quarta-feira, 26 de junho de 2019

Governador Flávio Dino assina demissão de Tiago Bardal dos quadros da Polícia Civil

O governador Flávio Dino assinou nesta terça-feira (25) o ato de demissão do agora ex-delegado Tiago Mattos Bardal dos quadros da Polícia Civil do Estado do Maranhão, o documento agora segue para publicação no Diário Oficial.
Bardal respondia a um processo administrativo por desvio de conduta. Ex-superintendente da Secretaria de Investigações Criminais (Seic), ele é acusado de envolvimento em diversos crimes.
As investigações da Seccor e o Gaeco, apuraram que o ex-delegado mantinha relações com os bandos de assalto a banco no interior do Maranhão e recebia propina para evitar as prisões dos chefes.
Contra Bardal ainda pesaram acusações de extorsão a comerciantes e envolvimento com organização criminosa que praticava roubos de cargas e contrabando de mercadorias, sobretudo, cigarros e whisky.
Tiago Bardal, que é advogado, se encontra preso preventivamente em uma cela especial na Delegacia da Cidade Operária, por decisão do juiz Ronaldo Maciel, da 1ª Vara Criminal de São Luís, confirmada por unanimidade da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão desde novembro do ano passado.
Na semana passada, o Superior Tribunal de Justiça, por decisão do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, negou, habeas corpus a Bardal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.