sexta-feira, 27 de novembro de 2015

SPCI prende traficantes e apreende armas, drogas e munições em Tutóia

A Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), por meio da Delegacia de Tutóia, realizou, nesta sexta-feira (27) a segunda fase da “Operação Varredura”, na zona rural do município.

A ação contou com apoio de 25 homens das policias civis de Araioses, Brejo, Magalhães de Almeida, São Bernardo, Santa Quitéria e militares de Araioses, Paulino Neves e Tutóia.

De acordo com o delegado Bruno Madson Marques Moura, titular do Distrito Policial de Tutóia, a investigaçã já vinha sendo realizada há dois meses.

“A investigação durou dois meses. A deflagração dessa operação só foi possível por causa do recebimento de denúncias anônimas”. Ainda segundo o delegado, “o apoio dado pelos colegas policiais da cidade e de cidades vizinhas foi essencial para o sucesso da ação”.

Durante a operação, foram presos Francisco Eudes Martins, por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo; José Ribamar Pereira Nascimento, por tráfico de drogas; Francisco Figueiredo, por posse irregular de arma de fogo e Raimundo Nonato, por comércio de munições.

Todos permanecem à disposição da justiça na Delegacia de Tutóia.


O delegado Bruno Madson disse que o suspeito de tráfico José Ribamar Pereira chegou a empreender fuga ao perceber que as viaturas se aproximavam de sua casa, que funcionava como ponto de venda de drogas.

Ele foi alcançado e capturado pelos policiais. Além das prisões, a polícia conseguiu apreender dois revolveres calibre 38, seis espingardas, munições, drogas e balança de precisão.

Na primeira fase da operação, realizada na quarta-feira (25), os policiais prenderam dois comerciantes que vendiam munições no município.

Os dois possuíam estabelecimentos fixos no bairro Barra e na região central.

O superintendente de Polícia Civil do Interior, Dicival Gonçalves, disse que operações como esta acontecem frequentemente em todo o estado.

“Essas operações são rotineiras no interior do Maranhão e de fundamental importância para o combate à criminalidade”.  

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Remi Trinta se reúne com juventude para discutir futuro do município de Palmeirândia.


Discutir ideias e propostas que possam levar o município de Palmeirândia ao crescimento, fomento na qualidade de vida e ao protagonismo no cenário  estadual foi o objeto do encontro que o ex-deputado federal Remi Trinta promoveu na última quarta-feira (18) em seu gabinete. Junto à juventude do município foram debatidas ações para nortear os rumos do município nos próximos quatro anos.

Segundo o ex-deputado Remi Trinta, e preciso debater a situação que hoje vive o município. 

“Esses jovens me procuraram preocupados com a situação que o município de Palmeirândia vive hoje, e tenho alertado para a necessidade da busca da unidade das forças politicas para esse objetivo. É necessário que debatamos, para chegarmos a uma pauta que venha trazer ações afirmativas ao município”, disse Remi Trinta.

Remi ainda falou de suas pretensões politicas, onde afirmou de sua sensibilidade quanto ao município. “Tenho orientado buscar nomes mais jovens, mas tenho sensibilidade quanto a minha terra. O foco aqui é o município de Palmeirândia, seu desenvolvimento. Futuro politico é consequência do que o povo do município escolher. Acredito que todos receberam esta mensagem com alegria e saíram confiantes para seguirmos crescendo juntos pelo bem de Palmeirândia”, afirmou Remi Trinta.

Nessa reunião também foi discutida a confraternização que ocorrerá dia 06 de novembro, onde ocorre anualmente tendo como base a juventude e os desportistas do município. “Essa será uma oportunidade para nos confraternizamos e também discutimos a situação do nosso município. Já faço o convite a todos de Palmeirândia a estarem conosco”, comentou o ex-deputado Remi Trinta.

O Encontro contou ainda com a presença de diversas lideranças entre elas Orlando que muito já prestou assistência ao município. “Essa é uma ótima oportunidade para discutimos o futuro do nosso município. A juventude é a força do nosso município. Estou confiante por dias melhores”, disse Orlando.






SAIBA QUEM SÃO OS PIORES DEPUTADOS ESTADUAIS DO MARANHÃO


Esses seis deputados que aparecem na foto em cima, são considerados pela imprensa de forma geral, como os piores parlamentares que Assembleia Legislativa do estado do Maranhão tem.
Muitos considerados os mais faltosos, inexpressíveis e pouco atuantes. São eles: Carlinhos Florêncio; Edson Araújo; Francisca Primo; Hemetério Weba; Josimar de Maranhãozinho; Paulo Neto.
Deputados igual a esses não representa o povo do Maranhão.

