quarta-feira, 28 de maio de 2014

Bibliotecas em pontos de ônibus tornam espera mais divertida na Colômbia

Esperar o ônibus ficou diferente em Bogotá. Isso porque a capital da Colômbia passou a ter paradas com minibibliotecas. A iniciativa tem como objetivo a democratização do acesso à leitura.
Com isso, o tempo de espera pelo ônibus virou um período para se transportar também para os livros.
Apesar de ter ganhado as redes sociais agora, o projeto não é recente. Em Bogotá, são mais de 50 biblioparadas, mas existem acima de 100 em todo o país.
Cada uma delas conta com quase 400 livros, todos doados por pessoas e organizações que fomentam a leitura. Uma ideia simples que pode ser replicada em várias cidades.
Fonte: As Boas Novas

Bonde dos 40 teria ameaçado tocar terror hoje à noite em São Luís

Circula nas redes sociais um panfleto que seria de autoria dos Bonde dos 40. No manifesto os integrantes estariam ameaçando tocar fogo em ônibus, invadir e saquear lojas, cometer assaltos e outras atrocidades, a partir das 22hs desta quarta-feira (28).
As empresas privadas e públicas estão fechando mais cedo e despachando seus funcionários por causa das ameaças. As polícias militar e civil começam a se posicionar em pontos estratégicos para evitar o caos e a violência.
Abaixo o manifesto que seria do Bonde dos 40.
nota
A população espera um resposta das autoridades competentes.

Seic prende quadrilha que cometia crime de saidinha bancária em São Luís

Agentes da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) apresentaram, na tarde desta segunda-feira (26), uma quadrilha especializada em “saidinha” bancária. De acordo com a polícia, o grupo é o responsável pela metade dos crimes dessa modalidade que aconteceram na Região Metropolitana de São Luís desde o início do ano.
O bando foi preso no domingo (25), após investigação e monitoramento da Polícia Civil, parte em uma residência no bairro do São Cristóvão e a outra na via pública. Com o grupo, foram apreendidas três armas de fogo, sendo dois revólveres calibre 38 e uma pistola ponto 40, munições, um Cross Fox, prata, de placas NXB 2278, e 12 celulares, que podem ser de vítimas de assaltos cometidos pela quadrilha.
De acordo com o delegado Antônio Martins, os assaltantes, todos com passagem pela polícia, fazem parte de um grupo maior, com atuação no Maranhão, Pará e Ceará. “Eles agem nos três estados, quando a polícia prende os membros em um local, eles se mudam para outro, e assim vão atuando de estado em estado”, afirmou.
O grupo, que realizava em média três assaltos por semana, foi o responsável por um grande assalto, duas semanas atrás, no qual levaram da vítima mais de R$ 200 mil.
Foram autuados pela polícia Jean Jaques Pinto Belém, conhecido como Neguinho ou Jota-Jota; Edijones Poter dos Santos; e Izaqui Santana Cordeiro, já preso pela Seic em 2010. Os três são oriundos de Belém (PA). Foi preso também José Maria de Souza, vulgo Camarão, natural de Camocim, que de acordo com as investigações era o líder da quadrilha.
A polícia já tem o nome de mais três envolvidos com o bando no crime de “saidinha” bancária, mas para não atrapalhar as investigações, as identidades foram preservadas. Os quatro presos ficam agora à disposição da Justiça.

Ultimas Noticias em Raposa

                A policia acaba de prender dois foragidos, e mais, corre um boato que encontraram  pescador morto em uma embarcação da cidade de Raposa nas proximidades de Icatu, e estar sendo esperado na Raposa, tudo isso são noticias do porto do braga em Raposa.
Daqui a pouco mais informações.

Domingueira: benefício pode ser retirado e categoria concordou…

Durante a reunião, ocorrida ontem à tarde, entre SMTT, Rodoviários e demais entidades, muito se discutiu em quatro horas e não se chegou a algum acordo. Tanto que a reunião acontecerá novamente esta tarde.
Porém, em postagem no facebook, já na madrugada desta quarta-feira, o secretário da SMTT, Canindé Barros, falou sobre a possibilidade do benefício das passagens reduzidas pela metade chegar ao fim.
canindé
Durante a gestão do ex-prefeito João Castelo, até os dias de hoje, a população paga a metade da tarifa aos domingos. Entretanto, a contrapartida da prefeitura aos rodoviários foi o corte do benefício, sendo acordado também pela categoria estudantil.
Pode ser que tais propostas sejam para evitar o aumento da tarifa do transporte público. Isto poderá ser confirmado de fato ao fim da greve nesta tarde. Porém, se ainda assim, a passagem aumentar e o benefício for retirado, a Prefeitura daria mais um passo para trás, enfraquecendo quem já sofre constantemente com a falência do transporte público: o povo de São Luís.
E é também ignorar completamente uma onda de novos protestos que está por vir

Vice bate e põe prefeito pra correr em Cururupu

O prefeito de Cururupu deixou a posição de batedor de mulher para ocupar o lugar de apanhador de homem. O vice-prefeito Aldo Lopes ouviu poucas e boas ontem à tarde de seu prefeito, Júnior Franco.
E não levou o desaforo pra casa. A pisa foi na sede da Secretaria de Saúde, no centro de Cururupu. Dizem que o vice, que é secretário de Saúde, não quer permitir que Franco confunda o público com o privado e partiu pra cima.
De posse de um facão, o vice ainda botou o prefeito pra correr.

