segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Edivaldo Holanda Braga (PTC), anunciou que vai tirar mais uma vez licença de 121 dias para se dedicar ao tratamento da doença. Em seu lugar, assume o primeiro suplente Toca Serra (PTC).
Durante o seu discurso nesta segunda-feira (2), Edivaldo Holanda disse que seu afastamento se deve ao tratamento da doença, mas antes fez questão de fazer um discurso saudando as conquistas do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).
Os deputados Bira do Pondaré (PSB), Max Barros (PRP), Othelino Neto (PCdoB) e Rafael Leitoa (PDT), desejaram sucesso ao colega parlamentar no seu tratamento.
A licença médica de 121 dias solicitada por Edivaldo Holanda já era requisitada por membros do Palácio dos Leões, uma vez que sua ausência costumeira às vezes fazia diferença nas votações no plenário.
Ao fim do seu discurso, Edivaldo disse: “Deus está no controle”.
Edivaldo ficará ausente do parlamento até 3 de fevereiro de 2018, mas pode retornar antes caso se sinta preparado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.