terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Deputado estava dirigindo em alta velocidade e bêbado, diz militar do GTA

Um dos oito militares que participaram da abordagem ao deputado Carlos Filho (PV) na noite de domingo na avenida dos Holandeses desmentiu a versão dada pelo parlamentar.
Carlos Filho informou ao blog por telefone que fora abordado nas proximidades da Citroen por oito militares do GTA que estavam de armas em punhos e reclamou ter sido humilhado, mesmo depois de ter se identificado como deputado e ex-genro da governadora Roseana Sarney.
O militar disse ao blog que o político estava dirigindo a 140 km por hora quando foi abordado e desmentiu que o procedimento tenha sido feito de forma arbitrária.
“Foi um procedimento normal feito a qualquer cidadão, com o agravante do estado de embriaguez em que ele se apresentava. O deputado foi liberado e aconselhado a ir pra casa”, contou o militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.