Ex-Vereador de Raposa é assaltado por Bandidos

Está cada dia maior o clima de insegurança em toda região metropolitana de São Luís, que compreende os municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.
Na Raposa, um ex-vereador identificado como Zé Riba foi vítima de uma saidinha bancária. Ele foi perseguido por dois homens numa moto que chegaram até seu carro levando a bolsa e em seguida atiraram contra ele. Felizmente o tiro não atingiu ninguém, mas a mãe do ex-vereador, que estava em sua companhia, ainda chegou a levar uma coronhada dos criminosos. O valor roubado não foi divulgado.
Mais cedo a população já havia presenciado a exibição de uma dupla que passeava armada de escopetas pela cidade numa moto. A polícia foi acionada e até conseguiu apreender a moto, mas os supostos marginais fugiram armados sem deixar pistas.
No Cohatrac um trio invadiu uma residência e roubou tudo que podia. Os dois homens estavam acompanhados por uma mulher e fugiram num Gol GV de cor prata placa NXM 2509. Esse veículo e esse bando parecem ser os mesmos mostrados numa ação onde um carro estacionado numa avenida principal da Chácara Brasil foi depenado.
A ação dos marginais assusta a cada dia mais a população dos mais diversos bairros da grande São Luís e não há policia que consiga conter a criminalidade.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Novo comandante do Batalhão de Choque fala dos projetos à frente do Batalhão

Qualificação profissional para um desempenho mais eficiente e eficaz nas operações. Essa é uma das principais metas do novo comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar, major Francisco Wellington Silva Araújo.  A proposta do major Wellington é dar continuidade ao trabalho do seu antecessor e melhorar as operações deflagradas pelo batalhão, dando ênfase ao aperfeiçoamento da tropa.
“O Batalhão de Choque é uma unidade especializada que atua no controle de distúrbios civis e nos casos de maior complexidade, onde todos os níveis de negociação foram esgotados. Para isso, os policiais tem que ser altamente preparados para agir da forma mais técnica possível. O Choque também atua no policiamento preventivo, dando apoio aos Batalhões da Região Metropolitana de São Luís”, destacou o novo comandante.
O major Wellington frisou a importância da multiplicação do conhecimento e da requalificação. “Três oficiais e um praça participaram de treinamento na Bahia e Rio Grande do Norte. Eles conheceram novas técnicas de atuação do Batalhão de Choque e novas armas para auxiliar nas ações. Eles vão repassar o que aprenderam no treinamento”. 
O Batalhão de Choque é composto por trezentos policiais, oito viaturas e dez motocicletas, distribuídos na Companhia de Choque, que atua no controle de distúrbios civis; Força Tática, que reforça o patrulhamento motorizado na cidade; e Companhia de Operações Especiais, considerada a equipe de elite do Batalhão de Choque, que atua nas operações mais delicadas. O batalhão também possui um Serviço de Inteligência.
Uma equipe composta por 29 oficiais reforça o policiamento no Centro de Detenção Provisória, Presídio São Luís I e II, Presídio de Pedrinhas e Central de Custódia de Presos de Justiça de Pedrinhas e do Anil.
“O BC é uma tropa de alta confiança do comandante, solicitado para situações pontuais e de perigo. Ele é acionado para resgatar a ordem pública e fazer o que a lei determina”, pontuou major Wellington.
Ele destacou a importância da interação da população com o BC no planejamento de operações com base nos pontos mais críticos apontados pelos moradores.

Operações
Atualmente, o Batalhão de Choque deflagra três operações na Região Metropolitana: Tornado, realizada semanalmente em cada batalhão de área, com seis viaturas e quatro motocicletas; Águia, ordenada pelo comandante geral da Polícia Militar, Zanoni Porto e coordenada pela Companhia de Policiamento Especializado, onde a PM atua em conjunto em pontos pré-definidos, com o Batalhão de Choque, realizando incursões e abordagens e o Esquadrão Águia, que realiza operações todo dia, com dez motocicletas.
“Todas as operações são baseadas em dados estatísticos levantados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) e com informações dos comandantes dos batalhões de área, que apontam os locais e os horários com maior incidência criminal”, destacou o novo comandante.
Desde a posse do major Wellington no comando do Batalhão de Choque, dia 9 de maio, foram realizadas quarenta e quatro conduções; oito flagrantes; dez apreensões de armas, sendo seis de fogo e quatro brancas e cento e dezesseis porções de droga apreendidas, sendo 2 de maconha e as demais de crack.

Projetos
O major Wellington destacou a necessidade de reequipar o batalhão para ficar em pé de igualdade com os demais grupos. Esta semana foi enviado relatório ao comandante geral da Polícia Militar, Aldimar Zanoni Porto, solicitando Equipamentos de Proteção Individual (EPI).
O comandante do Batalhão de Choque destacou a pretensão da elaboração do Manual de Operações de Choque, para padronizar as ações e coordenar os trabalhos dos oficiais. “O quanto antes, queremos apresentar esse projeto, para que seja apreciado pelo Estado Maior da Polícia Militar, composto pelo colegiado dos coronéis”, declarou major Wellington. 