Fonte: blogdokielmartins

Atenção Raposa-Governo do Estado e IFMA firmam parceria para oferecer cursos de qualificação para artesãos


O Governo do Maranhão e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) firmaram parceria para a oferta de cursos de qualificação para artesãos. Os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) capacitarão, aperfeiçoarão e atualizarão os artesãos maranhenses sobre noções empresariais, marketing e aperfeiçoamento de técnicas nas modalidades presencial e a distância.

Segundo a secretária de Estado do Turismo, Delma Andrade, a iniciativa de buscar meios para que os artesãos se qualifiquem cada vez mais, parte dos princípios do Programa ‘Mais Artesanato’, que será lançado pelo governador Flávio Dino na abertura do I Seminário Estadual do Artesanato do Maranhão, a ser realizado de 9 a 11 de dezembro, em São Luis.

“O programa visa o incentivo, a capacitação e o desenvolvimento das diferentes competências dos artesãos, sempre focando na melhoria do que é produzido Maranhão. O Mais Artesanato dará a oportunidade de elevar o nível cultural, profissional, social e econômico dos mais de 10 mil artesãos maranhenses”, explicou a secretária.

Ainda de acordo com a gestora, contar com o apoio do IFMA legitima a proposta de buscar um futuro de valorização dos artesãos. “Capacitar, orientar e estimular o desenvolvimento do artesão é um passo fundamental para aprimorar o trabalho dos artistas que fazem o artesanato em nosso estado. Com essa iniciativa, o próprio artesão deixará de encarar o artesanato como um complemento de renda para encarar a atividade como fonte principal, e, consequentemente, torná-la um fator de desenvolvimento da economia local”, completou Delma Andrade.

O diretor-geral do Campus IFMA do Centro Histórico de São Luís, Prof. Carlos Alexandre Araújo, afirma que a oferta dos cursos para artesãos implementarão a prática no estado. “Os cursos tem por objetivo capacitar e desenvolver as diferentes competências do artesão para a melhoria do que é produzido. Em diferentes escalas de 80 a 200 horas de aula, cada módulo visa o aperfeiçoamento do produto final, mas sem deixar de considerar o conhecimento e saberes que os artesãos adquirem ao longo da vida”.

Os cursos serão oferecidos, inicialmente, no campus do centro Histórico de São Luís, devendo se estender para os de São José de Ribamar, Barreirinhas e Carolina no decorrer do próximo ano. A oferta dos cursos aguarda apenas definições técnicas de ementa para ser iniciada.

Mostra Literária do ColégioMilitar Tiradentes

O Colégio Militar Tiradentes I, escola do Sistema Estadual de Ensino, no bairro Vila Palmeira, realiza nestaquarta-feira (25), a partir das 13h, a VI Mostra Literária. O evento é resultado do projeto pedagógico do Ensino Médio, que neste ano terá o tema: Identidade Cultural.

A mostra contará com apresentações teatrais, dança, música e literatura focadas na leitura e letramento, envolvendo todos os estudantes do Ensino Médio. O objetivo geral é refletir sobre a identidade cultural a partir dos vários gêneros textuais que circulam no meio sociocultural.

DONO DO CABARÉ BAMBAM, MATIAS PANCADÃO É PRESO PELA POLICIA FEDERAL


O Empresário Matias Pancadão, conhecido por atuar no ramo do entretenimento adulto, Dono do famoso cabaré BAM BAM BAM, foi preso na manhã desta terça-feira (24), pela equipes da delegacia da Polícia Federal (PF)  suspeito de fazer parte de uma quadrilha que cometia crimes contra previdência no Estado do Maranhão.

Em Vargem Grande a PF cumpriu desde as primeiras horas da manhã mandato busca e apreensão na casa do Empresário, e em São Luis Matias foi conduzido até a sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos.
Pancadão que se diz pré-candidato a prefeito do Município de Vargem Grande, agora terá dificuldade em sua possível candidatura no Município, já que sua imagem vai ter um grande desgaste.

Esquema

As investigações tiveram início em 2012, quando foi identificado o esquema criminoso em que são falsificados documentos públicos para fins de concessão de benefícios de amparo social ao idoso, cujos titulares eram pessoas fictícias criadas pela associação criminosa para possibilitar a fraude.

