quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Polícias realizam diligências a fim de localizar envolvidos na explosão do caixa eletrônico em Axixá

Equipes da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar em conjunto com a Polícia Civil continuam em diligências a fim de identificar e capturar os envolvidos na explosão do caixa eletrônico do Bradesco, localizado na Avenida José Sarney, Centro de Axixá. Segundo informações policiais, a ação criminosa teria ocorrido na madrugada desta quinta-feira (7). Na fuga, os criminosos abandonaram um veículo Hyundai Tucson, que tinha sido tomado de assalto horas antes. 
Ainda de acordo com informações policiais, o veículo roubado pertencia a uma emissora de televisão e havia sido levado por volta de 1h da madrugada. Durante o assalto, as vítimas foram feitas de reféns e levadas até o povoado Videl, no município de Bacabeira, onde foram abandonados em uma estrada vicinal. Após buscas na BR - 402, os policiais conseguiram localizar o veículo próximo ao povoado Bom Tempo, no município de Rosário.
Com o veículo roubado os assaltantes se deslocaram para a cidade de Axixá e por volta das 3h, invadiram o posto do Bradesco, localizado na Av. José Sarney, s/n. O grupo usou dinamite para explodir o caixa eletrônico no local, porém, o cofre não foi afetado, somente o painel do terminal.
Os criminosos não conseguiram roubar o dinheiro do caixa eletrônico. No local foram encontradas duas cápsulas de projéteis, sendo uma de pistola calibre 380mm e o outra de um revólver, calibre 38.
Testemunhas contaram que os criminosos ainda efetuaram vários disparos de arma de fogo na tentativa de abrir o caixa eletrônico. Ao perceber a explosão, os militares se deslocaram imediatamente para o local, porém os assaltantes já haviam empreendido fuga.
A polícia descobriu ainda que o bando havia tentado cometer outro assalto, desta vez no povoado de Rancho Papoco, em Bacabeira. O intuito do bando era roubar o veículo VW Saveiro, de placas NAR 8068. A ação foi frustrada devido a habilidade do condutor da Saveiro, que conseguiu empreender fuga e retornar a Santa Rita.
O comandante da 7ª Companhia Independente, major Roberto Moreira,  disse que além de policiais da unidade, equipes das cidades de Morros, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Bacabeira e Santa Rita também reforçam as buscas.
A delegada Regina França, da Delegacia Regional de Rosário, ouviu nesta manhã as vítimas dos veículos que foram mantidas como reféns pelos criminosos. Após os prestar depoimento, as vítimas foram liberadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.