segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

FORÇAS DE SEGURANÇA DO MARANHÃO PARTICIPAM DE REUNIÃO TÉCNICA DA SENASP EM BRASÍLIA

Integrantes das Forças de Segurança do Estado do Maranhão participaram da reunião técnica do programa nacional de qualidade de vida dos profissionais da segurança pública promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), ocorrido em Brasília, entre os dias 20 a 23 de novembro. Onde nestes, quatro dias, estiveram reunidos mais de 100 representantes das Secretarias de Segurança Publicas, Policia Militar e Cívil, Corpo de Bombeiros, bem como Perícias Oficiais dos 26 estados da federação, além do Distrito Federal. O evento contou com a presença do Ministro da Defesa, Raul Jungmann.

Na ocasião, a Polícia Civil do Maranhão esteve representada pela Delegada Noêmia Maia Maciel, acompanhada pela Perita Criminal Gislen Georges Mendes Pinheiro e pela Psicóloga da Secretaria de Segurança Pública, Alice de Freitas Calixto. Também participou do evento, o Subdiretor da saúde da Polícia Militar do Maranhão, Odilon Antônio Rios Mariz.
A Reunião teve como objetivo promover tratativas a fim de valorizar o profissional de Segurança Pública, reduzir os riscos de morte e atuar na prevenção da saúde desses profissionais durante o exercício de suas atribuições diárias, bem como elaborar documentos que serão utilizados pela rede dos profissionais que serão responsáveis pela execução Nacional do Programa de Qualidade devida. 
Os servidores presentes participaram da criação da Portaria de Regulamentação do Programa Pró- vida, da rede de qualidade de vida, do Regimento interno da rede e da coleta de informações para a elaboração de futuros editais de convênios voltados ao investimento federal em ações de promoção de valorização e da saúde.
Conforme, a Psicóloga, Alice de Freitas Calixto, a reunião foi de suma importância, bastante proveitosa e novas perspectivas se abrem a partir de agora. Ressaltando a importância do evento para a elaboração de projetos e estudos que contribuem para o bem-estar dos servidores, bem como para reduzir os riscos de morte e atuar na prevenção da saúde desses profissionais durante o exercício de suas atribuições, que tanto nos protegem e zelam pela nossa segurança e bem-estar. 

“A prevenção é a melhor maneira de evitar sequelas ou a morte precoce de nossos servidores em geral, uma vez que o estresse próprio da profissão é um fator de risco para o desenvolvimento de várias doenças.” Frisou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.