terça-feira, 24 de junho de 2014

13º dia: Sete seleções das Américas avançam na Copa

Esta é a Copa da América. Sete Seleções do continente se classificaram para as oitavas de final. Apenas da América do Sul, Brasil, Argentina, Uruguai, Chile e Colômbia passaram para a próxima fase. México e Costa Rica completam o grupo.


Ainda podem se classificar Equador, que precisa de vitória contra a França, e os Estados Unidos, que enfrentam a Alemanha. Honduras também tem chance, mas está quase eliminada.

Pelo cruzamento da segunda fase, certamente teremos uma equipe sul-americana nas semifinais.
Seleções europeias tidas como favoritas, como Espanha e Inglaterra, estão fora da Copa, mas Holanda e Bélgica tiveram bom desempenho e se classificaram. No sufoco, a Grécia também conseguiu passar de fase. O Velho Continente ainda tem chance com França e Alemanha, que está quase nas oitavas.
Uma das surpresas foi a saída da Itália ainda na primeira fase. Em jogo dramático nesta terça-feira (24) contra o Uruguai na Arena das Dunas, em Natal, a seleção tetracampeã foi eliminada da Copa do Mundo 2014 após perder por 1 a 0.
Com um jogador a menos desde o início do segundo tempo, a Itália lutou, o goleiro Buffon fez milagres, mas o Uruguai acabou vencendo. A Azzurra sentiu demais o cartão vermelho de Marchisio após falta em Arévalo Ríos e Balotelli decepcionou, saindo no intervalo.
Após a derrota, o técnico italiano Cesare Prandelli pediu demissão. Seu contrato valia até a Eurocopa de 2016. Ele assumiu a responsabilidade pelo fracasso na competição e culpou a expulsão pela derrota no jogo decisivo frente à Celeste. "O projeto técnico é de minha responsabilidade, e eu assumo toda ela. É injusto dizer que o projeto técnico não foi bem sucedido por culpa de um ou outro. A culpa e a responsabilidade são minhas."

'Vampiro' uruguaio

Pela terceira vez, o atacante da seleção do Uruguai Suárez deu uma mordida em um rival em campo. A vítima da vez foi o zagueiro italiano Chiellini, que se revoltou com a atitude do jogador da Celeste e mostrou as marcas no ombro para o árbitro, o mexicano Marco Rodríguez, que não puniu o uruguaio.


O primeiro ataque do "vampiro uruguaio" foi registrado em novembro de 2010 quando, jogando pelo Ajax, Suárez mordeu o atacante Bakkal, à época no PSV. No ano passado, o zagueiro sérvio Ivanovic, do Chelsea, foi alvo do atacante em um clássico com o Liverpool pelo Campeonato Inglês. Ao final da partida desta terça, Suárez disse que não houve nada, que "são coisas do jogo"


Culpa do Mick Jagger

Foi só o vocalista dos Rolling Stones apostar na Itália como campeã do Mundial 2014 para a Azzurra dar adeus à competição. Na noite de sábado (22), ao fazer um show para quase 60 mil pessoas no Circus Maximus, em Roma, Mick Jagger falou em italiano: “A Itália vai vencer a Copa do Mundo. Acho que vocês vão derrotar o Uruguai por 2 a 1”. Não deu outra.

A fama de pé-frio de Jagger vem desde a Copa passada, e a Itália é a sexta seleção vítima da 'maldição' do cantor. Ele já havia dado azar ao seu próprio país, a Inglaterra, e a outras quatro equipes pelas quais já declarou simpatia.
Costa Rica em 1º

Na outra partida pelo grupo D, Costa Rica e Inglaterra jogaram em clima de confraternização no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, e terminaram no 0 a 0. Grande surpresa do torneio até o momento, a equipe latino-americana fechou a primeira fase como líder do grupo da morte, deixando para trás três campeões mundiais.