Perfil do novo comandante
Francisco Wellington Silva Araújo, de 40 anos, é casado, pai de três filhos, e ingressou na PM em 1993, por meio do Curso de Formação de Oficiais (CFO), da Universidade Estadual do Maranhão.
Atuou no 1º BPM; Comando de Policiamento Metropolitano de São Luís; 3º BPM, em Imperatriz; Batalhão de Trânsito; Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS); e no 8º BPM, onde coordenou a Patrulha do Bairro. “É meu maior desafio e uma grande honra assumir o Batalhão de Choque da Polícia Militar”, concluiu.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Edison Vidigal no jogo

O ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça, Edison Vidigal, participou agora há pouco de uma conferência telefônica com a presença do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.
Assunto: eleições majoritárias no Maranhão.
Lupi já decidiu que quer o PDT com candidato próprio a governador e busca um nome que possa dar densidade eleitoral ao partido.
O nome do ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, na avaliação do presidente pedetista, não teria o alcance de Vidigal – capaz de dar votos de legenda suficientes para fortalecer as bancadas na Câmara e na Assembleia, e chegar a um 2º Turno.
Segundo apurou o blog, para Carlos Lupi já não há mais possibilidades de negociação com o chefão comunista, que defenestrou o PDT da chapa majoritária em nome da aliança com o PSDB.
O presidente nacional ainda enfrenta a resistência dos dois principais líderes pedetistas no estado, o presidente Julião Amin e o deputado federal Weverton Rocha – para o quais a aliança com o PCdoB ainda é a melhor saída para o partido, mesmo sem a vice.
Mas Lupi acha que, com uma candidatura própria, o PDT ganha mais musculatura, inclusive para ganhar respeito na mesa de negociações de um eventual 2º turno.
Ainda de acordo com o que apurou o blog, Edison Vidigal ficou tentado a encarar o pleito.
Mas esta é uma outra história…

Lançamento "Constelação de Sonhos"

               
Acontece nesta sexta-feira (30), na Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão (Glema), em São Luís, às 20h, o lançamento do livro "Constelação de Sonhos: Lindas e Inesquecíveis Poesias" de Benedito Lemos e Geraldo Melo. A obra, resultado de 10 anos de pesquisas, contêm poesias de renomados autores do Brasil, Portugal, França e Inglaterra.
         Dentre eles, Aluisio Azevedo, Casimiro de Abreu, Cartola, Drummond de Andrade, Goethe, Gonçalves Dias, João do Vale, Menoti Del Picchia, Olavo Bilac, Victo Hugo, Rui Barbosa, Rossini Corrêa, Patativa do Assaré, Osório Duque Estrada, Olegário Mariano, Manuel Bandeira, José Saramago, José Chagas, Gregório de Matos, Geraldo Vandré, Florbela Espanca, Fernando Pessoa, Dunsshee de Abranches, Camões, Bocage, Baudelaire e Arthur Azevedo.
         Para a professora Francisca Bulhão de Queirós, que assina o prefácio do livro,  em Constelação de Sonhos, Benedito Lemos e Geraldo Melo, numa demonstração de rara sensibilidade artística e estética, selecionaram o que há de mais expressivo na produção literária, além de traçar com sabedoria e precisão o perfil de cada um dos poetas que fazem parte da obra.
         “É uma obra em que a arte literária é tratada com todo o respeito a que faz jus. Os poetas não são “classificados” por origem ou nacionalidade; não há discriminação quanto ao gênero, à classe social, à preferência temática, ao credo, à concepção política e filosófica, ao estilo, ou à localização no tempo e no espaço”, ressalta.
         Segundo ela, o local, o regional, o nacional e o mundial dividem o mesmo espaço, recebem o mesmo tratamento respeitoso. “Todos estão dispostos em ordem alfabética, visto que cada um traz em si a sua grandeza, o seu talento e a sua contribuição para tornar o mundo mais belo, mais plural, mais democrático”, enfatiza Francisca Bulhões ao acrescentar que “a única medida usada é a do amor à Literatura, que dentre as Belas Artes é a que se utiliza, de forma mais efetiva, da palavra enquanto elemento fundamental ao processo de criação”.
         Os autores - Natural de Pedreiras, Benedito Lemos é Bacharel em Direito e Ciências Sociais pela Faculdade de Direito de São Luís. Obteve monção de destaque no curso de Administração Tributária da Escola de Administração de Recife (PE), em 1972.
         Desempenhou funções administrativas no Departamento de Estradas de Rodagem do Maranhão, no Cotoníficio Cândido Ribeiro e na Petróleo Brasileiro S/A (Petrobás). Exerceu ainda o cargo de secretário de Administração em Pedreiras. Juiz estadual concursado em primeiro lugar, recusou sua nomeação, para o exercício da advocacia.
         Foi ainda procurador do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e professor da Universidade Federal do maranhão (Ufma), além de articulista do Jornal do Povo de São Luis/Ma.
         Geraldo Melo, natural de Nazaré (PE), estudou para ser sacerdote católico durante seis anos no Seminário de Olinda. Convertido ao Evangelho, fez o Seminário Teológico do Norte e é graduado em Pedagogia Cristã pela Faculdade Teológica Universal.
         Dedicou-se ao magistério por 28 anos como professor de Língua Portuguesa em vários colégios de Pedreiras e de Língua Latina na Universidade Estadual do Maranhão e na Faesf. É autor de duas Gramáticas Normativas de Língua: "Pontos de Gramática" e "Síntese da Língua Portuguesa". 

