quarta-feira, 22 de junho de 2011

João Castelo e Roberto Rocha, cada dia mais distantes..

O prefeito de São Luís, João Castelo, está cada vez mais distante do ex-deputado federal Roberto Rocha, seu colega de partido.
Os dois são do PSDB, mas praticamente já não trocam nem cumprimentos. Rocha é presidente estadual da legenda; Castelo é o principal representante do partido na administração municipal.
Roberto Rocha reclama que o prefeito virou as costas para os companheiros de partido quando se elegeu prefeito. A emissora de rádio pertencente ao ex-deputado faz duras críticas duras à administração tucana em São Luís.
João Castelo, por sua vez, diz que Rocha não dá as condições partidárias necessárias à sustentação do prefeito e reclama da ausência do ex-deputado do dia-dia da prefeitura. Castelo também tem críticas duras à portura da rádio de Rocha.
Segundo interlocutores, os dois já nem se falam.
Nos bastidores do PSDB há muitas críticas à gestão de Rocha, que teria abandonado o partido.
Há especulações, inclusive, de possível transferência do ex-deputado para outra legenda.
E a crise deve aumentar à medida que se aproximam as eleições de 2012…
Já aqui na cidade de Raposa temos uma situação quase igual,Marcio Greyk vereador atual estar para sair do PSDB pois é pré-candidato a prefeito e José Laci presidente do partido também é pré-candidato a prefeito ou colocará o filho Laci Jr. briga de gente grande.
Na semana quer vem vamos avaliar a sucessão eleitoral para prefeito da cidade aguarde.   

Um comentário:

  1. João Castelo, pelo menos, foi o único prefeito de São Luis que se descuidou com a epiderme da cidade, deixando-a descamada. E tratou de cuidar do intestino da mesma (trabalhando em grandes obras de saneamento básico inimagináveis). Isso ninguém pode negar! E, logo; logo, o experiente e obreiro político passará – com carinho – um creme na pele de Ilha do Amor. VEJO ISSO!!

    Diante de certas inviabilidades técnicas, o “velho pássaro” tenta compensar com iniciativas políticas (doando cargos para sugestionantes opositores). Castelo que de “João” nada tem, juntará seus feitos, e na eleição o habilidoso político pedirá mais quatro anos para realizar o resto do que resta dos anseios dos ludovicenses para uma cidade com qualidade de vida . “Vai ser mais ou menos assim”. VEJO ISSO!

    Diferentemente Flávio Dino está voando de um lado para o outro com seu amigo Pelé; e com certeza, cairá de pára-quedas fora da urna na eleição de do ano que vem. Assim fica difícil!

    No rol dos impossíveis, quem sabe se o par de jarros “Roberto e Vidigal” foram para o PSB só para abrir um duto de comunicação entre Flávio Dino e o atual prefeito de São Luis visando 2014. TUDO É POSSÍVEL.


    Marco Antonio Carvalho Diniz

    ResponderExcluir

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.