segunda-feira, 31 de março de 2014

Raposa terá prorrogação do Seguro Defeso

 
 “Dos 35 mil pescadores maranhenses, inclusive os que moram aqui em Raposa vão receber novamente o seguro defeso”, foi o que afirmou o superintendente Federal Junior Verde na manhã desta sexta-feira(28/03) no gabinete do presidente da Câmara de vereadores Eudes Barros.
Ele ainda ressaltou: “Quero agradecer o Eudes em nome de todos os vereadores. Foi a Câmara Municipal de Raposa que aprovou a Lei da Agricultura Familiar que garantiu um trator de esteira e uma escavadeira para o município, entre eles nós trouxemos kits de pesca, motores rabetas , caixas exotérmicas e coletes para os pescadores”, garantiu. Verde também citou o nome do presidente da Colônia Ediberto como uma das pessoas que também se empenhou na luta pelo renovação do Seguro Defeso aos pescadores de Raposa.
O Secretário de Pesca do Município Alison Penha afirmou que “já está publicado no Diário Oficial, a subvenção do óleo dísel, e o pescador vai poder comprar pela metade do preço o óleo pra abastecer sua embarcação, 25% de desconto de ICMS do Governo do Estado, e 25% que vem de desconto do Governo Federal. O óleo diesel que hoje custa R$2,40, o pescador vai poder comprar por R$1,20. Com isso o pescador só tem a ganhar”, disse.
Segundo o Presidente da Câmara Eudes Barros, “quero agradecer a presença do Alison e do Superintendente da Pesca no MA, Júlio Verde,  por trazer a boa noticia. Só temos que agradecer o comprometimento deles com a classe de pescadores, que é o Seguro Defeso, que diante de uma Portaria que já tava vencendo, mas com a luta  dele e a influencia que tem com Deputado Federal Cleber Verde conseguiram prorrogar e os pecadores novamente vão receber o Seguro Defeso, fico feliz por isso”, disse.
Foto: Nonato Aguiar / Jornal Folha do Município
Em reunião com o ministro da Pesca, Eduardo Lopes, quarta-feira (19/03), o superintendente Federal Junior Verde e o deputado federal Cleber Verde (PRB/MA) reivindicaram a prorrogação da Instrução Normativa nº15 que garante uma assistência financeira temporária aos pescadores de camarões no período de defeso.

Secretário de Pesca da Raposa, Alison Penha, Superintendente Júnior Verde ao lado do ministro da Pesca, Cleber Verde deputado federal.

Secretário de Pesca da Raposa, Alison Penha, Superintendente Júnior Verde ao lado do ministro da Pesca, Cleber Verde deputado federal.

A norma assinada pelo ministro Crivella venceu no mês passado e compreendeu o período de 15 de dezembro de 2013 a 15 de fevereiro de 2014.

O superintendente da Pesca, Júnior Verde, lembrou que a prorrogação da instrução normativa é essencial para o avanço do trabalho realizado por esses profissionais. “O Maranhão é um Estado referência na pesca. Essa reivindicação do deputado é a de todos os pescadores e pescadoras do Brasil.

Executamos dezenas de ações em defesa do trabalhador que se traduzem no aumento da produção. Encerrar esse benefício seria um retrocesso”, ressaltou.

Coordenador da Frente Parlamentar Mista da Pesca e Aquicultura, Cleber Verde explicou que a maioria dos pescadores de camarões está entre a Guiana Francesa e o litoral do Brasil. “Só no Maranhão são 35 mil famílias que sobrevivem da pesca. Não posso deixar de atuar para garantir o seguro defeso, que funciona como um seguro-desemprego para o período em que a pesca é proibida”, afirmou.

O ministro Eduardo Lopes disse que vai dar sequência ao trabalho que vem sendo realizado no Ministério da Pesca. “A pasta registrou um salto significativo na produção e no consumo de pescados, desde que o ministro Crivella assumiu. Vamos reunir a equipe técnica e avaliar bem essa situação para que os pescadores não fiquem no prejuízo”, prometeu o ministro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.