domingo, 11 de maio de 2014

Tucanos ficam com a vice e PDT deverá aceitar calado com o (R) entre as pernas

Ao anunciar aliança com o PCdoB, o PSDB mostrou quanto custou a fatura pela adesão ao projeto dinista. Os tucanos indicaram o deputado Carlos Brandão para compor a chapa de Flávio Dino na vaga de candidato a vice-governador. Com isso, o PDT – antes colocado como o partido que indicaria o vice do comunista – perde o espaço e deverá aceitar decisão.
Assim que anunciou que fechara com o PCdoB, o pré-candidato Aécio Neves garantiu que essa adesão traz junto o nome de Carlos Brandão para ser vice de Dino. “Estamos incorporando nesse esforço o companheiro Brandão, que estará ao lado de Flávio Dino como seu candidato a vice-governador”, disse Neves.
A decisão foi confirmada pelo pré-candidato Flávio Dino que ao deixar a entrevista coletiva disse que no ato político faria o convite oficial ao PSDB para indicar o vice. “Estamos aqui hoje [ontem] para convidar oficialmente o PSDB a indicar o vice”, afirmou Dino.
Com isso, o PDT está praticamente fora da disputa pela vaga de vice, apesar de alegar acordo firmado em 2012 que garantia esse espaço a sigla. Os pedetistas até tentaram pressionar escolhendo o nome do empresário Márcio Honaiser para ser vice de Dino.
Sobre o assunto, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, disse apenas que não estava sabendo da decisão de que Brandão será o vice de Flávio e garantiu que reunirá o partido para deliberar o que será feito.
“Esse é um fato novo pra mim eu tenho que reunir o partido para decidir o que a gente vai fazer. Eu não tenho ainda uma definição”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.