segunda-feira, 24 de abril de 2017

Ônibus da Raposa ganham Bike Racks e vereadores solicitam novos abrigos e linha Raposa-Rodoviária

A Linha Expressa Metropolitana vem mais uma vez inovar no transporte de passageiros da Região Metropolitana de São Luís. 
O projeto-piloto iniciado no estado pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) disponibiliza, a partir desta segunda-feira (24), bike racks nos nove ônibus que compõem a linha Raposa - São Luís. 
O projeto moderno e inovador busca promover o uso da bicicleta e incentivar a integração entre os modais de transporte. 
Câmara Municipal de Raposa, representada pelo presidente Beka Rodrigues e pelos vereadores Professora Eliene, Ribamar (Bamar) e Joaquim Souto, se reuniu na tarde de hoje, segunda-feira (24), com o presidente da MOB, Artur Cabral e com o vice-presidente, Juliano Latterza, para ouvir explicações sobre o sistema Bike Racks e para alinhavar requerimentos aprovados pelo Legislativo raposense, que visam beneficiar a população da cidade turística com uma nova linha de ônibus (Raposa/Rodoviária) e a implantação de novos abrigos nos pontos de parda dos coletivos, para garantir conformo e proteção aos usuários do transporte público no município. 
"O presidente da Mob, Artur Cabral, vai fazer o estudo sobre a viabilidade da implantação da linha Raposa-Rodoviária, no entanto, se mostrou muito favorável ao nosso pedido e em relação à construção dos abrigos nos pontos de parada, ele se comprometeu em conversar com o governador Flavio Dino para viabilizar recursos que possibilitem a construção dos abrigos ao longo de toda a MA-203", disse Beka Rodrigues. 
O Projeto-piloto teve a Raposa como município pioneiro 
Os bike racks serão instalados na parte dianteira dos coletivos e funcionam de maneira semelhante aos racks de automóveis. Cada rack terá vaga para até duas bicicletas e são ideais para pessoas que percorrem grandes distâncias, como o caso de quem mora na Raposa e precisa se deslocar até São Luís, podendo realizar parte do trajeto de bicicleta e outra de ônibus, além de oferecer segurança para imprevistos, como chuvas inesperadas ou problemas mecânicos. “Não podemos pensar em nenhum modelo de transporte que seja auto suficiente. 
A integração de modais é o sentido do transporte público no mundo inteiro. Por isso, vamos experimentar o bike rack na Linha Expressa Raposa - São Luís para que o usuário possa se deslocar de casa até a parada de ônibus de bicicleta e, no destino final, também”, explica o presidente da MOB, Artur Cabral. 
Para facilitar ainda mais o trajeto de quem utiliza a bicicleta como meio de transporte, é possível estimar os horários dos ônibus da Linha Expressa pelo app “Meu ônibus MOB”, disponível para sistemas IOS e Android, e que já somam mais de 32 mil downloads. 
Bike Rack 
O sistema já é usado em algumas cidades no mundo, como Paris, na França, e Houston e Los Angeles, nos Estados Unidos. No Brasil, apenas as cidades gaúchas de Santa Cruz do Sul e Bagé já realizaram operações com racks. Em outras cidades como Recife e Florianópolis, a câmara já aprovou o projeto que prevê a instalação de bike racks em ônibus, mas o projeto ainda não foi iniciado. Já em São Paulo, a SPTrans chegou a implantar bike racks de forma experimental em alguns ônibus da frota. Entretanto, o projeto foi descontinuado no mesmo ano e a empresa afirmou na época que não havia planos de retomá-lo.

Fonte: Nonato Aguiar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.