incentivar as pessoas a lerem mais. “A Universidade cresceu tanto na graduação quanto na pós-graduação. Já estamos estudando caminhos que nos levem a implantar um curso de Arquivologista e também de Biblioteca a distância, porque precisamos formar mais profissionais que possam trabalhar pela educação do Estado, além de suprir a carência e a necessidade que ainda existe”, afirmou a professora adiantando que a Universidade já está trabalhando para criar uma Pós-Graduação em Biblioteconomia.
O professor César Castro proferiu, junto com a professora Mary Ferreira, a conferência de abertura mediada pela professora Aldinar Botentuit; e na discussão o professor César ressaltou o papel destas três áreas (Biblioteconomia, Arquivista e Museólogo), destacando a utilização das tecnologias de informação e comunicação, alertando que a utilização destas ferramentas não substitui esses profissionais e sim auxiliam a desenvolver de forma eficaz e rápida o trabalho de cada um desses profissionais.
“As tecnologias facilitam o trabalho desses profissionais, o que garante, de forma prática, o acesso aos documentos e arquivos. A prática da leitura, escrita e interpretação é necessária para a sociedade. Nós bibliotecários, arquivologista e museólogos precisamos incentivar a leitura, manter as portas das bibliotecas abertas, porque nós profissionais da informação só atingimos nossos objetivos quando facilitamos o trabalho da sociedade”, explicou.
Já a professora Mary Ferreira, fez um resgate histórico sobre a primeira Biblioteca Pública, que surgiu na antiguidade, na época de Alexandria e falou da inacessibilidade das bibliotecas que perduram desde as épocas antigas até hoje. “As bibliotecas passaram por quatro revoluções. A Protestante, que contribuiu para a educação; a Francesa, que com o lema Fraternidade, Igualdade e Liberdade contribuiu para a formação de um estado laico, o que contribuiu para a construção de biblioteca; Científica, contribuiu para uma nova forma de pensar e direito ao conhecimento; e a última é a Industrial, que garantiu a ampliação ao acervo das bibliotecas”, explicou a docente afirmando que uma Biblioteca Pública tem o sentido de socializar o conhecimento.
Saiba +
O Encontro Latino-americano de Bibliotecários, Arquivistas e Museólogos (EBAM) foi fundado em setembro de 2009, conjuntamente pela Biblioteca e Arquivo Histórico do Honorável Congresso Nacional (atual Assembleia Legislativa Plurinacional) da Bolívia e pelo Grupo de Estudos Sociais em Biblioteconomia e Documentação - GESBI - (Argentina). O II EBAM, ocorreu entre os dias 9 e 11 de setembro de 2010, em Lima (Peru), e o III EBAM ocorreu entre os dias 14 e 16 de setembro 2011, em La Paz (Bolívia).
Para conhecer mais sobre o EBAM acesse o site vebam.ufma.br.

domingo, 20 de outubro de 2013

População pede

Por conta da grande insegurança no Maranhão, a população pede, por meio das redes sociais, a volta da Operação Tigre, realizada na época do então governador João Alberto de Souza, hoje senador.
A Operação Tigre foi responsável pela morte indiscriminada de criminosos e pessoas sem passagem criminosa em Imperatriz e região, na primeira tentativa de derrotar o crime organizado no Estado, que matou 300 pessoas.
João Alberto

Confusão

Há uma grande confusão entre o secretário de Esporte de São Luís, Raimundo Penha, e a ex-candidata a prefeita da Raposa, Talita Laciv(PCdoB).
Segunda a Coluna Destilando Veneno foi informada, Penha esculhambou Talita, que pediu sua demissão do cargo de superintendente de Esporte do Parque Bom Menino.
Após a saída da comunista, dizem que um bofe foi nomeado em seu lugar.
Eita babado forte!
com  a saida de Talita Laci do cargo seu pai rompeu com o deputado Weverton Rocha e já estar  com um novo dep. federal, André Fufuca è o nome da Fera.


