quinta-feira, 25 de outubro de 2018

O diferencial político do município de Raposa na Região Metropolitana

Menor município entre os quatro da Grande Ilha é único que não sofre influência política da Capital de forma decisiva.
O resultado das urnas nestas eleições de 2018 trouxeram uma revelação no que diz respeito a política de Raposa. Embora seja parte integrante da Região Metropolitana, a chamada Grande Ilha, que inclui outras três cidades: São Luís, São José de Ribamar e Paço do Lumiar, o município pesqueiro é o único que não sofre de forma decisiva influência da política da capital.
Todas as três cidades vivem em torno de São Luís, em boa parte da economia, transporte, saúde, ensino superior, e ainda são consumidores dos meios de comunicação variados, isto é, ‘tudo’ que acontece na capital repercute em toda Ilha.
Vamos ao que interessa…
Eleitoralmente, o diferencial de Raposa foi comprovado nas urnas. É que os dois candidatos a deputados estadual e federal mais votados em São Luís, Ribamar e Paço não conseguiram o mesmo desempenho entre os raposenses. Duarte Júnior (PCdoB) e Eduardo Braide (PMN), eleitos estadual e federal, respectivamente, ‘estouraram’ as urnas da capital e, por tabela, receberam o reflexo dessa votação nas outras duas cidades maiores, só que acabaram ‘barrados’ no município de Raposa.
Em São Luís, Duarte obteve 9,04% dos votos, o que representou 46.685 eleitores; Na cidade balneária, 5,03% resultando em 3.670 votos; Em Paço, 3.062 votos (6,62%). Já em Raposa, ficou apenas na 7ª colocação, com 332 votos (2,37%).
Por sua vez, Eduardo Braide, seguiu o mesmo caminho: São Luís 131.553 votos (25,83%); São José de Ribamar 11.992 votos (16,76%); em Paço do Lumiar, 7.002 votos (15,13%); Já em Raposa, ficou na 5ª posição, obtendo 883 votos (6,32%).
E o que isso quer dizer? Simples! Na Raposa, os eleitores alcançados pela mídia e/ou pela influência dela, ainda são minorias, portanto, para conquistar votos na cidade é preciso um trabalho minucioso e junto às bases, caso contrário, eles não aparecem como se pôde comprovar no caso em questão.
E MAIS

Na ordem, São Luís possui mais de 1 milhão de habitantes, desses, mais de 693 mil eleitores; São José de Ribamar tem mais de 176 mil em população, desses, mais de 100 eleitores; Paço do Lumiar vem em seguida com mais de 122 mil habitantes, desses, mais de 62 mil eleitores; E por último, Raposa com mais de 30 mil habitantes, desses, mais de 18 mil eleitores.

Por: Domingos Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.