Chico Leitoa revela que Carlos Lupi quer candidatura própria do PDT no MA

O ex-deputado Chico Leitoa, vice-presidente do Diretório Estadual do PDT, revelou em artigo divulgado no fim de semana, que o presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, tem postura “veemente” contra a “não participação do partido na chapa majoritária” encabeçada pelo comunista Flávio Dino.
“O presidente Nacional do PDT reagiu e reage de forma veemente à não participação do partido na chapa majoritária. Por ele, mesmo fora de hora, o PDT partiria com candidatura própria no primeiro turno, até porque o partido tem um pretendente com potencial, ou na última das hipóteses, tomaria outro caminho”, escreveu.
Segundo Leitoa, em reunião “muito tensa”, realizada “dias atrás”, em Brasília, Lupi cobrou dos pedetistas maranhenses uma posição firme em relação à traição do PCdoB – que rifou o PDT da chapa para ceder a vaga ao PSDB, com a indicação do deputado federal Carlos Brandão como candidato a vice-governador.
“[Carlos Lupi] Solicitou tal posição dos companheiros do Diretório Regional do Maranhão, em reunião muito tensa dias atrás em Brasília. Depois de três horas de debate, delegamos a ele as tratativas que pudessem contornar o grandioso problema, levando em conta o seu e o nosso descontentamento, mas também a nossa posição/situação”, continuou.
Ainda de acordo com o pedetista, além de haver sido rifado da chapa, o que incomoda o partido é o fato de o PSDB haver acabado de integrar a coalizão dinista, já indicar o vice e, ainda, tentar impor o candidato a senador – o ex-prefeito João Castelo é o nome dos tucanos.
“Várias conversas internas apontam para um posicionamento sintonizado com a Nacional, porém, o andamento do processo nos incomoda, pois na contramão do nosso sacrifício, o PSDB (sim, pois ninguém é candidato de si mesmo ou sem o aval do partido), desconsiderando toda a luta travada pela UNIÃO com sacrifícios dos partidos aliados até então, no momento em que mais se enaltece a sua chegada, tenta impor uma candidatura ao Senado, numa aliança que já tem candidato, não levando em conta o acerto com sua direção nacional, e a delicadeza da situação, que pode desmantelar tudo e redundar numa tragédia para a oposição”, completou.

domingo, 25 de maio de 2014

GTA prende dupla de assaltantes que agia no Renascença

Uma equipe do Grupo Tático Aéreo (GTA) conseguiu prender em flagrante, na noite desta sexta (23), uma dupla acusada de praticar assalto a uma mulher no bairro do Renascença, na região metropolitana de São Luís.
Os acusados, que estavam em uma moto, foram presos na Lagoa da Jansen, após uma ação dos policiais. De acordo com o soldado Neto, a dupla, formada por um adulto e um menor de idade, foi vista em atitude suspeita em um local escuro, e foi abordada pelos agentes do GTA.
Durante a inspeção, foi encontrada uma bolsa com documentos, porta cédula, dinheiro e uma máquina fotográfica dentro da mochila de um deles. Os acusados não souberam explicar a procedência do material encontrado. Dando continuidade à revista, foi encontrado também o celular da vítima, que estava localizado dentro do tênis de um dos suspeitos.
Com o aparelho em mãos, a polícia fez contato com a dona do material encontrado, que confirmou o roubo e foi orientada a comparecer ao Plantão Central da RFFSA, para reaver seus pertences.
A vítima, que pediu para não ser identificada, conta que foi abordada pela dupla no bairro do Renascença, na proximidade da Rua dos Sabiás. “Eles estavam em uma motocicleta e me abordaram dizendo que tinham uma arma. Em seguida, pegaram minha bolsa e tentaram puxar a minha roupa. Logo depois, um carro subiu a rua e eles fugiram na moto”, afirmou.
Já no plantão policial, o suspeito maior de idade foi identificado como Ailton dos Santos, que de acordo com o sistema de informação já tem passagem pela polícia.
A dupla foi autuada em flagrante pelo delegado plantonista da RFFSA, Gutemberg Carvalho. O acusado Ailton dos Santos foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas, enquanto o menor foi ouvido e levado ao Conselho Tutelar, e o caso apresentado ao Ministério Público.
Mais um caso de flagrante
Também no Plantão Central da RFFSA, outro caso de roubo foi registrado no início da noite desta sexta-feira (23). A vítima, que não quis se identificar, explicou que estava no bairro do Vinhais, andando por uma rua, quando foi abordado por uma dupla armada com uma faca. Os assaltantes estavam em um carro Fiat Strada, cor prata, e levaram bolsa, dinheiro, carteira e celular da vítima.
Após o assalto, o jovem acionou o Centro Integrado de Polícia e Segurança (Ciops). Com as informações em mãos, uma equipe de rua do 9º Batalhão de Polícia conseguiu prender os envolvidos na ação criminosa.
No plantão de polícia, o primeiro suspeito foi identificado como Mateus Ribeiro. Já o segundo suspeito é menor de idade. A dupla foi autuada em flagrante delito. O adulto foi levado para o Centro de Triagem de Pedrinhas e o menor encaminhado ao Conselho Tutelar.

Operação da CPTur e outros órgãos apreende 28 menores na Praia Grande

Uma operação conjunta da Companhia de Policiamento Turístico (CPTur), da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e do Conselho Tutelar, realizada na noite desta sexta-feira  (23), no Centro Histórico de São Luís, apreendeu 28 adolescentes, com idade entre 14 e 17 anos. Também houve a apreensão de cinco facas, cachimbos, drogas, isqueiros e sprays de pichação.
De acordo com o major Roberto Moreira Filho, comandante da operação, denominada Varredura, o objetivo da ação foi verificar a presença de menores em situação de risco e vulnerabilidade, atuando na prevenção ao consumo de drogas e álcool.
Foram vistoriados na ação, bares e casas noturnas localizadas na Praia Grande, além de praças e logradouros públicos. O caso mais grave de ato infracional registrado na noite, foi a tentativa de lesão corporal entre adolescentes. Um menor de 14 anos, que já é conhecido pela polícia, tentou ferir outro menor com um artefato pontiagudo.
 Todos os menores foram encaminhados ao Conselho Tutelar do Centro Histórico e em seguida liberados aos responsáveis. Participaram da ação 38 policiais militares, três cães, três conjuntos da cavalaria, seis motocicletas, três viaturas da Polícia Militar, duas viaturas e agentes da Polícia Civil. A Operação Varredura continuará sendo realizada nos próximos fins de semana.

