quinta-feira, 30 de junho de 2016

Sem apoio da Prefeitura pescadores fazem festa na Raposa

Sem apoio da Prefeitura pescadores fazem festa na Raposa

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Secs-Balaio de Sotaques Sesc anima fim de semana

A temporada junina do Sesc chega ao seu ápice neste fim de semana com atrações nas Unidades Deodoro, Turismo, Itapecuru e Raposa. Na sexta-feira (24), Dia de São João, o Balaio de Brincadeiras resgatou as tradicionais brincadeiras juninas e abriu a programação no Sesc Deodoro. Em Itapecuru-Mirim, a festança foi comandada pelos alunos do Programa de Habilidade de Estudos (PHE) e Educação de Jovens e Adultos (EJA. No Sesc Turismo, as simpáticas integrantes do Trabalho Social com Idosos interagiram com o público na apresentação do Boi Brilho do Sesc. No sábado (25), o Sesc Comunidade recebeu os moradores da Raposa para a celebração das tradições culturais do São João.

As festas juninas não envolvem apenas comidas e bebidas típicas, mas uma série de brincadeiras especiais para a celebração de São João. Mais um ano, os alunos da Educação Infantil do Sesc participaram dois dias do Balaio de Brincadeiras que tem como objetivo resgatar a tradição cultural do sertanejo praticamente desconhecida embora muito divertida. As brincadeiras escolhidas foram: tomba-lata, passa chapéu, ovo na colher, pula fogueira e pescaria.

No Sesc Turismo, as integrantes do Trabalho Social com Idosos do Sesc abriram a agenda da sexta-feira com uma belíssima apresentação ao som do sotaque de orquestra. O grupo animou o público de tal forma que o espetáculo de cores e brilhos encerrou com a participação da plateia na última dança.

Na área externa, onde foi montada a praça de alimentação com barracas de comidas típicas e de brincadeiras, os visitantes apreciaram o melhor do xote e baião com o grupo Kambada do Forró, programação que para a aposentada Conceição Furtado, 58 anos, estava muito boa. “Vim convidada pela minha irmã, que é associada do Sesc, e estou encantada com tudo. Gostei de tudo”, garantiu.

A irmã da Conceição explica porque recomenda o Balaio de Sotaques: “Em relação a outros arraiais da cidade, o do Sesc proporciona um ambiente familiar, segurança, sem contar os preços são mais acessíveis!”, contou Elizabeth da Trindade, 57 anos, funcionária pública.

A sexta-feira de São João no Sesc Turismo contou ainda com apresentação do Boi da Lua, Boi de Morros encerrando com Boi da Floresta.

No último dia de programação na Unidade do Olho D’Água, a área externa foi animada pelo show musical com o grupo Xote e Baião, enquanto na quadra o público contemplou o toque das caixas do Divino embaladas pela dança sensual do Cacuriá de D. Teté.

“É o terceiro ano que venho ao arraial do Sesc, primeiro porque é perto da minha casa e depois porque simpatizei com todo o ambiente e as brincadeiras escolhidas”, explicou a aposentada Rosa Maria Martins Cardoso, 65 anos.

Com tantos pontos positivos apontados pelos visitantes, a avaliação feita pela Diretora de Programas Sociais do Sesc, Regina Soeiro, que esteve presente todos os dias de programação na Unidade Turismo, a proposta de atender a demanda de difusão da cultura com acesso às manifestações foi cumprido. “Ouvi muitas opiniões favoráveis quanto ao arraial promovido pelo Sesc e isso se reflete na presença do público que foi intensa, principalmente nos dois últimos dias de programação”, destacou.

