quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Prefeito Edivaldo confirma avanços no atendimento da Cemarc em mais uma visita ao local

A modernização e melhoria do atendimento promovidas pela gestão do prefeito Edivaldo na Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemarc) tem proporcionado mais agilidade aos serviços de saúde da capital e, como uma das consequências, promovido o bem-estar da população. Para constatar o processo de mudança na Cemarc o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem empreendido uma série de visitas ao local com o objetivo de conversar com as pessoas que usam o serviço e ver de perto o funcionamento do órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde (Semus). Nesta quarta-feira (16), o gestor voltou à Cemarc seis meses após à implantação da nova sistemática de agendamentos que teve como principal resultado a redução das filas no local. Com as melhorias realizadas pela Prefeitura foi triplicada a oferta disponibilizada nas unidades que passou de 6.500 para cerca de 19 mil atendimentos mês.

“Estamos voltando à Cemarc em mais uma visita de rotina para acompanhar de perto o trabalho realizado no setor, porque essa é uma característica da nossa gestão: estar perto da comunidade, vistoriar os serviços, corrigir os rumos que devem ser seguidos e, também, observar os acertos. E acertos é o que podemos verificar aqui na Central de Marcação de Consultas e Exames, que vive hoje uma nova realidade”, destacou o prefeito que esteve acompanhado pela primeira-dama, Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro e do secretario municipal de Saúde, Lula Fylho.

Neste novo momento, o agendamento de consultas e procedimento são feitos diariamente e não mais apenas na primeira semana de cada mês como era anteriormente. De acordo com dados da Semus, a Cemarc fechou o ano de 2018 com mais de 2 milhões atendimentos ofertados na rede municipal de saúde. “Conseguimos fazer com que o serviço funcionasse e avançasse. Vir aqui e não ver mais aquela situação indigna das pessoas esperando atendimento em longas filas ou dormindo no local para conseguir agendamento de serviço é, realmente, motivo de muita alegria para todos nós”, completou Edivaldo.
O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, avaliou as melhorias estruturais e de gestão executadas no setor como cruciais para os resultados hoje alcançados pela Cemarc, que registrou um aumento de mais de 80% na oferta de especialidades médicas como ortopedia, por exemplo, que passou de 80 consultas/mês para cerca de 600 consultas/mês, um número considerado extremamente significativo e que denota a mudança no setor de modo geral. Com as mudanças efetivadas, o atendimento aumentou de 6 mil, em agosto de 2017, para cerca de 19 mil consultas e procedimentos agendadas, triplicando o atendimento para as especialidades médicas na rede municipal de saúde.

“A orientação do prefeito Edivaldo é para darmos atenção especial à Central de Marcação de Consultas e Exames, um dos gargalos no setor da saúde que deveriam ser enfrentados com maior diligência. E foi o que fizemos. Mudamos a sistemática de agendamento, que passou a ser diário; aumentamos a oferta de serviços e disponibilizamos novos procedimentos que não eram realizados antes na rede, como arteriografia, ecodoplercardiograma e cateterismo, por exemplo. Com todas essas melhorias implementadas, ofertamos hoje um atendimento muito mais rápido e humanizado, porque as pessoas não precisam mais dormir no local, nem ficar em longas filas para agendar sua consulta ou exames médicos”, observou Lula Fylho.

Ainda conforme o secretário, com a mudança de estratégia no atendimento, houve redução significativa também do tempo de espera por atendimento. Uma ressonância, por exemplo, que antes tinha um tempo de espera de até seis meses para ser realizado, hoje o mesmo exame é feito num espaço de 30 dias, após o agendamento. O mesmo é observado com os exames de tomografia, que hoje são feitos em no máximo 10 dias após sua marcação.

O titular da Semus informou ainda que um grupo de trabalho foi instituído para analisar o desenvolvimento do serviço no setor, traçar as metas e implementar as ações com vistas a garantia da excelência no atendimento. O último balanço realizado na área aponta também que todos os procedimentos de saúde ofertados na rede tiveram crescimento significativo, atendendo ao planejamento no qual foram mapeadas 41 intervenções discutidas em reuniões semanais por esse grupo de trabalho e implementadas uma a uma.