NOTA - SEJAP

A Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) informa que não há registro de reféns na Central de Presos de Justiça (CCPJ) de Pedrinhas, no fim da tarde deste domingo (25).
Sobre o ocorrido, esclarece que alguns familiares foram retidos pelos próprios parentes presos no Bloco D, daquela unidade, após o horário de visitas.
Os presos que não deixaram os familiares saírem entregaram lista de exigências, como o banho de sol coletivo (hoje é feito por bloco, para garantir a segurança dos próprios detentos); a instituição de visitas íntimas; a entrega de novos colchões e a troca de monitores.
Os familiares estão sendo liberados pelos presos e, neste momento, a Sejap negocia as solicitações dos presos.

Projetos sociais da SSP já atenderam 34 mil pessoas


De 2011 a 2014, cerca de 34 mil crianças, jovens e adultos foram atendidos pelos projetos sociais desenvolvidos pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), por meio da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento e Articulação Institucional (Sadai).
São ações realizadas por membros do Sistema de Segurança Pública que são treinados e orientados para ensinar e articular todo o processo, que inclui prevenção e implementação de politicas públicas, contribuindo para o conhecimento de crianças, jovens e adultos que se encontram em estado de vulnerabilidade social.
São parceiros da SSP nessas ações, o Serviço Nacional de Aprendizagem industrial (Senai) Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Instituto Federal do Maranhão (Ifma) Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e Universidade Federal do Maranhão (Ufma).
Os cursos de qualificação promovidos pela SSP contam com a parceria do Governo Federal, por meio dos Ministérios da Justiça e da Educação, via Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Também tem importante participação a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sectec), com as ações Programa Maranhão Profissional.
Para o secretario adjunto de desenvolvimento e articulação institucional, Coronel Antonio Roberto dos Santos Silva, que está a frente desse trabalho de alcance social, são projetos de cunho preventivo, capazes de transformar vidas que estão em estado de vulnerabilidade e que não tem espaço na sociedade. Todas essas ações e projetos aproximam a comunidade do sistema de Segurança Pública com intuito de desenvolver uma relação com mais facilidade e satisfação.
“As forças policiais de segurança e as lideranças comunitárias fazem parte do processo evolutivo da comunidade. Esse é o nosso papel, atender em vários âmbitos sociais, ministrando palestras, ações de combate à violência, cursos, programas e muitas outras ações. Fico feliz quando vejo jovens formados e no mercado de trabalho. Vejo que é fruto de parcerias e o desempenho de todos que compõem a Segurança Pública”, frisou o coronel Antonio Roberto dos Santos. 
Os programas que fazem parte das ações de prevenção à criminalidade são: Esporte sem drogas, Brasil mais Seguro, Crack é Possível Vencer, Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), Jovens Construindo Cidadania, Proteção de Jovens em Territórios Vulneráveis (Protejo), Programa Mulheres da Paz e Projeto Festa Legal.
Nesse âmbito, existem também cursos para militares, agentes da Polícia Civil, lideranças comunitárias e servidores da Segurança Pública, como Capacitação em Tiro Defensivo na Preservação da Vida, Curso de Direitos Humanos Aplicáveis à Função Policial e Capacitação dos Profissionais de Segurança Pública em Direitos Humanos.
O processo evolutivo desse sistema conta também com a estruturação e implantação da Ouvidoria do Sistema de Segurança Pública e estruturação dos conselhos comunitários de segurança, além de outros programas que serão implantados.
Secretaria Adjunta trabalha, ainda, com a qualificação dos profissionais, desenvolvendo vários cursos, inclusive de promotores e multiplicadores de Polícia Comunitária com a finalidade de desenvolver uma relação com a comunidade. Esse dois programas fazem parte da série de ações coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública.
         A Sadai promove, também, reuniões constantes com conselheiros comunitários para discutir problemas de segurança nos bairros. A comunidade recebe palestras sobre violência, drogas e assuntos relacionados à segurança. Essas ações também já foram levadas ao interior do estado contemplando vários municípios.

sábado, 24 de maio de 2014

Ricardo Murad descumpre palavra de sanar falta d’água e não renuncia

No dia 28 de dezembro de 2012, o secretário de estado da Saúde, Ricardo Murad, assumiu um compromisso desafiador: renunciaria ao cargo de secretário se até o mês de abril, de 2014, não tivesse resolvido todo o problema de falta de água de São Luís.
‘Renunciaremos eu e o Joãozinho (João Moreira Lima, presidente da Caema) se até essa data todos os problemas de água da cidade não estiverem completamente solucionados’, afirmou Ricardo à época.
O compromisso que Murad fizera com a população e com a governadora Roseana Sarney foi revelado em conversa reservada com o jornalista Lourival Bogéa, diretor de Redação do Jornal Pequeno, durante a confraternização dos funcionários da rede de saúde do estado no salão de eventos do Hotel Luzeiros, no fim do ano retrasado.
Pois bem, diante de todo caos no abastecimento de água que toma conta dos bairros de São Luís e todo o Maranhão, inclusive com protestos de moradores devido o descaso do governo Roseana neste setor, acabou o prazo (abril se findou, hoje é quarta-feira, 14 de maio de 2014) e Murad não solucionou a crise da falta do líquido precioso.
Pior do que não sanar a falta d’água no estado é o secretário Ricardo não honrar sua palavra. Ele já deveria ter renunciado ao cargo !

