segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Padre Reginaldo concede entrevista ao blog A Voz da Raposa

Principal sacerdote católico do município de Raposa, o padre Reginaldo, quatro anos a frente da Paróquia de São Pedro Apóstolo, vai de encontro à indicação da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) de que o incentivo às Comunidades de Base pode ajudar a igreja a olhar pelo lado social da comunidade povo de Deus, como ele mesmo chama. Para padre Reginaldo, a Igreja Católica entende que seu papel é o de salvar almas para Jesus, mas não existe alma penada, “a alma esta ligada a um Corpo, que come que dorme, que ela vê, que quer uma vida Melhor, uma vida mais digna”. Nesta entrevista o sacerdote nos relata sobre os dogmas da fé religiosa, falando sobre sua vida, ministério, projetos missionários, e também  narra vários episódios do cotidiano da igreja raposense que contribuíram para o surgimento da paróquia, os movimentos e ações sociais as quais a igreja colabora. Em uma tarde agradável do meio de semana, em meio a tantos afazeres com as novenas solenes do tempo litúrgico do pré-advento, padre Reginaldo recebe o Blog A Voz da Raposa para uma entrevista breve porém muito cativante, sobre o carisma da Igreja Católica na cidade de Raposa e a atuação da mesma no combate ao mundo das drogas e das desigualdades como um todo. Vamos à entrevista com padre Reginaldo:  
BLOG: Padre Reginaldo, qual sua ordem religiosa na Igreja Católica?
Padre Reginaldo: Dentro da Igreja Católica nós temos duas vertentes de sacerdócio: temos a ordem religiosa, como é a calabriana, por exemplo... E tem os padres diocesanos que estão diretamente ligados a diocese. Eu pertenço aos diocesanos. Antigamente chamados padres seculares. Termo este que caiu em desuso, pois secular é um termo muito pejorativo.  Eu atuo como padre diocesano.
BLOG: O senhor tem quantos anos de celibato?
Padre Reginaldo: Bom, na verdade nos temos cinco anos de ordenado. O convite para os padres é vivenciar o celibato. Fui ordenado no dia 28 de setembro de 2008.
BLOG: Em que ano o senhor assumiu a paróquia de São Pedro Apostolo?
Padre Reginaldo: Em 2010, mais precisamente no dia 17 de abril de 2010, quando o então padre Biné, hoje Dom Biné, veio e me deu posse para assumir a paróquia de São Pedro Apóstolo. Já estou a mais de três anos no paroquiado local e nos encaminhando para os quatro anos.
BLOG: Quantos padres já passaram pela paróquia São Pedro Apóstolo e quem eram eles?
Padre Reginaldo: Muitos padres já passaram por aqui. Antigamente a nossa paróquia era atendida pelo santuário de São Jose de Ribamar.  Padre Adriano, padre Gino, vários padres, contabilizando provavelmente devem ter passado uns dez padres. Eu me lembro de alguns, padre Bráulio passou por aqui. Depois que São José de Ribamar entregou a paróquia, a nossa igreja passou a ser administrada pela paróquia Nossa Senhora da Luz de Paço do Lumiar. Vários padres de lá fizeram acompanhamento em nossa paróquia. Finalmente no dia 10 de março de 2001 a nossa paróquia foi constituída e recebeu esse titulo. O primeiro pároco foi o padre Edson Gusmão, que teve sua passagem rápida por volta de um ano, após o padre Edson chegou o padre Benedito Araújo que ficou seis meses em um período muito agradável para os paroquianos de Raposa.  Depois padre Osvaldo Lopes, recém-ordenado veio para cá e logo após veio padre João Benedito, de forma rápida pelo município de Raposa. Padre Garcia que passou por aqui cerca de três meses, e logo em seguida eu, que estou eu estou completando quatro anos aqui em Raposa com a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo.
BLOG: hoje a igreja São Pedro Apostolo abrange e cobre quantas comunidades e quais são elas?
Padre Reginaldo: Atualmente nos temos quinze comunidades. Praticamente estamos presentes em todos os bairros de Raposa. A nossa paróquia é dividida em três setores: setor são Pedro apostolo, que abrange Nossa Senhora dos navegantes no Garrancho, comunidade São João Batista, Porto do Braga, e a comunidade São Pedro Apóstolo que fica na matriz no centro da cidade, o segundo setor nos chamamos São Tiago: que abrange as comunidades Nossa Senhora das Graças em Juçara, Nossa Senhora de Nazaré na Vila Bom Viver, São Conrado do Jardim das oliveiras, Nossa Senhora da Conceição da Vila Maresia , Santo Antônio da Itapeua , Caolho, e por fim nos temos o nosso terceiro setor pastoral: setor São João Evangelista que abrange as comunidades Santa Filomena no Araçagi, São Francisco da Vila Boa Esperança, Nossa senhora da Vitória do Alto do Faról, Santa Maria do Cumbique e Nossa Senhora do Guadalupe do bairro Cristo Rei.
BLOG: Quais as principais atividades realizadas pela comunidade católica da cidade de raposa com relação ao trabalho da igreja?
Padre Reginaldo: Vários trabalhos estão sendo realizados pela igreja católica em Raposa. Fazemos por exemplo a belíssima caminhada da paz onde convocamos os cristãos a clamarem pela paz e dizerem que não queremos violência. Outra atividade que nós destacamos é a Semana Santa, onde fazemos a memória da ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Há também o dia das mulheres e o festejo de São Pedro Apostolo, nosso padroeiro, que acontece sempre no finalzinho de junho e inicio de julho . Nós da igreja católica primamos muito pelo lado social e a consciência social. Fazemos seminários de conscientização entre outros também temos a cantata natalina e podemos destacar tantas outras enquanto paróquia de São Pedro Apóstolo.
