terça-feira, 4 de outubro de 2016

Corpo de Bombeiros evita suicídio na zona rural de São Luís

Logo nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (04), a equipe do Batalhão de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), foi acionada para realizar um resgate de um homem que ameaçava se jogar do alto de uma torre pertencente a uma companhia telefônica no bairro do Quebra Pote, zona rural de São Luís.

O rapaz de 26 anos (S.W.S.M), sofre de problemas psiquiátricos e faz uso de medicamentos controlados. Segundo seus familiares, não é a primeira vez que ele tenta o suicídio, desta vez, ele subiu até uma altura de aproximadamente 08 metros em uma torre e dizia estar decidido a acabar com a sua vida.

De acordo com a guarnição que atendeu ao chamado, formada pelo sargento Cristiano Cabral, sargento Alysson da Silva e soldado Wanderson Neves, antes de realizarem a aproximação com a vítima, foi necessário agir com toda a cautela, já que as condições psicológicas do suicida encontravam-se muito abaladas, por isso foi de suma importância o estabelecimento da verbalização, no intuito de conquistar a confiança antes que se fizesse qualquer coisa.

“Ao chegar no local nós tentamos logo iniciar o diálogo, que é sempre o primeiro passo, pois não havia um meio de subir sem que ele nos visse, fizemos o procedimento com todo cuidado, já que o rapaz estava nervoso e bastante cansado”, declarou o sargento Cabral.

Após alguns minutos, os militares que já são especializados neste tipo de ocorrência, detectaram o momento exato em que conseguiram ganhar a confiança do suicida, e começaram a agir, subiram na torre estabelecendo um contato mais próximo com o rapaz. 

O diálogo sempre foi mantido, sem que fossem deixados vazios de comunicação com a vítima, enquanto isso, as amarrações e montagem do sistema eram feitas.  O rapaz foi descido com segurança e transportado por uma equipe do SAMU que já se encontrava no local para dar suporte médico ao paciente.

Fonte: Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.