Os ingleses, já eliminados, jogaram sob os olhares do príncipe Harry, que estava no estádio. O técnico optou por uma formação com seus jovens talentos para o Mundial de 2018.
Na torcida, os ingleses mais uma vez chamaram a atenção. Usando mini maiôs semelhantes ao do personagem Borat, do comediante britânico Sacha Baron Cohen, ao menos três torcedores foram bem "à vontade" para o estádio na capital mineira.

Colômbia goleia
Com o jogador mais velho a disputar uma Copa, Farid Mondrágon, a Colômbia fez 4 a 1 contra o Japão, em Cuiabá.
Aos 43 anos, o goleiro reserva superou a marca estabelecida por Roger Milla, o camaronês que em 1994, aos 42 anos, disputou o Mundial dos Estados Unidos.
Com os gols de Cuadrado, de pênalti, James Rodríguez e dois de Jackson Martinez, os cafeteros despacharam os nipônicos. O único gol japonês foi marcado por Okazaki.
Nas oitavas de final, a Colômbia agora enfrenta o Uruguai, que ficou com a segunda vaga do Grupo D após uma dramática vitória sobre a Itália, na tarde desta terça. A partida será no próximo sábado, às 17h (de Brasília), no Maracanã.
Vaga inédita

A Grécia conquistou, pela primeira vez, uma vaga nas oitavas de final. A seleção venceu a Costa do Marfim no Estádio Castelão, em Fortaleza, por 2 a 1, com direito a gol da vaga marcado por Samaras aos 47 minutos da etapa final, de pênalti. 


Invasão argentina

Nesta quarta-feira (25), a Argentina enfrenta a Nigéria no Beira-Rio, em Porto Alegre, que já vê uma invasão de torcedores argentinos. Mais de 100 mil são esperados, segundo a polícia.

Muitos estão dormindo em carros, como Dario Fischer. "Não é confortável, mas é divertido. Estamos entre amigos, vivendo uma aventura. Tem gente em piores condições."
Um acampamento foi montado na externa do Parque Maurício Sirotsky Sobrinho, na capital gaúcha, e já contabiliza 2,5 mil pessoas.
Desde o início do mês, 13 argentinos foram impedidos de entrar no Brasil pelo Rio Grande do Sul por estarem na lista de barras-bravas, torcedores com histórico de violência. Somente na segunda-feira (23), 3 mil argentinos passaram pela aduana em Uruguaiana, que faz fronteira com Paso de Los Libres.
Aniversário MessiO argentino Lionel Messi, um dos melhores do mundo, comemorou o aniversário no Beiro-Rio, sem nenhuma festa especial.
"Muito obrigado por todas as mensagens de parabéns. Meu presente perfeito este ano seria ganhar a Copa, mas vamos passo a passo. Primeiro, vamos nos concentrar em ganhar a partida de amanhã (quarta-feira) e terminar como líder do grupo", disse o jogador.
Feriado no Rio
Em razão do jogo desta quarta (25) no Maracanã, entre Equador e França, a Prefeitura do Rio decretou feriado na cidade. Segundo o governo de Eduardo Paes, a folga foi um pedido das Forças de Segurança.
"Há essa necessidade para que as Forças de Segurança realizem o trabalho. Por isso, as ruas que eram fechadas seis horas antes dos jogos serão fechadas sete horas antes, e as que fechavam quatro horas antes fecharão seis horas antes. Com isso, as ruas já seriam fechadas às 10h da manhã e, por isso, a prefeitura optou por estender o feriado", explicou o diretor de operações Joaquim Dinis.
Pós-jogo em São Paulo

Os moradores da Vila Madalena, na Zona Oeste de São Paulo, passaram mais uma manhã limpando a sujeira deixada por torcedores. Milhares têm escolhido o bairro boêmio para acompanhar os jogos da Copa.

Além dos carros pipa da Prefeitura, espaços escolhidos como “mijódromos” estão por toda parte e eram lavados nesta terça-feira (24). O cheiro de urina, no entanto, insistia em permanecer por toda a parte.
http://ads.img.globo.com/RealMedia/ads/Creatives/default/empty.gif

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.