sexta-feira, 19 de julho de 2019

Governo do Estado reforça estrutura das polícias do Maranhão com aquisição de novos armamentos de alto calibre


A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) foi contemplada com armamentos de alto calibre, fruto de aquisição do Governo do Estado e de parceria com o Batalhão de Infantaria de Selva do Exército Brasileiro. Em solenidade, nesta quinta-feira (18), no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino entregou 100 fuzis à corporação. As armas serão distribuídas às equipes especializadas e em acordo com a demanda das unidades, para utilização, principalmente, no policiamento ostensivo das divisas do Estado.

Do total de armas, 50 foram doadas pelo Exército e as demais, adquiridas pelo Governo do Estado, a serem distribuídos à Polícia Militar. O armamento é de longo alcance e será utilizado por equipes nas divisas do Maranhão com Piauí, Tocantins e Pará, além das unidades especializadas da capital que atuam em todo o Estado. Os fuzis vão servir ao combate de crimes interestaduais como o tráfico de drogas - que ocorrem nas divisas dos estados - e roubos a instituições financeiras, entre outros. 

“É uma ocasião singular para as várias instituições aqui representadas, sobretudo para a garantia da vida, da integridade física, do patrimônio brasileiro e da soberania nacional. Temos nossos esforços próprios na concepção da Segurança Pública e sempre com a colaboração de várias outras instituições, estatais e não-estatais, que nos ajudam a conquistar indicadores tão expressivos no cenário da segurança”, destacou o governador Flávio Dino.

Na ocasião, Flávio Dino enumerou ao comando do Exército, exemplos de êxito da Segurança Pública do Estado na contenção da violência e criminalidade. “Hoje, mediante esforço conjugado das forças de segurança, conseguimos tirar São Luís da lista das cidades mais violentas do mundo, alcançar redução de mais de 60% nos índices de criminalidade e ser exemplo de gestão desta área no país”, reforçou.

Com o aparato, o Governo do Maranhão e o Exército somam na manutenção da soberania do Estado e colaboram com o sistema de segurança, pontua o secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), Jefferson Portela. “É um momento importante, pois vamos reforçar o policiamento com armamento de longo alcance nas divisas do Estado e a Polícia Militar estará amplamente reforçada para dar uma pronta resposta anunciada à criminalidade que utiliza fuzis e usam as fronteiras dos estados”, reiterou. 

O general do Exército, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, ressaltou ser um investimento que é resultado de uma transformação pela qual passa o Batalhão do Exército e que se ampliará para a cobertura de outras fronteiras. “O plano é atender não só ao Maranhão, mas outros estados. Para tanto, houve a necessidade de adquirimos armamentos mais compatíveis com essa nova função e potencializarmos os já existentes, que agora servirão às demandas do Maranhão e também, outros estados”, explicou o general, responsável pelo comando Militar do Norte, do Batalhão de Infantaria de Selva do Exército - que cobre o Maranhão. 

O comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Ismael Fonseca, esteve presente à solenidade e classificou a iniciativa como "de grande relevância para um maior êxito e eficácia da ação militar no controle de ocorrências nas divisas e a prevenção do crime".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.