REESTRUTURAÇÃO

Com a reestruturação da sistemática de agendamento, que proporcionou uma dinâmica muito mais eficaz para a marcação de procedimentos médicos especializados, o município conseguiu também outros feitos nunca antes observados, como aumentar o número de vagas para exames de alta complexidade e zerar as filas para alguns procedimentos. A fila para marcação de exames de ressonância magnética, tomografia, cintilografia e densitometria, por exemplo, é uma delas.
A mudança na sistemática de atendimento também passou a ofertar outros procedimentos que não eram disponibilizados na rede e ampliou a oferta de exames realizados em convênio com o Hospital Universitário (HUUFMA), entre eles estão cateterismo, arteriografia, ecodoplercardiograma, broncoscopia, radiologia e outros. Com isso, o numero de exames dessas especialidades passou de 1.016, em janeiro, para 1.858, em junho.

DESISTÊNCIAS

Com o aumento da oferta de vagas, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) observou também um número maior de desistência das consultas, ou seja, as pessoas marcam a consulta ou o exame, mas não comparecem ao local para realizá-lo e nem informam à Central sobre sua desistência.
Com a elevação do quantitativo de pessoa que desistem do atendimento, Lula Fylho destacou que essa situação pode ser atribuída a diversos fatores, inclusive ao fato de que, hoje, as pessoas têm maior facilidade para marcar os procedimentos que deseja, já que não precisa mais pegar senha, nem esperar nas longas filas. Entretanto, é uma situação que vai ser trabalhada com a conscientização da população sobre os transtornos causados às demais pessoas que também precisam do atendimento.

“Invertemos o jogo e a nossa luta agora é combater o número de ausências aos atendimentos. As pessoas marcam e não comparecem, ocupando o lugar de quem poderia está realmente precisando do procedimento. Só para tomografia registramos uma desistência em torno de 40 % de faltas do paciente. Precisamos combater isso sensibilizando a população para que marque os exames realmente dentro das suas necessidades e que compareçam aos locais de atendimento quando agendarem”, concluiu Lula Fylho.

De acordo com o secretário, foi de aproximadamente 55% o número de faltas dos pacientes aos atendimentos agendados, inclusive para exames especiais como ressonância, por exemplo.

MODERNIZAÇÃO

A modernização e melhoria do atendimento na Cemarc é mais uma ação desenvolvida pela Prefeitura de São Luís, por orientação do prefeito Edivaldo. O processo de mudança na Cemarc teve início em agosto de 2017, quando foi iniciado o mapeamento das necessidades e dos problemas para compreensão do fluxo de marcação.
Com organização e planejamento, o município tem registrado sobra de vagas em torno de 60% dos procedimentos disponíveis, entre estes estão exames de raio x, broncoscopia e cirurgia torácica, por exemplo.

Entre as especialidades médicas que podem ser agendadas diariamente na Cemarc estão mastologia, proctologia, hematologia, nefrologia, oncologia infantil, gastropediatria, urologia, neurocirurgia, cirurgia geral, cirurgia torácica, cirurgia pediátrica, cirurgia do aparelho digestivo, oftalmologia, nutrição, dermatologia, odontologia entre outras especialidades. Na Cemarc da Alemanha, que realiza somente agendamentos prioritários, o atendimento é feito das 8h á 17h. 
Já nos demais pontos de marcação localizados na cidade, o atendimento é feito das 7h às 13h.

A melhoria do atendimento no setor é comemorado pela população com a reestruturação da Cemarc. O aposentado Amós da Liberdade Rêgo, 75 anos, anos, esteve pela manhã na Cemarc e conseguiu agendar o ecocardiograma prescrito periodicamente por seu médico, após ter sofrido uma parada cardíaca. “Não há comparação o atendimento atual com o que vivenciarmos anteriormente aqui. Além do aumento de vagas em várias especialidades, tem muito mais atendente no setor, fazendo com que percamos menos tempo esperando pelo agendamento”, disse ele.

O agendamento diário foi pontuado pela dona de casa Míriam Freitas, 65 anos, como o aspecto mais positivo entre as mudanças adotadas pela Prefeitura na Cemarc. “Eu conheci bem o transtorno de antes pois várias vezes tive que dormir na fila para conseguir uma consulta. Hoje venho aqui e agendo todo o atendimento que preciso com muita tranquilidade e rapidez. A mudança foi, com certeza, para muito melhor em todos os aspectos”, disse ela.

A dona de casa Maria Piedade dos Santos, 59 anos, também enalteceu as melhorias proporcionadas ao setor. “Agora ficou tudo mais rápido. Consegui agendar facilmente meus exames para próxima semana. Antes a gente esperava vários meses para conseguir marcar, o que era transtorno pois doença não espera. Com certeza melhorou bastante o atendimento aqui”, concluiu ela.

Por: Daniela Bandeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.