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Bandido perigoso vestia calcinha quando foi morto em confronto

Um homem, que aparentava ter entre 20 a 25 anos, foi morto durante uma troca de tiros com a Polícia Militar na tarde da última quarta-feira (21).
O indivíduo não teve a identidade revelada, mas segundo a polícia ele havia cometido diversos assaltos e foi reconhecido pelas vítimas. Ao tentar fugir, ele teria entrado em confronto com militares e acabou morto com três tiros.
A equipe do Instituto Médico Legal teve uma surpresa ao remover o corpo do assaltante. O valentão acreditem, vestia calcinha fio dental, por debaixo da cueca, como mostram as fotos abaixo.
O caso foi registrado pela Policia Militar em Aracaju, estado de Sergipe.

Secretaria de Segurança Pública entrega Base Comunitária no São Francisco

A Secretaria de Estado de Segurança Pública inaugurou, na manhã desta quinta-feira (23), a segunda Base Comunitária na Região Metropolitana de São Luís, com sede na Rua Tijuca, Bairro São Francisco. No local, também vai funcionar a 4ª Companhia de Polícia do 8º Batalhão da Polícia Militar.
A solenidade de inauguração contou com a presença do subdelegado geral de Polícia Civil, Augusto Barros Neto, representando o secretário de Segurança Pública, Marcos José de Moraes Afonso Júnior; o comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Aldimar Zanoni Porto; comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Marco Antônio Alves; e o comandante do 8º BPM, Tenente-coronel Pedro de Jesus Ribeiro.
O delegado Augusto Barros frisou a importância da interação da comunidade com a polícia no combate ao crime. “A polícia sozinha nunca vai resolver o problema da segurança pública. Combater a criminalidade é dever de todos nós. A Base Comunitária é um símbolo de união e paz que se quer trazer para a comunidade”, pontuou o subdelegado geral de Polícia Civil.
“As Bases Comunitárias iniciam um projeto ousado da Polícia Militar. Não se faz segurança sem dar condições aos policiais”, acentuou o comandante geral da PM. Na ocasião, o coronel Aldimar Zanoni Porto destacou o maior investimento da Secretaria de Estado de Segurança Pública: cerca de R$ 100 milhões destinados em reformas de vários batalhões, aquisição de 1.37 armas de fogos, 950 coletes balísticos e centenas de viaturas.
“Acreditamos nessa proposta. Esse modelo de segurança comunitária sempre produziu resultados positivos, tanto a nível internacional como nacional, diminuindo o índice de criminalidade”, salientou o comandante do policiamento metropolitano.
Dentre as vantagens das Bases Comunitárias em relação aos antigos trailers, o coronel Marco Antônio Alves, relatou três pontos principais: na segurança, a equipe de engenharia elaborou um projeto que reforçasse as paredes do prédio contra possíveis tiroteios; na posição estratégica, os pontos de instalação das bases comunitárias ficam entre as áreas consideradas nobres e as com maior incidência criminal; na interação com a comunidade, a população tem um relacionamento mais próximo com a polícia.
O policiamento da Base Comunitária da 4ª Companhia de Polícia do 8º BPM vai abranger os bairros do São Francisco, Ilhinha, Jaracaty, Renascença II e Calhau. Cinco policiais vão atuar por plantão na unidade, que recebeu duas viaturas, modelo Pálio Weekend Adventure e uma motocicleta. Os números do telefone fixo da Base e dos celulares das viaturas vão ser disponibilizados na próxima semana.
A fita de inauguração foi cortada pelo subdelegado geral de Polícia Civil, Augusto Barros Neto e o comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Aldimar Zanoni Porto.


Mais Projetos
O comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Aldimar Zanoni Porto, declarou que há mais quatro bases Comunitárias a serem entregues ainda este ano. Elas vão ser instaladas nos Bairros da Liberdade, Fátima, São Raimundo e no eixo Itaqui-Bacanga.
O comandante também frisou a reativação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), que reúne a Polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Secretária Municipal de Trânsito e Transporte e as Forças Armadas, como convidada. A 1ª Reunião do GGI, presidido pelo secretário de Segurança Pública, Marcos José de Moraes Afonso Júnior, está prevista para a próxima sexta-feira (30).

quinta-feira, 22 de maio de 2014

A quem interessa a renuncia ou cassação do prefeito Clodomir

Olha na verdade, é uma pergunta que toda população da cidade de Raposa estar fazendo.
Pois para a oposição não interessa, pois Clodomir não é candidato a reeleição, se over troca do titular municipal, quem assumir passa a ser forte candidato a reeleição.

Entenda o caso, nesta quinta-feira, dia 22, aconteceu um verdadeiro pânico nos bastidores político da cidade, com a notícia da suposta renúncia do prefeito de Raposa - MA,  Clodomir Oliveira, tudo foi causado por um suspense gerada por  uma manchete do programa diário da Rádio Fm local e em uma chamada em um carro de som volante.

A manchete tinha como objetivo destacar a renúncia do prefeito de Raposa.
O fato gerou uma interpretação que deu a entender que o prefeito estaria renunciando o governo municipal o que não é verdade.

A verdade é que o prefeito Clodomir, foi eleito legitimamente pelo povo de Raposa, para administrar a cidade os  quatro anos e está firme e forte, em sua luta constante para trabalhar em prol do município, e  NÃO IRÁ RENUNCIAR ao cargo de Prefeito

Prisão de suspeitos no bairro do São Francisco

Policiais militares do Serviço de Inteligência prenderam nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (22), no bairro do São Francisco, dois suspeitos de estarem envolvidos no tráfico de drogas e, ainda, em diversas ações criminosas. Alcides Izidório Machado Neto conhecido como “Pimpolho” e Carlos Rogerson Cordeiro Diniz, ambos de 24 anos. Durante a prisão foi encontrada com eles, drogas, dinheiro e celulares.
Segundo os policiais militares que realizaram a prisão, os dois suspeitos foram surpreendidos na Rua 14, no bairro do São Francisco. No momento da abordagem os dois não tiverem tempo de reagir pela ação rápida dos policiais, que adiantaram que e Carlos Rogerson tem um mandado de prisão em aberto por crime de latrocínio, sendo que os dois estão sendo investigados, também, por suspeitas em envolvimento em diversos crimes. Os policiais acreditam que a dupla possa ser integrante de uma facção criminosa da capital e que seriam autores de diversas execuções e ainda da prática de diversos crimes.

