quarta-feira, 29 de outubro de 2014

GTM do 1º BPM aponta uma redução significativa nos índices de violência

Foto: J. ROBERTO
Uma equipe preparada e aperfeiçoada para atuar em horários específicos, bem como, as principais áreas de maior índice de violência, o Grupo Tático Móvel (GTM) do 1º Batalhão da Polícia Militar, nasceu com uma política de segurança para fortalecer e intensificar o policiamento ostensivo e, principalmente, garantir a tranqüilidade da população.

Do mês de Junho a Outubro, o Grupo Tático Móvel, dentro das áreas de policiamento, realizou 166 conduções, sendo 65 flagrantes de variados crimes; 7 Termos Circunstancial de Ocorrência (TCO) e 93 Boletins de Ocorrência; a apreensão de 171 frascos de loló, 285 papelotes de maconha 885 petecas de crack e 35 armas de fogo.  
      
  Segundo o aspirante Weyber Christyan Januário Lima, oomandante do GTM do 1º BPM, o trabalho que vem sendo realizado pelo Grupo, desde o inicio do mês de junho, já aponta uma redução significativa nos índices de violência. Ainda segundo ele, os policiais militares que foram selecionados para essa equipe, tem como base o aperfeiçoamento e o treino tático para atuar em situações específicas.

 “Trabalhamos com estudos diferenciados relacionados a operações estratégicas vinculadas a teoria e prática, tendo em vista a realização de reuniões para definir as áreas de patrulhamento. As equipes foram definidas pelos trabalhos destacados dentro do Batalhão com a finalidade de melhorar o policiamento e dá segurança a comunidade”. Disse Weyber Lima.

Policiamento

Dentro da área de patrulhamento, o 1º BPM, juntamente com as companhias e equipes especializadas, atua em mais de 200 bairros, sendo ligados aos eixos Itaquí Bacanga, as Vilas Maranhão e Lobão, parte do São Cristovão e João de Deus.

Como estratégia de atendimento, o batalhão através do GTM, também realiza um policiamento diferenciado destinando uma viatura e uma motocicleta enfocando o patrulhamento de grupo, com o objetivo de dá rapidez e agilidade nas ocorrências.

O GTM do 1º, 6º e 9º e a Equipe Tática Albatroz atuam também de forma conjunta realizando a Operação Cerco Total no fim de semana e em dias de maior incidência criminal. O Grupo Tático e a Força Nacional integram ainda, a Operação Maranhão Seguro, que é deflagrada em dias específicos. 
      
Para o Major Ilmar Lima Gomes, comandante do 1º BPM, a força do GTM é fruto de um trabalho árduo por policiais treinados e capacitados para atuar em situações de risco. “Eles passam por cursos de Instruções de Tiro, Técnicas Policiais, Teorias Legislativas entre outros, além de estudar os principais locais de violência.

O nosso principal objetivo é aperfeiçoar a tropa cada vez mais, assim como, valorizar o trabalho realizado por eles”. Frisou o oficial.

Criação

         O Grupo Tático Móvel (GTM) foi criado pelo Coronel José Frederico Gomes Pereira, que na época comandava o 9º BPM. O intuito foi criar um policiamento que fizesse a diferença nas abordagens e atuar nas regiões com maior índice de criminalidade.          

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.