Fonte: Blog Luis Pablo

Crivella Entrega Nova Carteira do Pescador, lança Parques Aquícolas e Fábrica de Ração em Dia de Festa no Maranhão

O PRB (Partido Republicano Brasileiro) lançou oficialmente na tarde deste sábado, 19, o nome do secretário estadual de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, como pré candidato a governador do Maranhão. É o primeiro partido do grupo de 13 legendas a lançar o nome do peemedebista ao governo.O lançamento aconteceu no Encontro Estadual do PRB, realizado no auditório do Rio Poty Hotel, em São Luís. Além do secretário Luis Fernando, participaram do encontro a principal liderança do partido no estado, o deputado federal Cleber Verde, os 24 prefeitos do PRB no estado e a principal referência da legenda no cenário nacional, o ministro da Pesca e Aquicultura, senador Marcelo Crivella.
O Ministério da Pesca e Aquicultura vai implantar quatro novos parques aquícolas no estado do Maranhão. O ministro Marcelo Crivella recebeu neste sábado (19), da Secretaria de Patrimônio da União a cessão das áreas para a implantação dos parques nos municípios de Primeira Cruz, Icatu e Humberto de Campos.

Durante a solenidade na Assembleia Legislativa do Maranhão, que contou com a presença do vice-governador, Washington Luiz de Oliveira, do deputado federal, Cleber Verde, além de outras autoridades, o ministro recebeu do governo do estado a licença ambiental para o cultivo de ostra de mangue nos parques. O MPA aguarda agora a autorização da Marinha e o resultado do Relatório de Detalhamento dos Programas Ambientais – RDPA para lançar os editais de licitação das áreas aquícolas dos parques.
“O Brasil vai ser o maior produtor de ostra de mangue do mundo. O nosso mangue contínuo vai do Amapá até o Maranhão e o descontínuo do Amapá ao Paraná, disse o ministro.

O Maranhão produz hoje 32.525,7 ton/ano de pescado provenientes da aquicultura. Com a implantação destes parques será possível produzir em uma área de 162,80 hectares de lâmina d’ água 6.837,6 toneladas/ano de ostra de mangue.
No evento, o ministro assinou com o governo um Protocolo de Intenções, que prevê que a Secretaria Estadual de Pesca e Aquicultura (SEPAQ) apresente um projeto para a construção de uma fábrica de ração.
Crivella firmou também um Acordo de Cooperação com a SEPAQ para a realização de atividades conjuntas relacionadas à organização do arquivo de processos do Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP) e planejamento de ações para a regularização de pescadores, aquicultores e embarcações pesqueiras no estado.
Crivella Entrega Nova Carteira do Pescador, lança Parques Aquícolas e Fábrica de Ração em Dia de Festa  no Maranhão
Novas Carteiras
Na ocasião, o ministro entregou mais de 500 novas carteiras para os pescadores profissionais que fizeram o recadastramento e assinou com a prefeitura de Imperatriz, no Maranhão, um Protocolo de Intenções para a implantação de um escritório regional do MPA no município.
Crivella Entrega Nova Carteira do Pescador, lança Parques Aquícolas e Fábrica de Ração em Dia de Festa  no Maranhão


sábado, 19 de outubro de 2013

Para você refletir um pouco sobre a vida


Tenha um bom final de semana

A ultima da semana

Quem será os Cinco vereadores da cidade de Raposa, que estiveram no TRE solicitando ajuda para cassar o atual prefeito da cidade, Clodomir Oliveira ?.



Sampaio vence 5X 3

Estádio lotado com 43.502 torcedores e clima de final de Mundial. Assim Sampaio Corrêa e Macaé entraram no gramado do estádio Castelão na noite deste sábado para o primeiro jogo das quartas de final da Série C.
O confronto definiria um dos quatro times que subirão para a Série B em 2014. Neste clima, Sampaio e Macaé fizeram um grande jogo, com oito gols marcados, terminando com a vitória maranhense por 5 a 3.

Prefeito Clodomir implantará plano de cargos e salários, presidente da Câmara faz lobby com situação dos professores

O prefeito do município de Raposa, Clodomir de Oliveira(PRTB), está implantando em um prazo máximo de 90 dias o novo plano de cargos, carreiras e salários para os servidores de diversas áreas do município de Raposa. Dentre as quais, as dos professores. O prefeito se viu na obrigação de agir de tal forma, pois, chegando ao executivo, oito meses atrás, pouca coisa havia sido feito nesse sentido.    
Mas a mercê das negociações com os professores, o presidente da Câmara dos Vereadores, Eudes Barros(PRTB),  está fazendo lobby com a categoria docente de Raposa, que com toda legitimidade pediu pressa na execução do dito tratado entre prefeitura e servidores da educação.
Na sessão do dia 11 ultima sexta-feira, o auditório da Câmara ficou lotado de professores e servidores de várias categorias. Eles estavam reivindicando pressa na execução do Plano de Cargos e Carreiras estabelecido pela atual gestão municipal. Eles também reivindicavam a aprovação imediata do projeto de lei e a sanção por parte dos vereadores, de outros decretos de leis anteriores ao do mandato do prefeito Clodomir Oliveira, que foram engavetados por antigas gestões antes ou enquanto chegaram à Câmara Municipal.
Decreto do poder executivo do município de Raposa, defende construção de comissão para elaboração de projeto do PCCS dos funcionários públicos de raposa com elaboração coletiva e ampla discussão com todos os segmentos envolvidos.  
 