Apreensões
Com Alcides Izidório e Carlos Rogerson foi apreendida uma porção de maconha e crack, duas munições, quatro celulares, joias e, aproximadamente, R$ 50 reais em espécie. Eles foram conduzidos para o 9º DP, localizada no bairro do São Francisco, por volta das 10h, onde foram ouvidos pela delegada titular Francisca Adriana Paixão. Após o depoimento, os dois foram conduzidos para o Centro de Triagem em Pedrinhas e ficarão à disposição da Justiça.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Secretário Marcos Affonso recebe visita de diretores do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão

O secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Marcos Affonso, se reuniu, nesta segunda-feira (19), com representantes do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (Sinpol-MA). O encontro marcou o apoio da categoria ao novo titular da pasta.
Na ocasião, os representantes do Sinpol abordaram também questões de interesse da categoria. O piso salarial, as condições de trabalho e aumento de efetivo da categoria foram alguns dos assuntos debatidos com o secretário.  O diretor do Sinpol, João Vitor, destacou os trabalhos desenvolvidos pela polícia civil e a necessidade de valorização e reconhecimento dentro do sistema de segurança.
Para o secretário Marcos Affonso, o apoio da Policia Civil é fundamental para que os trabalhos que venham a ser desenvolvidos tenham resultados satisfatórios. "O que eu tiver condições de fazer eu farei pelo sistema de segurança do estado e principalmente pela população", acrescentou.
O presidente do Sinpol, Heleudo Moreira, disse que tem total confiança no trabalho que será desenvolvido pelo secretário e espera avanços na segurança pública, em especial nas ações em prol da policia Civil.

Lobão mantém conversas com Lupi para o PDT apoiar Edinho ao Governo do MA

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, vem mantendo um diálogo com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, para apoiar o seu filho, suplente de senador Edinho Lobão, ao Governo do Maranhão. As conversas entre os dois já estão bastante avançadas.
Lobão procurou Lupi e ofereceu a indicação de um nome para a suplência de senador na chapa do candidato do PMDB ao Senado, que será escolhido pelo grupo da governadora Roseana Sarney.
O dirigente do PDT ouviu a proposta do ministro e disse que só vai se posicionar após a definição do comunista Flávio Dino, em relação ao espaço que a legenda vai ter se apoiar sua pré-candidatura ao governo. Caso os novos pleitos exigidos pelo PDT não forem atendidos, o partido deverá seguir com o PMDB.
O certo é que uma aliança entre o PDT/PMDB ficará muito ruim para alguns pré-candidatos pedetistas que vivem criticando o Governo Roseana.
Só resta aguardar…

terça-feira, 20 de maio de 2014

Josilma Bogéa Assume a assessoria de comunicação da SSP-MA

Com uma larga experiência na área da comunicação, a publicitária Josilma Bogéa assumiu na manhã da segunda-feira(19), a convite do secretário de Segurança Dr. Marcos Afonso a coordenação de comunicação da SSP-MA, Josilma assume pela quarta vez a assessoria de comunicação da secretaria de segurança pública, pois antes foi assessora do secretário Raimundo Marques, Raimundo Cutrin, Eurides Vidigal, e agora o Secretário Marcos Afonso.

                           Josilma Bogéa e o repórter Stenio Johnny em visita as obras
                           de construção do presídio de segurança máxima

Sua trajetória na comunicação é marcada pela dedicação, responsabilidade, e um profundo conhecimento na área de segurança pública, tendo por tanto um bom desempenho nessa área. A publicitária Josilma Bogéa atualmente é coordenadora de comunicação da Sejap, onde permanecerá no cargo.
A sua garra, determinação, coragem e uma folha de serviços prestados  na área da segurança  no maranhão, fizeram com que o Secretário Marcos Afonso desse um voto de confiança ao seu trabalho, convidando-a para coordenar a assessoria de comunicação na SSP.
                                  
Convém lembrar que Josilma coordena os trabalhos na assessoria  de comunicação de três importantes secretárias na área de segurança, sendo duas no estado, Sejap e SSP e no município, a secretaria municipal de segurança e cidadania, que tem como secretário, o delegado Breno Galdino.
O Blog Sjnotícias deseja a Josilma Bogéa sucesso em seu trabalho a frente da assessoria de comunicação da SSP-MA

