terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Governo anuncia para março convocação dos mil excedentes da PM para teste de aptidão física

Dando continuidade as medidas anunciadas pelo governo do Estado, foi confirmada para março a convocação dos mil excedentes do concurso da Polícia Militar para realização do teste de aptidão física. O anúncio foi feito pelo próprio Governador Flavio Dino, durante pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa na tarde de segunda-feira (02).  

De acordo com governador, o objetivo vai além de abastecer o estado com novos agentes, promovendo  consequentemente um maior efetivo para as pequenas cidades do interior. “Não só atividades repressivas serão tomadas, mas também ações conjuntas com educação e o social. A repressão ao tráfico de drogas e as quadrilhas que ameaçam a população já vem sendo intensificadas pela Secretaria de Segurança”, ressaltou.  Segundo ele, o governo realiza semanalmente reunião com a cúpula de segurança para ações que reflitam na diminuição da criminalidade no estado.

Ainda sobre as medidas voltadas à Segurança Pública, foram colocados em pauta o projeto de lei que irá rever direitos dos policiais, entre eles questões de transferências e promoção da categoria, que está sendo elaborado por uma comissão e com prazo de 90 dias para ser levado à apreciação da Assembleia Legislativa; o seletivo para retirada dos serviços terceirizados do sistema penitenciário com 1300 vagas e que irá desafogar consideravelmente os cofres do estado; e ainda a chamada posterior de mais candidatos, além dos mil, para o reforço da polícia.

Os apoios da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Departamento Nacional de Trânsito (Detran)  também foram destacados pelos trabalhos intensivos de prevenção aos acidentes através da fiscalização do trânsito e da operação Lei Seca.

Presenta a ocasião, o secretário de Segurança Jefferson Portela, acredita que o conjunto de medidas anunciadas é importante para o estado e demonstram a preocupação da gestão em programas que solucionem os problemas.  “No estado é novidade uma reunião semanal com o governador junto à cúpula de segurança, o que nos permite respostas mais rápidas e positivas à população. Todas as medidas tratadas nessas ocasiões já foram encaminhadas à casa civil e distribuídas aos órgãos competentes para atendimento das reivindicações”, frisou o secretário.

O deputado estadual eleito Cabo Campos, que sempre atuou nas causas voltadas à valorização da Polícia do Maranhão, destacou o diálogo com a categoria como maior passo dessa nova gestão. “Por mais esforço que esteja sendo feito somos ainda o menor efetivo do país, porém as medidas anunciadas pelo governo nos enchem de esperança e de força para lutar em conjunto”, explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.