BLOG: Fale-nos sobre os projetos futuros com mais ênfase na campanha da fraternidade:
Padre Reginaldo: O tema da CF 2014 é muito preocupante para a sociedade: o trafico de pessoas humanas que esta diretamente ligada à questão política eleitoral, ou seja, políticas públicas voltadas para o assunto, e faremos vários seminários a respeito no sentido de conscientizar a população e convocar o povo de Deus para o debate esclarecido sobre as questões sociais. Esta no projeto da igreja ano que vem colocar os esclarecimentos sobre a boa escolha de nossos representantes e tem uma proposta extensa é rever a estrutura paroquial. A CNBB acredita que a comunidade é a base. E nos também acreditamos.
BLOG: Padre Reginaldo fale sobre a comunidade nas comunidades:
Padre Reginaldo: A CNBB tem um projeto de evangelização para quatro anos. Para cada ano trabalha uma temática diferente: na questão da paroquialidade, dentro tem as comunidades, as bases, pois na comunidade esta a integridade, o humano da pessoa, então a igreja propõe que façamos a evangelização nas casas, nas famílias, na comunidade.
BLOG: Como nós sabemos, Igreja católica do Brasil tem um lado social muito forte participando dos movimentos sociais e das atitudes das mudanças importantes do País, como a igreja de Raposa vem trabalhando o social no município?
Padre Reginaldo: Estamos presentes em muitas atividades sociais, nós temos representantes, estamos presentes no Conselho municipal dos direitos da criança e do adolescente, conselho municipal da saúde, fórum das entidades civis da Raposa, comissão dos diretos humanos dentro de Raposa que esta tentando resgatar os valores dos direitos humanos em Raposa. Estamos presentes em varias atividades sociais. Recentemente Várias reuniões e esclarecimentos sobre o que é o PPA (Plano Pluri Anual), demos assim com muita satisfação uma grande contribuição para a gestão do atual prefeito Clodomir. Resumidamente, a igreja católica entende que devemos salvar almas para Jesus, mas não existe alma penada, a alma esta ligada a um corpo, que come, que dorme, que ela vê, que quer uma vida melhor, uma vida mais digna, associada à alma, está um corpo, então a igreja católica não quer só apenas salvar almas, quer também salvar a integridade da pessoa que e corpo e alma.
BLOG: Qual o Trabalho realmente desenvolvido, quando nós sabemos que a cidade tem hoje um grande numero de usuário de crack e outras drogas, para ajudar a mudar esse quadro?
Padre Reginaldo: Na sua estrutura geral a igreja tem quatro momentos fortes que nós chamamos primordiais para a evangelização: a gente aproveita esses quatro momentos para conscientizar a comunidade do povo de Deus em geral: tempo do advento onde formamos pequenos grupos para celebrar o advento nas famílias, o segundo momento é o período quaresmal, celebramos nas famílias, outros momentos são os temáticos: agosto, mês vocacional, setembro mês da Bíblia e outubro, mês das missões, vamos às famílias celebrar e conscientizar. Aproveitamos para conscientizar fazendo o trabalho de evangelismo nas famílias.
Recentemente nossa igreja esta organizando uma Associação dos amigos de São Pedro Apostolo, pois sabemos que se não tivermos uma associação registrada é muito mais complicado será acolhido pelos projetos sociais do governo federal e tantos outros voltados para o trabalho social nas comunidades. Mas o processo já está bem adiantado. A nossa Igreja muitas vezes se sente frágil nesse sentido, por falta de uma boa assessoria e de material humano. Nós, no entanto encaramos todos os desafios com muita fé em Deus e vamos trabalhando de acordo com nossa capacidade.
A igreja esta presente nesses momentos celebrativos e graças a Deus nos temos salvado muitas almas e muitos jovens que estão fora do mundo das drogas em virtude de nosso trabalho evangelizador.
BLOG: Gostaríamos que o senhor falasse para nossos leitores sobre o projeto inovador da igreja católica em Raposa, a Missa de rua:
Padre Reginaldo: É um projeto espelhado e fundamentado na pessoa de Jesus Cristo. Nós sabemos que Jesus Cristo foi ao encontro das pessoas fragilizadas, decepcionadas, e devolvendo a elas a esperança. A Igreja Católica de Raposa também motivada por este exemplo de Jesus quer sair do templo, da estrutura do templo, para ir ao encontro das pessoas. Percebemos a emoção das pessoas, ao ver ali a presença da Eucaristia. Retomamos este projeto que não é algo novo, apenas retomamos um projeto que expande e esclarece a proposta da igreja católica em suas vidas. O primeiro objetivo é levar o evangelho para quem não pode vir na igreja e o segundo objetivo é esclarecer que a nossa doutrina que adora, que a e quer Nosso Senhor Jesus Cristo como nosso verdadeiro Rei e Salvador.
BLOG: Pe. Reginaldo, deixe uma mensagem para as famílias Raposenses:
Padre Reginaldo: Nossa mensagem é que nós possamos fazer uma grande frente de aliança, temos muitas igrejas, tendências religiosas, porém cada uma trabalhando de forma isolada, mas que nós possamos deixar de lado as divergências religiosas, e tentar viver o bem maior do cidadão e da cidadã raposense, a mensagem de bênção e saúde também se estende aos nossos administradores, os homens públicos, as mulheres publicas, pois acreditamos que esses homens e mulheres deverão estar sempre iluminados pela sabedoria do Espírito Santo. Então nós também nos colocamos a disposição enquanto Igreja Católica para fazer parceria com a gestão municipal pra juntos darmos as mãos e tentarmos com a nossa reta intenção melhorar cada vez mais a vida dos Raposenses, desta bela cidade que eu escolhi como cidade para viver e também para exercer meu trabalho de sacerdócio. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.