segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Com Flávio Dino disputando a presidência em 2022, quem será o candidato a senador do grupo?

Ao que tudo indica, o governador do Maranhão levará mesmo à sério a intenção de disputar a presidência da República em 2022. Sendo assim, a única vaga para o Senado Federal no mesmo ano não terá o comunista na disputa. E quem será o candidato de Flávio Dino?

Com a pré-candidatura de Flávio Dino à sucessão de Jair Bolsonaro, o Palácio dos Leões partirá do zero para formar a chapa majoritária aqui no Maranhão em 2022.
Embora fora do cargo de governador para se desincompatibilizar e disputar a presidência do país, Dino terá que articular com seu grupo a escolha e eleição do cargo de governador e um senador.
Sem oposição e com ampla maioria dos partidos ao seu lado, o governador tem bons nomes para preencher a chapa. Ao cargo de governador tem Weverton Rocha e o atual vice Carlos Brandão, com chances amplas de vitoria.
Para o Senado o leque é bem maior, mas com chances de sair vitorioso tem os nomes de um deputado federal e dois prefeitos: Josimar de Maranhaosinho, Hilton Gonçalo e Edivaldo Holanda. O último não estará mais no cargo de prefeito, mas deve ocupar uma secretaria de visibilidade na gestão estadual. Gonçalo deve ser reconduzido ao cargo de prefeito agora em 2020.
Josimar tem um partido sólido e um bom grupo de prefeitos ao seu redor. Hilton Gonçalo, prefeito de Santa Rita, sempre almejou entrar numa disputa mais alta e terá em 2022 sua oportunidade. É um político articulado e agregador. Holanda, prefeito da capital, já provou que é bom de voto, pois raramente alguém se reelegeu em São Luís, exceto Jackson Lago.

O único problema do prefeito Edivaldo Holanda será o partido. Dificilmente o grupo aceitará uma chapa com os candidatos a governador e senador do mesmo PDT. Terá que negociar.
Fonte: Luis Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.