Ainda de acordo com a PF, a organização criminosa atuava desde 2010. Um servidor do INSS, funcionários do Banco do Brasil l, Caixa Econômica Federal e dos Correios participavam da quadrilha, concedendo e atualizando benefícios, atuando na abertura de contas-correntes, realização de prova de vida, renovação de senhas bancárias e efetivação de empréstimos consignados.

Caxias/MA – A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ministério do Trabalho e Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou na manhã desta terça-feira (24) a operação Quilópode* com a finalidade de reprimir crimes previdenciários nas cidades maranhenses de Caxias, Codó,São Luis, Vargem Grande, Presidente Dutra, Barreirinhas e Paço do Lumiar, e em Teresina/PI. O prejuízo inicialmente identificado é de quase R$ 11 milhões.

Cerca de 100 policiais federais e 05 servidores do Ministério da Previdência Social cumpriram 10 mandados de prisão preventiva, 22 de busca e apreensão e 05 de condução coercitiva, além do sequestro e arresto de bens e valores. 

Dentre os mandados judiciais consta, ainda, a determinação para que o INSS suspenda o pagamento de 288 benefícios assistenciais com graves indícios de fraude, submetendo-os a procedimento de auditoria.

As investigações, iniciadas no ano de 2012, levaram à identificação de um esquema criminoso no qual eram falsificados documentos públicos para fins de concessão de benefícios de Amparo Social ao Idoso, cujos titulares eram pessoas fictícias criadas pela associação criminosa para possibilitar a fraude.

A organização criminosa atuava desde 2010 e contava, ainda, com a participação de um servidor do INSS responsável pela concessão e atualização dos benefícios, além de funcionários de vários bancos que atuavam na abertura de contas correntes, na realização de prova de vida, na renovação de senhas bancárias e na efetivação de empréstimos consignados.

sábado, 21 de novembro de 2015

Polícia prende traficantes e apreende 7 kg de crack na Raposa


Durante a noite desta sexta-feira (20), foi desencadeada uma operação da Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), que resultou na prisão de Lucivaldo Mendes Peje, vulgo “Zé comprido”, de 61 anos, de Alfredo Rodrigues Soares, vulgo “colombiano” de 43 anos e de Glayce Kelly da Silva Monteiro, de 23 anos , suspeitos pelo crime de tráfico de drogas na cidade de Raposa .

De acordo com o delegado Carlos Alessandro, coordenador da operação, dos três que foram presos dois já eram investigados pela polícia. 

Em 2014, Lucivaldo foi preso em decorrência de ter participado na morte do policial militar Cabo Carlos Magno que ocorreu em dezembro de 2013. 

Já Alfredo foi preso no ano de 2006 pelo crime de tráfico internacional de drogas.
Durante a prisão dos suspeitos, foi aprendido cerca de 7 quilos de uma substância semelhante ao crack, uma quantia em dinheiro (resultado provável da venda de entorpecentes) e um carro prata Honda Civic.

Todo esse material e envolvidos foram levados para a sede da SEIC na capital para procedimentos de flagrante e formalidades da prisão e, em seguida, serão enviados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

