quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Rodoviários vão buscar soluções para insegurança no Ministério do Trabalho

Sindicato dos Rodoviários vai entrar com uma ação civil pública  no Ministério Público do Trabalho contra o Governo do Estado do Maranhão, para buscar soluções imediatas para os problemas de segurança enfrentados pela categoria.
 Segundo o secretário administrativo do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Maranhão (Sttrema) Isaías Castelo Branco, na próxima semana os representantes do sindicato devem se reunir com os usuários do transporte público de São Luís e região metropolitana, após a reunião eles devem entrar com outra ação no Ministério Público do Consumidor.
Na tarde desta quinta-feira (7) uma assembleia seria realizada para definir sobre uma possível paralisação de advertência, mas o número de trabalhadores foi de acordo com representantes da categoria insuficiente, aproximadamente 30 trabalhadores participaram da reunião.
Isaías Castelo Branco disse ainda que os poucos trabalhadores que compareceram a reunião, insistiram querendo realizar paralisação de advertência, porém ele acredita que as reivindicações podem ser resolvidas de outra forma.

“Os poucos trabalhadores que compareceram a reunião querem fazer a paralisação, porém nós queremos dá outra resposta a eles para evitarem a paralisação, estamos procurando uma resposta jurista” disse Isaias Castelo.
ASSALTOS
Só este ano houve 625 registros de assaltos, quatro só na noite de quarta-feira (6). Os coletivos que fazem as linhas Vila Esperança, Cruzeiro do Anil, Vila Embratel e Cidade Operária, foram os novos alvos.

Todos os crimes tiveram as mesmas características. Homens armados com revólveres entraram nos coletivos e em seguida anunciaram o assalto. Após renderam os cobradores e o motorista, levaram toda a renda do coletivo, e mais dinheiro e objetos pessoais dos passageiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.