Também na sessão desta sexta-feira, 18, os servidores e professores estiveram mobilizados para pedir para todos os servidores a aprovação do projeto de lei que foi enviado ainda na gestão anterior e que institui o plano de Cargos, Carreiras e Salários. Entre as questões propostas está a precariedade das escolas, a jornada máxima de trabalho dentro da sala de aula. “Apesar de enviar vários ofícios ate a presente data, solicitando manifestação do executivo, ainda não foi colocado em prática do PCCS estabelecido pelo executivo”, afirmou Beka Rodrigues, presidente da ASISMU, a entidade que organiza o movimento. A categoria alega que essa demora considerada pelos educadores contabiliza prejuízos para os servidores, professores e população em geral de Raposa. Na opinião dos professores, há descompromisso da atual gestão com relação ao plano. “viemos pra cá para a câmara municipal em favor deste projeto de lei instituído pelo próprio executivo, O qual a câmara não votou ano passado e temos a intenção de pressionar os poderes para a correta efetivação do mesmo visto que o plano ratifica os direitos salariais dos servidores” esclareceu a professora Geny, da rede de ensino municipal.
fruto de termo de ajustamento de conduta assinado no ministério publico, O PCCS já foi implantado com relação a  sua primeira etapa. Os professores e servidores manifestantes alegam que a prefeitura fez o concurso público conforme previsto no TAC, mas ainda não cumpriu a outra parte do plano que comtempla os direitos isonômicos.  Eles querem agora que o projeto seja enviado para as comissões e posteriormente levar para a apreciação em plenário. Os docentes também denunciam que a maioria dos vereadores desconhecia o projeto.
Outra reclamação dos manifestantes é o enquadramento de professores de 20 horas a 16 anos por não terem graduação. Por esse motivo eles ficam de fora da garantia de gratificação, progressão horizontal e quinquênio. “Queremos correção com base na isonomia” resume Beka.
Francisco Manoel, servidor do município de Raposa, está esperançoso que o prefeito vai antecipar o PCCS e destacou que os servidores estão reunidos com alguns colegas da saúde dando as mãos para unir as forças e lutar pelos direitos na educação, quede acordo com os manifestantes tem as mesmas causas voltadas para a área da saúde.
Todos acompanharam o discurso dos vereadores e deixaram claro que não é nada pessoal contra o prefeito.

INVERSÃO DE VALORES

“Diante de uma polícia acuada, os arruaceiros se fortalecem e surgem mais violentos e destemidos do que no início dos protestos”.