domingo, 18 de maio de 2014

Saiba o real motivo para Hildo Rocha não querer Fredson Froz na Secid

A queda de braço entre o presidente do TCE Edmar Cutrim e o ex-secretário de Cidades, Hildo Rocha pelo controle da Secid, tem apenas uma razão de ser: os convênios milionários celebrados pela Secretaria e que Rocha não pensa jamais em perder o controle.
Candidato a deputado federal, Hildo Rocha pavimentou sua candidatura rumo à Brasília firmando convênios com várias prefeituras. Grande parte da enxurrada do dinheiro foi liberado pelo secretário de Planejamento João Bernardo Bringel. Entre os convênios, ações do Programa “Viva Desenvolvimento Urbano”, com autorização de obras de melhoria da pavimentação e infraestrutura dos municípios maranhenses.
Hildo Rocha comandou pessoalmente toda negociação junto aos prefeitos. O acordo era pagar os convênios em três parcelas, sendo duas de 30% e a última de 40%.
Com a proximidade das eleições, Rocha teria feito a seguinte jogada: os prefeitos que não fecharam apoio à sua candidatura recebiam apenas 5% do combinado. Já os prefeitos que votam com ele, recebiam os 30% combinado.
Detalhe, para pagar os 30% para os seus prefeitos, HIldo Rocha usava os 25% que deveriam ser pagos aos gestores que não votavam com ele. No final das contas a operação não deixava furo, já que o restante do pagamento ficaria para depois do resultado das eleições, podendo ser pago ou não.
O esquema melou quando vários prefeitos prejudicados por Rocha, igaram para alguns aliados de peso do governo, entre eles Edmar Cutrim, para comunicar o que estava acontecendo. Esses gestores que não votavam com Rocha, votam candidatos aliados do governo e estavam se sentindo enganados pelo ex-secretário da Secid.
Pressionado, Rocha afirmou que a governadora Roseana Sarney tinha total conhecimento da operação. No mesmo instante, Roseana recebeu uma ligação e perguntada sobre a operação comandada por Hildo Rocha, ela disse não ter conhecimento.

Miséria política: a questão não é genética

O que significa a pré-candidatura de Edison Lobão Filho a governador do Maranhão? É uma piada? Um blefe? A absoluta falta de opção do PMDB? O fim do “grupo Sarney”? A certeza da derrota? É o resultado das sucessivas cagadas de Roseana? É um desejo do ministro de Minas e Energia? Um atrevimento de um “filhinho de papai”? Ou Sarney quer transferir o ônus, do iminente fracasso eleitoral? Ele quer dividir o “prejuízo” com Lobão? O coronel não interferiu nesta escolha? Tem alguém, no PMDB, querendo ajudar Flávio Dino?
Estas respostas só virão com o tempo... De concreto, podemos dizer que Edison Lobão Filho, o Edinho, é a cara da política conservadora do Maranhão. Um exemplo característico da nossa tragicomédia! É o típico parente de fulano, que ganhou; de mão beijada; um mandato no Legislativo ou no Executivo. A própria Roseana Sarney é um exemplo disso! O mais significativo! Figura absolutamente despreparada, tudo que conseguiu (incluindo quatro mandatos de governadora), deve ao imenso poder, as inúmeras fraudes e a absoluta falta de escrúpulos de seu pai e padrinho político. 

Estamos falando de uma prática que vem de longe e cada vez mais é agravada no Maranhão. Se dermos uma rápida espiada na composição da “nossa” Assembleia Legislativa, perceberemos a consolidação do modelo, com vários exemplares desta “espécie”... É o filho, a esposa, o irmão, o neto, o genro ou sobrinho de autoridades do Executivo, Legislativo e do Judiciário, que estão ali para garantir seus proveitos e proventos...
Alguns não abrem a boca! Outros são mais espertinhos. Têm os playboys, as dondocas, os bacharéis, as donas de casa, os técnicos... Mas, independente da escolaridade, desenvoltura e estilo, eles evidenciam que o nosso parlamento estadual tornou-se, em grande medida, num “empreendimento” privado! Num rápido levantamento percebemos que cerca de 60% da atual Assembleia têm exatamente este perfil, sendo formado pela parentela de governadora, senador, ex-governador, prefeito, prefeita, desembargador, membros da justiça federal ou de algum ex-deputado que passou o “espólio” (o “curral” e o “gado”), para um dos seus. E se formos para a Câmara Municipal de São Luís ou para a bancada maranhense em Brasília, encontraremos vários outros exemplares...
Estamos falando da negação da política... Ou então, da absoluta deturpação desta atividade, pois é feita longe da esfera pública e pensada apenas como negócio. É a exacerbação do patrimonialismo, junto ao profundo descaso com os anseios da população. Uma ideologia cristalizada por estes anos de Sarney (mafiosa, como bem lembrou Leonardo Boff) e que está espalhada por vários partidos, inclusive entre os alinhados com a “frente de oposição”, que hoje gravitam ávidos, em torno do pré-candidato Flávio Dino.
Neste pequeno editorial; o primeiro após Luis Fernando ser abduzido; vamos registrar uma declaração de Edinho Lobão, publicada no Imparcial, de 27 de abril de 2014. Indagado sobre uma suposta “empolgação” que haveria em torno da candidatura dele, o filho, afilhado e suplente do senador-ministro, respondeu: “Essa empolgação política se deve aos mais de 32 anos de trabalho da minha família. São 32 anos mostrando, o que a genética e a família Lobão fez pelo Maranhão...” (sic). Ele associou política com genética! Só os nazistas chegaram a tanto!
Edison Lobão Filho é um Senador da República! É um absurdo, mas é! Ele revela a face mais escandalosa da elite deste sonho penoso, chamado Maranhão. Terra hoje assolada pela violência generalizada e pela miséria social e política... Com Edinho na ribalta, alguns falam dos 30%... A coisa é bem pior. O pré-candidato do PMDB é apenas conseqüência de uma cultura política. De um modo de agir que, infelizmente, está alastrado entre governistas e em muitos da oposição conservadora. E obviamente, este não é um problema genético. A questão é ideológica. É de formação. Precisamos, realmente, de mudanças! E temos que lutar por ela! Sem medo de escancarar e discutir publicamente os problemas... A clandestinidade, neste caso, só favorece o atraso.
*Editorial da 52º Edição do Vias de Fato·