segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Morre menina que teve o corpo queimado por bandidos

Faleceu pela manhã no hospital Juvêncio Matos a menina Ana Clara, seis anos, que teve 98% do corpo queimado por bandidos cruéis durante incêndio promovido a ônibus em São Luís, na noite de sexta-feira.
A mãe da criança e de um bebê de um ano e oito meses permanece hospitalizada. Ela ainda chegou a implorar aos bandidos que não ateassem fogo nas duas filhas. Não adiantou. Eles jogaram gasolina nas crianças e na mãe.

Conheça o "monstro" que ateou fogo na menina Ana Clara

porca_pretaO homem da foto ao lado é William Teixeira Pereira, vulgo “Porca Preta”.
Ele foi preso na madrugada desta segunda-feira (6) por policiais do Serviço de Inteligência da Polícia Militar.
“Porca Preta” é apontado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) como o “monstro” que jogou gasolina e ateou fogo na menina Ana Clara Santos, de apenas seis anos, dentro de um ônibus na Vila Sarney – ela morreu hoje em virtude das queimaduras.
Além da menina, foram atingidos pelo fogo a mãe dela, de 22 anos, uma irmã, de um ano e oito meses, e um senhor, que as tentou ajudar.
O braço e o rosto do suspeito ainda traz as marcas de queimaduras provenientes da noite dos ataques.
“Porca Preta” foi preso junto com mais quatro comparsas e ainda um menor, já apreendido.
Qua a Justiça seja dura com todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.