Sem deixar de credibilizar certa razão ao chamamento de uma das matérias de uma das revistas semanais brasileira, o fato é que “Black Blocs = mascarados vestidos de preto” espalharam pânicos nas duas maiores cidades do país – São Paulo e Rio de Janeiro, na semana passada, causando a destruição de lojas, agências bancárias, viaturas oficiais da polícia, ônibus e órgãos públicos, além de produzirem quebra-quebra em tudo que encontravam pela frente.
Armados com coquetéis molotov, martelos, esferas de aço (lançadas contra a polícia) por meio de estilingue, rojões-morteiros (reforçados com bolas de gude), gritavam “não estudou, tem que estudar, para não virar polícia militar”.
O governo afrouxou os protocolos relativos às manifestações, proibiu policiais militares de utilizarem seus equipamentos (balas de borracha) em razão do receio do julgamento da opinião pública, o que fez crescer a audácia de arruaceiros e marginais que acabaram encurralando a polícia e invadiram o prédio do poder legislativo carioca e impediu o direito constitucional das pessoas de ir e vir às ruas, com temor de serem vitimados.
Ora, meus senhores e senhoras, não se pode confundir democracia com anarquia, se a polícia não pode desempenhar suas atividades e defender o estado democrático de direito, para que polícia?
Evidentemente aqui não falo dos excessos cometidos por alguns componentes da instituição em algumas situações e aqui chamo a atenção para questionar: quais integrantes das diversas atividades humanas não erram? Diariamente os meios de comunicação de massa nos informam de erros de toda a ordem e nem por isso os demais integrantes de uma instituição ou de uma atividade, são responsabilizados pelos outros. Agora quando é a polícia, em geral todos generalizam.
Em todo o mundo, os protocolos no que tange as manifestações são obrigatórios, exatamente para propiciar a polícia organizar-se, preparar-se e defender as pessoas, assim deveria funcionar no Brasil, como funciona em qualquer parte do mundo.
Na Europa é inconcebível que democracias possam ser ameaçadas por grupos que impeça o ir e vir das pessoas, pixem e invadam prédios públicos, promovam quebra-quebra de agências bancárias, lojas, e destruam bens do patrimônio público, a pretexto de qualquer tipo de reivindicação.
 As manifestações embora frequentes em países europeus possuem regras fixas (solicitações antecipadas, identificação de lideranças, horários e locais onde acontecerão e dependem da autorização de quem de direito). Se por ventura as autoridades, inclusive a polícia estimarem que a manifestação constitua ameaça grave a ordem pública ou que o aparato policial não está apto a garantir a segurança, ela não é autorizada; não confundamos esta situação como um desrespeito a constituição.
Onde está o cumprimento da proibição do uso de máscaras nos movimentos? Falta autoridade para fazer cumprir a determinação? Então para que proibiram?
Estamos concordando com uma verdadeira inversão de valores, a polícia acuada, desmotivada e temerosa de seus limites, tudo isso em razão de que alguns gestores não quererem “ficar mal na fita”, querem posar de “bom moço”, afinal aproximam-se mais uma vez as eleições.
Cassetetes, tasers, balas de borracha, bombas de gás lacrimogênio fazem parte dos equipamentos de policiais treinados para conter multidões, eliminá-los ou proibi-los é o mesmo que um cidadão deixar a porta de sua casa aberta à noite quando for dormir.
Esperar que policiais recebam pedradas, sejam vitimados, sejam lesionados em manifestações ou em qualquer atividade, por vândalos e criminosos que querem apenas criar baderna, confusões e cometerem delitos; com ordens superiores hierárquicas de que mantenham a calma e não revidem, sem sombra de dúvidas é uma verdadeira inversão de valores.
É necessário que as autoridades, principalmente aquelas que disparam ordens dos gabinetes, cercadas e garantidas em suas integridades físicas em geral por também policiais, não se esqueçam de que a lei da física é cristalina: para cada ação em geral há uma reação.
Recuperar urgentemente o poder e o moral da polícia em momento nenhum vai de encontro ao estado democrático de direito, afinal de contas volto a enfatizar: democracia não é anarquia.
Transcrevendo o posicionamento de Mario Sabino (Veja, edição 2.343, nº 42 de 16Out2013, página 65): As insurreições no Ocidente – contra reis tiranos, metrópoles coloniais, ditaduras ou invasores estrangeiros – foram um fator decisivo para a construção da democracia. O seu sucedâneo, numa escala que se diria evolutiva, são as manifestações pacíficas (grifo nosso), como forma de pressão sobre os representantes do povo nos poderes constituídos. No berço do Ocidente, elas são asseguradas pelo artigo 10 da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão e pela Convenção Europeia dos Direitos Humanos. A redação desta última é exemplar: “A liberdade de manifestar a sua religião ou as suas convicções não pode ser objeto de restrições que não aquelas que, previstas em lei, são necessárias, em uma sociedade democrática, para a manutenção da segurança, a proteção da ordem, a saúde ou a moral públicas, ou a proteção dos direitos e das liberdades dos demais indivíduos. Ou seja, insurreições na plena vigência do estado de direito não passam de tentativa de destruição do arcabouço democrático e, por isso, devem ser reprimidas. Nos países civilizados, insurreição é um conceito que se estende do enfrentamento armado com as forças da ordem à desobediência constante aos marcos reguladores das manifestações legítimas. Marcos que, no caso específico das passeatas, visam que a liberdade de expressão não se sobreponha a outra liberdade fundamental: a de ir e vir de todos os cidadãos (grifo nosso).
Não creio que esta não é a opinião da grande maioria dos brasileiros..
Fonte:Ten Cel QOPM/PMMA Carlos Augusto Furtado Moreira
Especialista em Gestão Estratégica em Defesa Social
Pós-graduado em Superior de Polícia e Aperfeiçoamento de Oficiais
Licenciado em História e Bacharel em Direito