No sábado a programação que contou com a apresentação do Encanto do Olho D’Água  e Tambor de Crioula de Mestre Felipe encerrou com o famoso Boi de Axixá. A agenda do Balaio de Sotaques encerra no Sesc Deodoro na terça-feira (28), com Quadrilha Flor do Sertão, Boi de Morros, Boi de Guimarães e o batalhão do Boi de Maracanã, iniciando a partir das 18 horas. Entrada gratuita.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Agora lascou de vez! "Clô indica vice para o 22"

Gera revolta e insatisfação no grupo político que apoia o vereador Eudes barros a indicação de Afonso da Lavina, para a vaga de Vice-prefeito na chapa do 22 em Raposa.






terça-feira, 21 de junho de 2016

CONVITE


Hoje ás 19h30 vamos inaugurar a Praça do Poeirão (Habitacional Turú), com a presença do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.
A obra foi realizada através de uma emenda parlamentar destinada pelo vereador Ivaldo Rodrigues

Arraial Balaio de Sotaques 2016 anima as noites na Raposa

ARA_1636
Junho chegou, mês de festa e encanto. E para fazer jus a esplêndida tradição de nosso estado, o Sesc Comunidade, localizado no município de Raposa, recebe nos dias 25 e 26 a diversificada programação do Balaio de Sotaques 2016. Uma mistura de ritmos e emoções que intensifica a força cultural do Maranhão.
O projeto Balaio de Sotaques mais uma vez vem se firma como espaço de propagação e celebração da cultura junina do Maranhão, enfatizando a diversidade de ritmos e danças que compõem essa época festiva no estado.
A programação do dia 25 inicia com o tradicional Tambor de Crioula Unidos de Santa Fé, a partir das 19 horas, seguido de toda a sensualidade do envolvente Cacuriá Rabo de Saia, às 20 horas, encerrando a noite com fascinante Boi de orquestra Meu Tamarineiro de Ribamar.
No domingo, 26, o Boi Mimoso de São Bento abre a agenda com uma belíssima apresentação a partir da 19 horas. A programação segue com a encantadora Quadrilha Fogo Caipira, às 20 horas, trazendo como característica principal os traços originais da manifestação, como indumentárias e instrumentos. E encerrando a programação, o Boi Brilho da Terra fecha com chave de ouro a última noite de festa.
A programação é aberta ao público, que além de prestigiar as brincadeiras também pode se deliciar nas mais variadas comidas típicas que serão encontradas nas barracas.
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
 Jeane Silva/ASCOM SESC

segunda-feira, 20 de junho de 2016

EXPOSEGMA 2016 CHEGA A BACABAL COM FORÇA TOTAL

A Exposição de Segurança do Maranhão(EXPOSEGMA) chegou na cidade de Bacabal no início do mês de Junho, inicialmente realizando palestras sócio educativas, abordando diferentes temas tais como: O trabalho do governo do estado através da secretaria de segurança pública do Maranhão no combate as drogas, palestras sobre a violência doméstica, lei Maria da Penha, Feminicídio, temas destacando o valor da família como instituição de paz, mostrando a importância da religiosidade no mundo de hoje divulgando o evangelho através de cultos  ecumênicos, assim como orientações sobre tudo aos jovens, para que eles não entrem no mundo das drogas, e palestras fazendo uma amostra de como é feito o trabalho das forças segurança no estado. 

Publicitária Josilma Bogéa/Idealizadora da Exposegma

SOBRE A EXPOSEGMA 

A Exposição dc Segurança do Maranhão(EXPOSEGMA) é uma exposição sobre segurança pública do Maranhão. Dentro desse contexto, este projeto visa combater os entorpecentes e a violência, além de aproximar as forças de segurança com a sociedade. Há necessidade do trabalho preventivo contra as drogas e violência e também da integração entre a sociedade e o estado, por isso a EXPOSEGMA ministra palestras em escolas, em praças, teatros, associações entre outros setores indispensáveis na parceria deste projeto idealizado pela publicitária e assessora de comunicação da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Maranhão, Josilma Bogéa. O projeto atualmente tem a coordenação de MANOEL MACHADO COELHO NETO.

