quinta-feira, 9 de maio de 2019

CODÓ-MULHER É DETIDA POR SER SUSPEITA DE MATAR MARIDO E ESCONDER CORPO


Foi presa na manhã de hoje em Codó dia 08 de maio, Marina da Paixão Salazar que reside na Rua 02 quadra 3 casa 22, Vila Biné, São Francisco que convivia a 5 anos com a vitima que ainda está desaparecido em Codó desde o dia 1 de Março.

Desde o início Marina teve seu nome envolvido no sumiço do marido identificado por Antônio Francisco Guimarães de Pinho, conhecido por Preto Rocha de 35 anos. Ela deu várias versões sobre o caso e caiu em contradições várias vezes.

A polícia de Codó investigando o caso descobriu que a moto dela, que ela falou que estaria com Chico preto e que ele teria sumido na moto, era mentira. Marina foi quem vendeu a moto por 1600,00 Reais logo que ele desapareceu.

A Polícia já fez apreensão da moto e conversou com a pessoa que comprou na mão de Marina. A polícia descobriu que um dia antes dele desaparecer eles tiveram uma grande discussão, e ele esteve no interior fazendo um serviço e de lá foi pra casa dela e ficou de retornar no interior pra pegar o valor do seu trabalho, mais não retornou mais ao local, e essa foi outra mentira dela.

A polícia foi a Caixa Econômica pra averiguar a conta bancária dele, onde Marina afirmou que ela teria depositado uma boa quantia em dinheiro na conta dele e que ele estaria gastando esse dinheiro por aí, só que a polícia descobriu que desde o seu desaparecimento a conta nunca foi movimentada e que o dinheiro continua intacto lá. Ela já está presa e o Delegado disse que não tem dúvida que ela matou e sumiu com o corpo dele e espera que ela confesse o crime agora.

A polícia vai agora em sua residência fazer uma perícia no local pra ver se encontra algum material humano e támbem fazer uma escavação em seu quintal

Fonte:Codó Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.