DELEGADO FRANCISCO CARDOSO CONCEDE ENTREVISTA AO BLOG A VOZ DA RAPOSA


Drº. Cardoso no meio de uma manifestação de motoqueiros na Raposa em exercício da profissão 
Entrevistou com exclusividade o delegado Francisco Cardoso de Sousa, que contou detalhes de sua formação profissional, falou das dificuldades que a segurança publica enfrenta, seu amor pela profissão e desabafou contra os órgãos que na opinião do delegado, não atuam como deveriam, prejudicando a sociedade. 
Delegado Francisco chefia a policia civil de Raposa há seis anos e se considera um defensor da lei em fim de carreira pelo fato de já estar quase se aposentando. Tendo Ido e voltado sem indicação política, já passou por Raposa três oportunidades, e é onde está agora. Em sua primeira gestão considerou o trabalho mais fácil e agora tudo é mais complexo, principalmente com o advento do craque, quando a coisa piorou consideravelmente. Está em raposa por opção própria, pois se identificou com o município. Delegado Francisco já tem tempo de serviço suficiente para se aposentar, mas ainda não entrou com requeri mento solicitando a aposentadoria. Pois ama a profissão.
Vamos à entrevista com o delegado: 

BLOG: COMO É A SEGURANÇA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE RAPOSA?
DELEGADO: Raposa é um lugar desafiador, complicado, aqui tem muito tráfico de drogas.  A geografia marítima facilita muito isso.  Trafico e roubo são os piores problemas de Raposa. Presos de Raposa quando sai do sistema penitenciário fazem amizade laso que ‘peça ruim’. É muito desafiador para nós que não temos uma logística boa. Carros descaracterizados, efetivo suficiente, infraestrutura, você aqui nosso ambiente de trabalho mais parece um banheiro.  Estamos praticamente jogados aqui. Mas nós temos combatido a criminalidade na medida do possível.
  
BLOG: O QUE COMOVE UM DELEGADO DE POLICIA?
DELEGADO: As pessoas às vezes não entendem mais o policial é gente e, portanto também tem sentimentos. Logicamente. Ele tem muitos medos. Ele não quer atirar pra matar. Quer preservar as vidas. Quer dizer, os honestos. Se o bandido tiver armado tem que reagir mesmo na legitima defesa.  Pode ate atirar e o policial em fim de carreira não deve ir para a corregedoria. Mas o que mais comove mesmo na vida de um delegado é ver pessoas em situação de entorpecentes. A desagregação das famílias vitimadas pelo crack. Aqui mesmo na Raposa, estamos acompanhando o caso de um rapaz vitimado pelo craque, que já está totalmente envolvido pela substancia, pois o craque é uma droga avassaladora que vicia muito mais rápido que os demais entorpecentes. Nos tomamos conhecendo que este rapaz, um menino bom , trabalhador, estava furtando as coisas de casa para roubar e assim adquirir poder aquisitivo para conseguir usufruir seu vicio pelo craque. Chegamos a sua residência, ele se encontrava deitado, chorando, pedindo ajuda. Ele quer sair, mas não consegue. Vendeu a televisão dos filhos garotos para comprar drogas. Um rapaz honesto, trabalhador, de família, inteligente e trabalhador chegar numa situação dessas. Isso nos deixa muito triste. Nos angustia também os vendedores quando estes não são punidos rigorosamente. Quem lucra é o traficante maior e isso tem que acabar. Vez por outra a gente consegue pegar um bandido desse.

BLOG: E O TRABALHO DESENVOLVIDO PELA DELEGACIA CIVIL NESSE SENTIDO:
DELEGADO: tem sido árduo. Demais. E muito sacrificante. Não pela profissão que é muito honrosa, mas, friso mais uma vez a falta de condições logísticas. Mas temos nos esforçado bastante. O pai de família vem, a gente conversa com eles. E na medida do possível tenta fazer ate um trabalho preventivo, que é sempre o correto. Acho errado existirem clinicas para reabilitação. Se existem clinicas é porque existe quem tenha que ser reabilitado. E o correto era cortar o mal pela raiz. Não com relação a um pobre coitado que se acaba consumindo passar o resto da vida na cadeia, mas o verdadeiro traficante que é quem comercializa, é quem leva essa droga para o seio da sociedade, é no combate e na erradicação desse instrumento inclusive quebrando o capital deles. No mais, só nos resta aconselhar, fazer as patrulhas que fazemos sempre e reabilitar, pois a mal já este feito.  A gente faz o que pode, mas a coisa está difícil. 

