sexta-feira, 22 de novembro de 2013

PM prende suspeito de envolvimento no duplo homicídio de irmãos empresários na BR

Policiais militares do Serviço de Inteligência do 6º BPM prenderam, na quinta-feira (21), quatro pessoas por receptação, porte ilegal de arma e formação de quadrilha no município de São José de Ribamar. Na ação, foram presos Erinaldo Almeida Soeiro, de 22 anos, Renderson Pestana de Assis, 21 anos, Alexsandro Pestana de Assis, 23 anos, e Márcia Ferreira Vieira, 18 anos.
Segundo informações policiais, Erinaldo Soeiro é suspeito de envolvimento no duplo homicídio que vitimou os empresários e irmãos, José Mauro Alves Queiroz, de 57 anos, e José Queiroz Filho, 68. O crime ocorreu no dia 11 de janeiro de 2012 no interior da empresa Replub Ltda, especializada na compra e venda de óleo reciclado, localizada no Distrito Industrial de São Luís. A investigação do caso ficou sob a responsabilidade do delegado Roberto Vagner Leite.

Prisões
O quarteto foi preso no Residencial Nova Era, na Rua Capricórnio, Quadra 34, nº 36, em São José de Ribamar. Eles são suspeitos de praticar vários crimes naquele município.
Na casa, foram apreendidas duas motocicletas, sendo uma Honda de cor vermelha, com placas NXQ-9180 e uma Honda CG 125 de cor preta e placas NWY-7857, uma espingarda calibre 12, pólvora, carregador de pistol, dois capacetes; anéis, pulseira, cordão, quatro peças de motocicletas, uma placa de veículo e a carteira de trabalho de Renderson Pestana de Assis.
Erinaldo, Renderson, Alexsandro e Márcia foram encaminhados à Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRF) e foram autuados em flagrante delito pelo delegado Paulo Roberto Hertel. Eles foram encaminhados ao Centro de Triagem em Pedrinhas.

O crime dos empresários
Na tarde do dia 11 de janeiro de 2012, um homem em uma motocicleta Honda preta chegou ao vigilante da empresa dizendo que queria comprar óleo. O vigilante chamou um dos sócios. Ambos foram rendidos pelo homem que pediu que os levassem a um dos irmãos.
No escritório onde se encontrava as vítimas, o executor efetuou um disparo de arma de fogo contra o José Mauro e dois disparos contra o José Queiroz. Um sobrinho da vítima, também se encontrava no local no momento do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.