 A Exposegma ao longo dos seus 10 anos de edição, conta com parcerias importantes dentre elas estão :

Exército brasileiro, Marinha do Brasil, Polícia Rodoviária Federal, são parceiras também as forças de segurança do estado compostas pelas polícias, militar, civil, Corpo de Bombeiros Militar, CTA, DETRAN, SEAP e GUARDA MUNICIPAL. Conta também com apoio da Defensoria Pública, MP, igrejas evangélica e católica, escolas e as comunidades. A Exposegma 2016 term o total apoio do governo do estado, assim como do secretário de estado de segurança pública do Maranhão. Dr. Jefferson Portela
Resultado de imagem para fotos da EXPOSEGMA



1.      Histórico do Instituto AVANTT

O instituto AVANTT através da Exposição sobre Segurança no Maranhão - EXPOSEGMA é um projeto pioneiro no estado, instituído no ano de 2003; que tem como objetivo ajudar a sociedade na redução das violações dos direitos humanos, visando aproximar o Sistema de Segurança e seus agentes à comunidade, realizando trabalhos de ordem preventiva e educativa através de palestras ministradas pelo fornecimento de informações diretas de agentes específicos, no intuito de combater principalmente o aumento substancial do uso de entorpecentes, trabalhando de forma integrada com todo o Sistema de Segurança do Estado, no âmbito, Municipal, Estadual e Federal.


2.      Revisão de literatura

As drogas e a violência tem se tornado cada vez mais presente em escolas e domicílios dos lares brasileiros. Em consequência disso, vê-se a todo instante, famílias sendo destruídas pelo Brasil a fora. No Maranhão, a droga e a violência também tem um crescente considerável nesta década.

Atualmente, o uso de drogas tem se tornado crescente em toda a sociedade, independente do sexo, idade, raça ou classe social. Quando falamos sobre este assunto, é impossível deixar de associar a ele a questão da violência. As drogas entraram na sociedade de uma maneira devastadora, fazendo vítimas a todo o momento. Famílias destruídas pela violência urbana que tem como principal causa esta dependência doentia (Gazal, Denise 2012).

A violência também é um grande desafio à sociedade e ao estado, uma vez que todos nós seres sociais somos vítimas diariamente dos mais diversos tipos de violência. [...] independentemente dos formatos ou modelos que assume, como mediadora das relações entre os sujeitos e a coletividade, e, reconhecendo que [...] as fortes pressões que os processos de exclusão sociocultural geram sobre as famílias brasileiras, acentuando suas fragilidades e contradições, faz-se primordial sua centralidade no âmbito das ações da política de assistência social, como espaço privilegiado e insubstituível de proteção e socialização primária, provedora de cuidados aos seus membros, mas que precisa também ser cuidada e protegida (BRASIL, 2004a, p. 35).

     RELATO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS


A
As atividades iniciaram no dia 08 de junho de 2016, na paroquia Santana, tendo a palestra inicial e apresentação do projeto EXPOSEGMA sendo proferida pelo Coordenador geral do projeto Manoel Machado Coelho Neto. A solenidade iniciou-se as 19:30 e findou-se as 21:00, com a participação das autoridades civis e militares, ressaltando dentre eles otenente coronel Luís (representando o Comandante Geral da Policia Militar do Estado do Maranhão), o tenente Jorge Luís(representando o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão), o delegado Elson (representando o delegado geral da policia civil do Estado do Maranhão), o representante da comissão de segurança pública da assembleia legislativa do estado do Maranhão deputado Roberto Campos, o Juiz da comarca de bacabal meritíssimo Jorge, além do presidente da câmara municipal da cidade de Bacabal o senhor vereador Manoel da Concórdia, a representante da igreja católica Frey Ribamar, a representante da igreja Assembleia de Deus a senhora vereadora Regilda, estudantes da escola de música da cidade de Bacabal e a comunidade Bacabalense.




