domingo, 26 de fevereiro de 2017

Operação Brasil Central Seguro prende 23 pessoas, apreende entorpecentes e veículos em municípios maranhenses

Objetivando em criar mecanismos de fomento a integração operacional, inteligência e análise criminal, visando reduzir, inibir e reprimir as práticas criminosas de forma ampla em alguns estados de fronteiras vizinhas realizou-se neste ano de 2017, um encontro conhecido como Pacto Integrador de Segurança Interestadual. Uma das vias desse pacto sucedeu na “Operação Brasil Central Seguro”. A operação aconteceu em alguns municípios maranhenses, nesta quinta-feira (23), encerrando-se na sexta-feira (24), com prisões e apreensões de armas de fogo.

Em coletiva acerca do encerramento da Operação Brasil Central Seguro foi realizada na tarde desta – sexta feira (24), no auditório Leofredo Ramos, na Secretaria de Segurança Pública (SSP), para que fossem relatados o resultado. A Operação Brasil Central Seguro desenvolveu-se nos municípios maranhenses de Chapadinha, Imperatriz, Balsas, São João dos Patos e Timon, como parte de uma ação integrada, da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, com outras forças de segurança pública dos Estados do Goiás-GO, Minas Gerais, Distrito Federal-DF, Piauí-PI e Maranhão-MA. Na ênfase a operação objetiva na realização de operações de saturação policial e diversas atividades de fronteiras com outros

A Operação Brasil Central Seguro envolvendo a ação da Polícia Civil e o apoio da Polícia Militar realizou o enfrentamento contra os crimes comuns praticados nos municípios maranhenses, entre eles os crimes de tráfico de entorpecentes, associação para o tráfico, roubo de veículos.  Durante a operação Brasil Central Seguro foram realizadas diversas prisões e apreensões de arma de fogo.
Durante a coletiva coordenada pelo o Secretário Adjunto de Segurança Pública Saulo Ewerton, e a Delegada Geral adjunta, Adriana Amarante, o Subcomandante da Polícia Militar Jorge Luongo, o Superintendente Adjunto da Polícia Civil do Interior, Jarlison; o Superintendente de Polícia Técnica Científica Miguel Alves (SPTC), foram apresentados o relatório da prisão nos municípios onde efetuaram a Operação Brasil Central Seguro.

Prisão na regional de Chapadinha

A 3ª delegacia de Chapadinha prendeu nas cidades de Santa Quitéria e Brejo, Edilson Furtado de Sousa, 19 anos.
Natanael Rodrigues dos Santos, 19 anos. Natanael Santos foi autuado pelos crimes de Corrupção de Menor, Associação Criminosa e ainda pelo Crime contra do Patrimônio.
Marilene Sousa Costa, 31 anos. Ela foi presa pelos crimes de Associação Criminosa e Estelionato.

Prisão na Regional de Imperatriz
A 10ª delegacia Regional de Imperatriz realizou em Estreito, Porto Franco e Brejo, o Cumprimento de Mandado de Buscas e Apreensão, onde obteve cinco flagrantes pelo tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo. Foram presos: Marcos Paulo Oliveira dos Santos; Igor Luan do Nascimento Silva, Cesamar Oliveira Barbosa, Daniel Teles e Adriana dos Santos. Ela foi autuada pelos crimes de tráfico e Associação ao Tráfico.
Com eles foram apreendidos: 49 pedras de crack; 30 porções de cocaína (142g); 650g de maconha; 18 celulares; 02 balanças de precisão ;03 motocicletas; dinheiro e uma arma de fogo, um revólver calibre 38 e munições.
Prisão na Regional de Balsas
Na regional de Balsas foram presos nos municípios de Carolina e Alto do Parnaíba, Vitor Silva Feitosa; Clésio Sousa da Silva; Douglas Silva Ramos; Pablo Carvalho Ramos; Tiago Onório dos Santos. Este foi autuado pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, e ainda pelo crime de receptação.
Com eles foram apreendidos um veículo Ford KA, uma Nissam Frontier, sendo que este veículo Frontier fora furtada da empresa PIPES. Foi apreendido ainda 21 pedras de crack e 38 papelotes de maconha.

Prisão na Regional de São João dos Patos
Na regional de Balsas, foram presos nos municípios de São João dos Patos, Barau de Grajaú e Paraibano, Lindomar Alves dos Santos e Valderi Oliveira da Silva.
Com eles foram apreendidos 04 veículos, 01 espingarda e uma porção de maconha.

Prisão na Regional de Timon
A 13ª regional de Timon realizou 03 Auto de prisão em flagrante e 02 TCO, contra os acusados abaixo relacionados; Luciana Maria da Conceição; Adriano Costa Nascimento; Pablo Eduardo da Silva Rocha. Foi preso ainda usando o nome falso de Carlos Ismael Lima dos Santos, mas a Polícia Civil já descobriu que este nome é falso e ele é membro do de uma facção criminosa e é suspeito de dois homicídios no município de Timon, e teria rompido a tornozeleira eletrônica do presídio.
Ricardo Silva dos Santos, foi preso pelo cumprimento de mandado de prisão, por ter participado de um atentado contra a Central de Flagrantes de Timon cuja viatura foi metralhada com mais de 10 disparos em 2015.
Com eles foram apreendidos, 01 pistola .40, oriunda da Polícia Militar do Piauí; 200g de crack; 20g de maconha e ainda 02 motocicletas.
Até o final da operação que fora prevista para o seu término em até 24hs, já estavam sendo autuadas 23 pessoas pelos crimes lhes imputados. Todos serão ouvidos pelos delegados competentes e encaminhados para responderem à Justiça.

Por:Mauro Wagner – ASCOM/SSP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.