BLOG: QUAL NOTA O SENHOR DA PARA A SEGURANÇA PÚBLICA:
DELEGADO: Nota 6. E em todos os âmbitos: municipal, nacional e no mundo todo. Em nível de Brasil então, nem se fala, acho que já tem ate arrependimento por parte de quem colocou nosso País como pais-sede de trazer esses megaeventos para cá, pois a segurança esta ruim. A nível local esta uma calamidade também.

BLOG: O QUE O SENHOR ACHOU DESSE PÂNICO QUE SE INSTALOU EM SÃO LUIS?
DELEGADO: houve um alarde maior do que se deveria ter acontecido. Mas na verdade mostrou que a segurança publica tem uma dificuldade sim e muitas coisas tem que ser repensadas. É logico que houve a maldade de muitos. Espalhando boatos maldosos, mas naquele momento se você gritasse ladroa qualquer um cidadão de bem sairia correndo apavorado. Os empresários ficaram com medo.  A cidade ficou com medo, a cidade parou.

BLOG: A PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE NO PAPEL DA SEGURANÇA PUBLICA EM RAPOSA:
DELEGADO Foi criado um conselho de segurança que nunca se instaurou de verdade. Ta devagar. Ninguém participa, nunca funcionou a contento. Deveria haver por parte da sociedade uma sensibilidade de querer nos ajudar, não precisa se preocupar, vamos preservar as denuncias, as que chegam são pequenas, de fumaça, que tem boca de fumo, mas não se da detalhes e tem desinteresse da população.  Tem que analisar as informações fazer peneira e triagem das desinformações. O conselho é devagar demais e não tem nem sede pra funcionar e esses conselhos tem pouco resultado aqui na Raposa, na Divineia ate sim, funciona, também no coroadinho também, mas nos demais como Raposa o resultado não é bom. Já o conselho tutelar e bom e atuante. 

BLOG, E AS IGREJAS:
DELEGADO, Nunca ofereceram oportunidade de se integrar com a policia. É importante à polícia fazer uma triagem nenhuma se dispôs a vir aqui e colaborar alguns casos onde ajudaríamos. O CAPS da prefeitura também nunca nos procurou. Inclusive existem muitos órgãos que eu acho desnecessários do ponto de vista pratico. Essas verbas às vezes caem nas mãos de políticos desonestos e vira uma bola de neve o governo não está muito correto em politica de internação tem é que endurecer a lei e punir rigorosamente.

BLOG, O SENHOR GOSTARIA DE MUDAR UMA COISA NA SOCIEDADE?
DELEGADO: a modernidade não acompanhou o respeito. A tv e a internet estão sendo muito mal empregados nesse sentido. O cara fica isolado na família não fala com pai nem com mãe. Desrespeito está grande. Aluno não respeita professor. Professor tem é medo do aluno.  No final, pode tender para a criminalidade. Eu  mudaria o mundo na questão do respeito de uns aos outros. 

BLOG, RECADO PARA A JUVENTUDE:
DELEGADO? Que se engaje sempre em coisas boas. Nunca se deixe levar por opiniões de amigos, aventureiros, que pode experimentar isso aquilo, que não vai dar em nada. A policia esta ai para fazer o seu papel e eu só posso pedir a essa juventude que respeite seu pai e respeite sua mãe, queira o bem da sociedade e tudo vai dar certo no final.

SESC Raposa

O departamento Regional do SESC no Maranhão, estar promovendo por meio da Atividade Ação Comunitaria o mini curso de Liderança e Desenvolvimento Comunitária.
Esta ação busca capacitar as lideranças comunitárias, promovendo a discussão, estimulando práticas de cidadania e gestão participativa, contribuindo para o fortalecimento e qualificação das  organizações locais.
O curso estar sendo realizado de 14 a 25 de outubro de 2013, no SESC Comunidade, no bairro do Inhaúma- Raposa. 

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

José Antonio da Raposa, celebra aniversário com muita alegria

Em uma festa com amigos e familiares Zé Antonio celebrou seu aniversário na noite de sábado,(12) Veja nas imagens..





















Como não poderia ser diferente, a comemoração de aniversário de um dos maiores empresario do ramo de pesca da Raposa  foi sucesso absoluto! Muita gente bonita, descolada,gerações várias e todos com um só propósito: muita alegria .
Uma noite com esplendorosas com boa comida, excelentes bebidas.
Os eleitos e privilegiados á participar destes eventos  estão sempre ansiosos esperendo pelo próximo.