As palestras ocorreram nas escolas Rodrigues Neves, Frey Solano, José viera Lins, Balbia Carvalho, comunidade Quilombola Seco das Mulatas e na Câmara municipal da cidade de Bacabal, tendo como público alunos, comunidade e vereadores.  Os palestrantes ministraram conteúdo sobre: Drogas; violências; sonhos; medidas de prevenção contra incêndio, choque elétricos, afogamentos; a importância da agricultura.

Até o momento o público total presente passa de 1300 pessoas. Dentre os profissionais que ministraram as palestras leva-se a ressaltar o Coordenado Geral Manoel Neto Sd Pm, O Glauber Sales Sd Pm, O Mailson Costa Cb Pm, o Capitão Bm Almeida, o Sargento Bm Augusto, o Soldado Bm M Serra, o GEAPE de Bacabal e em Especial ao Comandante do Batalhão de Infantaria Leve tenente coronel Azevedo.



       
2.       CONCLUSÃO
A aproximação entre o estado e a sociedade é importante para provar que as politicas públicas desenvolvidas de forma constante tem a eficácia de maximizar a relação direta com o poder público, além de mediar conflitos e desmistificar a imagem do setor público. A interação entre a sociedade estudantil e as forças de segurança pública como, no caso, militares do Maranhão, corroboram que o papel dos militares é de preservar e manter a ordem pública não só de maneira repressiva, mas também de maneira eficiente e inteligente, trazendo os estudantes para perto das forças de segurança, mostrando como o papel da educação é fundamental para a transformação do ser social. A EXPOSEGMA, por sua vez, como terceiro setor, tem o formidável prazer de proporcionar esta mediação entre o estado e a sociedade.

 Por/Stenio Johnny Ascom SSP/MA

EXPOSEGMA 2016 CHEGA A BACABAL COM FORÇA TOTAL

sábado, 18 de junho de 2016

A ENCRUZILHADA

Por: Aziz Santos


Quem imagina que as lideranças nacionais do PT são mais corruptas do que as do PMDB está redondamente equivocado. São iguais! Apenas do PT exigíamos mais compromisso com a ética e com um programa de Nação, coisas sempre distantes do PMDB e seus apaniguados. 

Os petistas foram mais descuidados, com mais sede ao pote, e se serviram de parceiros duvidosos para manter a governabilidade, ao invés de confiarem no apoio de parcelas majoritárias da sociedade que neles acreditaram por décadas. 

Dilma caiu – não se sabe se volta – não apenas pelas artimanhas da direita, que trabalhou intensamente nos meios de comunicação para isso, mas pelo clamor das ruas, que já não aguentava o descalabro, a mentira, a corrupção. 


A esperança que temos agora é a da decisão pela Justiça Eleitoral da impugnação do mandato Dilma/Temer, na medida em que vai ficando claro para o conjunto da população brasileira que a campanha da chapa vencedora das eleições de 2014 foi irrigada pelo petrolão. 


A questão é se a decisão tão esperada será prolatada este ano, o que permitiria eleições diretas imediatamente. Decisão pós-2016 implica em eleição indireta, o que beneficiará a direita majoritária no Congresso Nacional.

Qual a encruzilhada? A falta de uma liderança nacional estilo Brizola que poderia levantar o ânimo das massas para exigir rápida decisão da Justiça Eleitoral - único poder que não se subordina a prazos, verdadeiro absolutismo. Não se pode esperar que o PT e seus simpatizantes (muito bons por sinal em protestos de rua) defendam esta tese, absolutamente contrária aos seus interesses, dado que, se impugnada a chapa eleita em 2014, cairia por terra o último argumento deles, isto é, o da legitimidade das urnas, porque então restaria provado que as eleições não foram tão limpas assim e que se tratou, em verdade, de um processo totalmente viciado.


Curiosa e temerária a tese de alguns de que o próprio Congresso impediria o mandato Temer e se socorreria de eleições diretas. E a Constituição, onde fica?