segunda-feira, 2 de junho de 2014

Rodoviários afrontam a Justiça e decidem manter greve

Categoria diz que manterá movimento mesmo com decisão do TRT considerando greve ilegal; temendo punições mais severas, alguns rodoviários já voltaram ao trabalho e ônibus circulam pela cidade
rodoviários
(Foto: Biné Morais/O Estado)
12h01Os rodoviários em greve decidiram, há pouco, manter a paralisação da categoria em São Luís, que já vai para o 12º dia – sete deles com 100% da frota recolhida às garagens.
Em assembleia geral realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (Sttrema), os grevistas resolveram que, mesmo com a decisão do TRT, que considerou ilegal a greve (reveja), e com a saída de alguns ônibus das garagnes (veja aqui), oficialmente o movimento está mantido.
Tecnicamente, os grevistas estão obrigados a retornar aos postos de trabalho. Se isso não ocorrer, o SET está sujeito ao pagamento de multa diária de R$ 100 mil, por isso a desembargadora Solange Cordeiro, do TRT, autorizou os patrões a fazer contratação emergencial de motoristas e cobradores para conseguir colocar os ônibus nas ruas.
Quem não retornar ao trabalho também pode ser responsabilizado cível e criminalmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.