quinta-feira, 9 de março de 2017

“Vamos caça-los onde eles estiverem” frisa Jefferson Portela sobre o combate ao crime organizado em São Luís

Uma coletiva de imprensa foi realizada na tarde desta quinta-feira (9) na sede da Secretaria de Segurança do Maranhão para apresentar o resultado de uma operação desarticulada visando combater o crime organizado no Residencial Camboa, região central de São Luís. O trabalho foi desenvolvido de maneira integrada com cerca de mil homens das forças de segurança pública, envolvendo homens da Polícia Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Peritos Criminais e do Centro Tático Aéreo (Cta).
A operação estava respaldada em cumprir de maneira simultânea 288 mandados coletivos de busca e apreensão, autorizados pelo judiciário em todos apartamentos que fazem parte condomínio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Sendo assim foram feitas varreduras com o objetivo de prender suspeitos, foragidos e apreender drogas e armas.

O Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela informou, que investigações árduas já vinham sendo executadas há cerca de 4 meses pelo setor de inteligência, que apontavam a existência de uma disputa por pontos de comercialização de drogas por duas facções rivais no entorno do residencial e que criminosos estariam infiltrados em meio aos moradores.

“ Somos operadores de policiamento e de segurança pública, essa ação teve o intuito de pôr a ordem diante dos cidadãos de bem, além de zelar pela vida daqueles que ali habitam, visamos combater o crime organizado utilizando o poder do estado e vamos caça-los onde eles estiverem. ” Ressaltou Portela sobre as organizações criminosas.

Como resultado da operação foram presas sete pessoas em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, corrupção de menores, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo, além disso foram cumpridos dois mandados de prisão e cinco menores foram apreendidos. O trabalho integrado ainda conseguiu apreender um revólver calibre 38, duas pistolas, um rifle, uma metralhadora, dois rádios de comunicação, dois coletes à prova de bala e 1,5kg de maconha.

O Corpo de Bombeiros durante a operação conseguiu desmontar uma fábrica clandestina de detergentes que utilizava produtos altamente tóxicos, algo que colocava a vida de vários moradores em risco. Animais silvestres também foram apreendidos por equipes policiais.

A operação deve continuar em curso objetivando cumprir mandados de prisões que já foram solicitados ao Poder Judiciário para implantar o clima pacífico na comunidade, inclusive a Secretaria Estadual das Cidades, já estar coletando dados para revitalizar toda a área do residencial Camboa.

Além do Secretário de Segurança, estiveram presentes na coletiva, o Delegado Geral de Polícia Civil Lawrence Melo, o Comandante Geral da Polícia Militar Coronel Frederico Pereira, o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Coronel Célio Roberto, o Superintendente Estadual de Investigação Criminal (SEIC) Tiago Bardal, o Superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI) Dicival Gonçalves e do Comandante do Centro Tático Aéreo (CTA) Coronel Ismael Fonseca.

Anselmo Oliveira/ASCOM SSP-MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.