terça-feira, 21 de janeiro de 2014

“A pena de morte está instituída nos presídios do Maranhão“.

diz Eliziane Gama


Na manhã desta terça-feira, mais um preso foi encontrado morto numa cela do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Nem mesmo com a presença da Força Nacional de Segurança e da Polícia Militar dentro é capaz de intimidar as ações assassinas no”inferno” em que se transformou Pedrinhas.
“Há uma inversão completa dentro do sistema penitenciário. Existe rigidez para torturar presos e relaxamento para vistoriar seus familiares. É um jogo de conveniência e corrupção”, diz a deputada que é presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, e pré-candidata ao governo pelos PPS.
Ontem, alguns presos ligados à facção criminosa Bonde dos 40 foram transferidos para unidades de presídios federais, dentro de um acordo firmado entre o Governo do Maranhão e o Ministério da Justiça.
Entretanto, a situação no Complexo Penitenciário de Pedrinhas ainda é muito grave e se torna cada vez mais imprevisível saber o que pode acontecer ali.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.