domingo, 8 de novembro de 2015

RAPOSA: ECO FOX 2015 corrida de aventura dia 10/11

RAPOSA: ECO FOX 2015 corrida de aventura dia 10/11
Contato: 98-99611-8013

Governo entrega Unidades Odontológicas Móveis a municípios maranhenses

confira os municípios que receberam 28 odontomóveis

Ministério da Saúde e Governo do Estado entregam 28 Unidades Odontológicas Móveis aos municípios maranhenses‏.
Foto1_KarlosGeromy_Unidade movel odontologica_Fotos_Karlos GeromyOs moradores de comunidades rurais, quilombolas e indígenas do Maranhão que precisavam percorrer quilômetros para ter acesso às ações de promoção e prevenção da saúde bucal agora contam com 28 Unidades Odontológicas Móveis que atenderão diferentes regiões do estado.
A coordenadora nacional de Saúde Bucal, Rosângela Camapum, e o governador Flávio Dino entregaram a 28 municípios maranhenses as Unidades Odontológicas Móveis, do programa federal Brasil Sorridente. No evento, a representante do Ministério da Saúde anunciou que ainda serão entregues novas unidades, totalizando 40 consultórios móveis no estado.
“O Ministério da Saúde continuará com os programas de capacitação das equipes bucais no Maranhão e reforçaremos o apoio aos Centros de Especialidades Odontológicas, laboratórios de próteses dentárias e novas unidades móveis para alcançar outras regiões do estado”, disse a coordenadora nacional.
Segundo a representante do Ministério da Saúde, as 28 unidades odontológicas são capazes de realizar até 14 mil procedimentos por mês. Os consultórios possuem cadeira odontológica, compressor, raios-x, autoclave e os materiais necessários para que sejam realizados os principais procedimentos em atenção básica.
“Esse é mais um passo importante na nossa política de saúde, com ênfase na ação preventiva e atenção primária. São consultórios que irão até os bairros e povoados distantes levando dignidade e saúde para todos”, afirmou o governador Flávio Dino.
O chefe do departamento de Atenção à Saúde Bucal, Allan Patrício, explicou que as unidades funcionam como um consultório com todo aparato necessário para um atendimento odontológico. Procedimentos como limpeza, restauração, extração de dentes, prevenção e cuidados com a saúde bucal serão realizados dentro das unidades móveis.
Ao todo 40 municípios do Estado serão beneficiados. Nesse primeiro momento, receberam as unidades os prefeitos dos municípios de Amarante do Maranhão, Anajatuba, Bacurituba, Buriti, Cajapió, Cajari, Centro Novo do Maranhão, Feira Nova do Maranhão, Formosa da Serra Negra, Governador Newton Bello, Itaipava do Grajaú, Milagres do Maranhão, Morros, Palmeirândia, Parnarama, Paulino Neves, Pedro do Rosário, Peritoró, Primeira Cruz, Santa Luzia, Santo Amaro do Maranhão, São Vicente Férrer, São Félix de Balsas, São Francisco do Maranhão, São João do Sóter, São Luís Gonzaga do Maranhão, Serrano do Maranhão e Sítio Novo.

Câmara aprova projeto de Sarney Filho que mantém o defeso

Brasília – O plenário da Câmara dos Deputados derrubou on­tem a portaria do governo que suspendeu por 120 dias o período do defeso no país – em que a pesca é proibida por conta da reprodução dos peixes. O líder do Partido Verde, deputado Sarney Filho (PV-MA), um dos autores do projeto de decreto legislativo (PDC), afirmou que o governo, a pretexto de realizar auditoria no seguro defeso pago aos pescadores, está colocan­do em risco a produção do pescado e o trabalho das populações ribeiri­nhas.
Contrariando pedido do líder do governo, José Guimarães (PT-CE), que queria retirar a proposta da pauta de votações, 191 deputados aprovaram o texto, que agora será discutido no Senado.
“O defeso é cientificamente comprovado. É o período da piracema e das desovas. Se nós inviabilizarmos isso, se apreendermos o peixe com a ova, em período de fertilidade ou de reprodução, estaremos inviabilizando a reprodução animal e inviabilizando a economia”, afirmou o líder.
“Hoje estamos vivendo uma crise hídrica no país. Rios, como o São Francisco, estão secando e os estoques de peixe estão cada vez mais ameaçados. Com a suspensão do defeso, esta situação ficará ainda mais grave”, reforçou o líder.
Recadastramento – Para o parlamentar, não faz sentido suspender o defeso por causa “de um desleixo administrativo que deu origem às irregularidades”. O governo justificou a necessidade de editar a portaria para acabar com excessos no pagamento do seguro-defeso. A portaria prevê o recadastramento dos pescadores artesanais e a revisão dos períodos de defeso.
O deputado apresentou na semana passada pedido de urgência para a votação do projeto. “Desde que a portaria dos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente foi publicada, há quase 20 dias, procuramos negociar com o governo para que o defeso fosse mantido, mas nada avançou”.
Peixes ovados – Em apoio à posição de Sarney Filho, o deputado Pauderney Avelino (DEM-AM) alertou que desde a vigência da portaria interministerial estão aparecendo nos mercados de Manaus peixes ovados. “Com a suspensão do defeso, estamos correndo sérios riscos de comprometimento da biodiversidade e das safras dos próximos anos”, afirmou.
O deputado Padre João (PT-MG) também defendeu a propos­ta de Sarney Filho. “Demorou mui­to para que os pescadores passassem a respeitar a reprodução dos peixes e agora vamos liberar a pesca?”, questionou.
O deputado Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) lembrou que nos rios da Amazônia, por exemplo, a medida é absolutamente destrutiva. “Significa matar a galinha dos ovos de ouro. Se o governo quiser discutir a fraude no cadas­tro do defeso, nós estaremos aber­tos. Se paga R$ 3 milhões e isso puder ser reduzido, vamos fazer um novo cadastramento. vVamos pagar para quem efetivamente é pescador”, defendeu.