quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

DEPUTADO CABO CAMPOS DEFENDE PAGAMENTO DE FOLGA REMUNERADA DE PM ANTECIPADA EM 48 HORAS.

Foto/ J.Roberto
No terceiro dia de plenária da Assembleia Legislativa (11), o deputado estadual Cabo Campos (PP), destacou o envio à Mesa Diretora da Casa o projeto de Lei, que altera a lei 9663/2012 referente à segunda folga remunerada para os policiais militares e da jornada extra do Policial Militar.

O projeto consiste, na inclusão de um artigo que estabelece o depósito antecipado em 48 horas do dinheiro na conta do policial militar. Muitos são os benefícios que a Lei trará aos servidores militares, segundo Cabo Campos dos 16 policiais militares que morreram no ano de 2014, nove chegaram a falecer fazendo “bico”.

Para o deputado, esta lei preservará o que a de maior valor que é a vida, tendo a realidade que Policial Militar estará respaldado pelo poder do Estado em seu serviço. “Tenho certeza que a folga remunerada dos PMs nessas condições a que proponho será mais atrativa que os “bicos”, em empresas, eventos e serviços contratados por particulares. A nossa realidade hoje, é que o policial que faz o bico, em qualquer lugar na empresa privada, recebe o valor pecuniário no ato e, com Lei nº. 9.663, ele trabalha para receber depois de um mês sendo que muitas vezes o valor não condiz com a realidade paga pelos empresários. O que buscamos nessa proposta de Lei, é a valorização do nosso policial” declarou Cabo Campos.

O parlamentar informou ainda que irá apresentar à Mesa Diretora uma indicação, em caráter de urgência, pedindo ao governador do Estado, Flávio Dino, que mude a escala de serviço dos policiais militares e bombeiros militares, e assim não os coloquem para trabalhar em uma carga horária de 24 por 24 no período de carnaval. “Não podemos cometer os erros do passado, quando a escala de serviço dos policiais militares era diminuída por conta do carnaval. Não se pode, pegar um cidadão, trabalhador da segurança pública e sacrifica-lo por conta de uma festa.  Fazer isso é pedir para ter ocorrências com o policial militar, pois eles são seres humanos como nós, essa carga de trabalha exaustiva não é boa para os nossos policiais”, ressaltou Cabo Campos.

Ao final do seu discurso, o deputado Cabo Campos foi parabenizado pela deputada Graça Paz (PSL), onde destacou sua luta incansável por uma segurança pública de qualidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.