sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Saída de Cel. Ivaldo não muda procedimento no Complexo de Pedrinhas

Cel. Ivaldo
O provável afastamento do Cel. Ivaldo Barbosa do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, não muda em nada os procedimentos e ações de segurança realizados no local. O esquema montado é o mesmo, não houve nenhuma alteração. É o que confirma o Cel Sá, comandante do Batalhão de Choque da PM e o Major Ismael, comandante da CPTUR, que também está à frente das ações no presídio.
Desde o dia 27 de dezembro do ano passado, quando a Polícia Militar assumiu o comando nos presídios que compõem o Complexo, diversas vistorias estão sendo feitas diariamente. Durante as revistas inúmeras armas já foram encontradas, além de drogas e aparelhos celulares, entre outros objetos, que podem ser transformados em armas.
Somente nesta quinta-feira (23) mais de 40 chuços foram apreendidos numa revista no Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas (CDP).
Por causa das apreensões e das visitas, os detentos dessa unidade resolveram se rebelar e puseram fogo numa das celas. A PM reagiu com bombas de gás lacrimogêneo. Poucas horas depois o tumulto foi controlado por militares. Nenhuma morte foi registrada.
A rotina no Complexo de Pedrinhas vai permanecer igual e a Polícia Militar garante agir com rigor, disciplina, dando prosseguimento às vistorias nas celas da unidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.