segunda-feira, 29 de junho de 2015

Agora Lascou Arraial Maldito foi considerado O pior do Nordeste, “isto” é o arraial oficial do município de Raposa


11653434_877577458989091_1615062088_n
Enquanto milhares de pessoas lotam os diversos terreiros juninos espalhados pelos municípios que compõem a Região Metropolitana de São Luís, a população de Raposa não tem o mesmo privilegio e tem como opção uma penumbra instalada no Porto de Braga apelidado de Arraial.
A prefeitura que deveria organizar a festa junina alega que não possui recursos para custear um Arraial, que segundo  aliados é muito caro.
Restou ao irmão do Presidente da Câmara, o promoter Edinaldo da Silva Barros, conhecido popularmente como “Dim”, ficar na organização do período junino em detrimento da Prefeitura local, que mais uma vez fugiu da responsabilidade.
O titular do blog esteve no local que está sendo apelidado na Cidade de “Arraial do Pânico” por uns e “Arraial Maldito”, por outros. Sem estrutura, o espaço foi ‘implantado’ em cima de uma quadra de beach soccer (futebol de areia) num terreno de propriedade do município localizado na Rua da Paz, ao lado do CIMAR – Centro de Instrução do Mar, no Porto do Braga.
Areia no meio da canela, banheiros inapropriados sem as minimas condições de higiene e barracas sem qualquer padronização, revelam que o Arraial não passa de uma imundície, que nem de longe é digno de receber os cidadãos raposenses que buscam a origem da festa junina, nas histórias, tradições, festejos e comidas típicas.
Ao blog, Dim Barros justificou que a falta de estrutura do local é consequência do Prefeito Clodomir de Oliveira(PRTB) não ter apoiado a causa. “Até a fiação elétrica que a Prefeitura prometeu não chegou no Arraial. A decoração também não tem pela falta de recurso, a medida que eu ganho dinheiro com a venda de bebidas compro o que está faltando”,disse.
okok1Sobre a programação com as brincadeira juninos tipo danças portuguesas, cacuriá, bumba meu boi e quadrilha que enche de brilho os arraiais dos demais município, “Dim” explicou que não existe cronograma de apresentação. Mas revelou que possuiu liberações (laudos) tanto do corpo de bombeiros, quanto do CREA –  Conselho Regional de Engenharia.
“Isso é uma vergonha, a Prefeitura alega que não tem dinheiro para organizar uma arraial decente, mas a primeira dama esbanja uma Toyota Hilux SW4 de cor branca na sua garagem”, disse a doméstica Irenice Silva, 42 anos, moradora do bairro do Inhaúma.
O blog tentou contato com o secretário de Cultura, Jose Santos Sousa, no entanto, as ligações não foram atendidas. O assessor chefe de comunicação da Prefeitura, senhor Udes Filho, até atendeu a ligação mas não quis falar sobre o assunto.
Do: Blog Gilson Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.