quarta-feira, 16 de abril de 2014

Tristeza e revolta marcam o velório de menina morta durante tiroteio

Revolta, tristeza e comoção marcaram o velório da pequena Jandiara da Silva Sá, de apenas 9 anos, moradora da Vila Cruzado, localizada próximo ao bairro Vicente Fialho, em São Luís.
Jandiara foi atingida com dois tiros, no fígado e no braço, durante um tiroteio disparado por bandidos que tentavam matar um traficante da área. O tiroteio ocorreu no momento em que ela estava indo comprar verdura no comércio do bairro em companhia da sua mãe. A menina ainda foi socorrida e levada para a UPA do Vinhais, mas não resistiu aos ferimentos.
Um entregador de gás, identificado como Erivan, conhecido como ‘Bujá’, também foi atingido por um tiro, mas está fora de perigo.
Os tiros foram disparados por ocupantes de um veículo corsa preto que chegaram ao local atirando. A polícia já identificou os quatro suspeitos, mas até o momento nenhum foi preso.
Segundo informações de testemunhas, o alvo dos atiradores seria um jovem identificado como Felipe Ribeiro, que teria percebido a aproximação do carro com os bandidos e empreendido fuga. Ao perceberem que o alvo estava fugindo, os bandidos passaram a disparar em sua direção, mas os tiros terminaram atingindo a menina.
A tia da menina, Osmarina, pede justiça.” É um momento de pedirmos justiça. Vemos que a criminalidade está muito grande. Os bandidos não respeitam ninguém, chegam e querem logo matar. Isso não pode ficar impune”, clama.
Jandiara era filha única e sua mãe estava inconsolável. Parentes e amigos planejam fazer uma manifestação para cobrar mais segurança para a área que está dominada por traficantes que espalham o terror e o medo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.